Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Agora foi o azeite, um país contrafeito!

por Jorge Soares, em 27.08.13

Azeite contrafeito

 

Imagem do Público 

 

Começou pela carne de cavalo, depois foi o bacalhau, agora foi o azeite, quando serão as  análises à água, ao leite, ... o que se seguirá? A imagem com que ficamos disto tudo é que somos um país contrafeito... longe vai o tempo em que se ia à Feira do relógio ou de Carcavelos para comprar roupa ou malas com os símbolos das marcas... agora parece que basta ir ao hipermercado da esquina para sermos enganados.

 

Assim de repente parece que viramos um país contrafeito, até agora havia a desculpa que a carne de cavalo era importada da Roménia, o peixe caracol vestido de bacalhau vinha algures do pacífico, mas não há produto mais nacional que o azeite....

 

Há pouco num dos telejornais o responsável de uma das marcas apanhadas pela Deco a vender óleo por azeite mostrava a sua indignação... curiosamente até agora foi único que vi indignado, o resto do mundo parece que se limita a encolher os ombros.. o facto de uma das marcas mais caras do mercado aparentemente nos estar a impingir óleo vegetal  a preço de azeite de primeira qualidade não parece ser um grande problema, aliás, como não pareceu grande problema que vendessem carne de cavalo em lugar de vaca.. ou peixe caracol em lugar de fiel amigo... 

 

Alguém ouviu falar das sanções que resultaram destas fraudes?, alguém sabe se foi encontrado algum responsável pelas fraudes? Não, claro que não, limitamo-nos a ouvir dizer que nada disto constituía um perigo para a saúde... depois basta deixar passar o tempo, o povo tem memória curta e não vai deixar de comprar nos supermercados onde até estava a ser enganado.

 

Já alguém reparou que em todos os casos publicitados havia marcas dos diferentes hipermercados envolvidas nas fraudes?  Que há alguns que foram apanhados em mais que uma fraude? mas isso importa a alguém?

 

Há muita gente que ainda se queixa da existência da ASAE.. depois disto tudo eu acho que eles pecam sim, mas é por defeito, pelos vistos para não sermos enganados todos os dias, para não virarmos definitivamente um país contrafeito, faz falta muito mais ASAE.

 

Jorge Soares

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:48

Bacalhau fresco

Imagem do Público 

 

Um dos pratos que costuma haver no refeitório onde almoço é peixe à Braz, um prato com o aspecto exacto do bacalhau à Braz mas que é confeccionado com outro peixe qualquer. Por vezes também há cogumelos à Braz, ou vegetais à Braz... é uma maneira diferente de comer batata palha... ideal para que não gosta de bacalhau... 

 

Parece que alguém copiou a ideia, em vez de à Braz fez com natas, colocou numa embalagem, congelou e pôs à venda no Jumbo... só que na embalagem estava escrito Bacalhau com natas, não peixe com natas.

 

Hoje era noticia no DN, o bacalhau com natas com marca branca do Jumbo era afinal, peixe Caracol com natas... não percebo como é que não se tinham lembrado de analisar os preparados congelados de bacalhau, se há quem venda cavalo ou porco por vaca, era mais que evidente que haveria quem vendesse peixe com sal por bacalhau...

 

Na mesma reportagem do DN dizia também que temos um dos melhores sistemas de fiscalização do mundo... pois, deve ser por isso que quem encontrou o peixe caracol foi o DN e não a fiscalização.

 

Já agora, alguém sabe quais foram as  multas aplicadas a quem vendia carne de Cavalo em vez de vaca? Ou porque é que continuamos a ver carne picada aos montes nas montras dos talhos das grandes superfícies mesmo depois daquela história dos nitrofuranos e contaminações fecais na carne picada dos talhos? Ou porque que é que talhos e grandes superfícies não são obrigadas a ter a máquina de picar a carne à vista dos clientes?

 

Há uns tempos compramos carne numa grande superficie e mandamos picar, a funcionaria pesou a carne,  pegou nela e foi para dentro das instalações, demorou imenso tempo... no dia a seguir uma parte da carne estava com a cor e o aspecto do fiambre... porquê?

 

Não era interessante que as autoridades publicassem as coimas que são aplicadas a quem comete estas fraudes contra a economia e a saúde pública?.. O que será que vai acontecer ao Jumbo depois desta historia do peixe caracol em lugar do bacalhau? Eu não consigo deixar de pensar que a ideia de impunidade em que fica tudo isto é um incentivo para quem quer fazer dinheiro à custa do bolso e mesmo da saúde dos portugueses.

 

Jorge Soares

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:20

Receita:Bacalhau assado no forno.

por Jorge Soares, em 12.07.09

Bacalhau no forno

 

O post da passada sexta Feira e os vários comentários mereceram de minha parte bastante reflexão, principalmente depois de me ter chegado ao mail uma crónica escrita por Miguel Sousa Tavares que se chama " Este país é fodido"... mas já lá irei

 

Há muito que não deixo por aqui uma das minhas receitas, e até já há quem se queixe, não é Teresa?, bom, é hoje.

 

Num destes dias e a propósito de uma reunião tivemos cá em casa uns amigos, na véspera fomos olhar para o frigorifico e vimos que havia bacalhau congelado, bom, foi isso, uma receita simples e que ficou uma delicia.

 

Bacalhau assado no Forno.

 

Ingredientes

 

6 Postas de Bacalhau Demolhado

Alhos

Uma cebola grande

Pimentão

Pimenta

Ervas aromáticas

Sal

Batatas às rodelas

Azeite

 

Antes de mais uma ressalva, eu utilizei bacalhau congelado, já aqui disse que por norma quando não tenho produtos frescos, cozinho as coisas congeladas, se estão congeladas é assim que vão para a panela, ficam muito mais saborosas, apesar de por vezes não ser fácil acertar com os tempos de cozedura

 

Eu nunca tinha feito esta receita, aliás, foi inventada na hora de acordo com os ingredientes que tinha à mão e com o meu modo habitual de cozinhar.

 

Pique o alho, corte a cebola às rodelas, coloque a cebola a cobrir o fundo de uma caçarola de ir ao forno, junte o alho picado e o azeite. Coloque as postas de bacalhau e polvilhe com o pimentão, a pimenta moida e as ervas aromáticas.

 

Leve ao forno e deixe cozinhar por meia hora a 180 Graus. Quando o bacalhau já estiver meio cozinhado, junte as batatas às rodelas de modo a que ocupem toda a parte superior, junte sal e deixe cozinhar até que as batatas estejam assadas.

 

Estava uma verdadeira delicia, tão bom que no fim ficamos a comer pão alentejano ensopado  no molho que restava na travessa...e eu e o Paulo bebemos quase duas garrafas de vinho da peninsula de Setúbal.... delicioso mesmo.

 

Jorge Soares

 

 PS:Não se parecia nada com o da fotografia.... mesmo nada

 



Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:13

Receita:Lasanha de Bacalhau

por Jorge Soares, em 08.03.09

Lasanha de bacalhau

 

Como sabem, aqui por casa o único que aprecia verdadeiramente o bacalhau sou eu, o resto da família é mais bacalhau escondido, não é fácil incluir o fiel amigo na dieta, a começar porque a minha meia laranja também já é da geração do escondido.... A solução é inovar...e um dos pratos que tem algum sucesso é a lasanha de bacalhau.

 

Já tínhamos feito duas ou três vezes, mas que me lembre esta foi a primeira vez que fui eu quem meti mãos à obra... bom, em quase tudo, porque o molho bechamel foi feito pela P.

 

Ingredientes:

 

Bacalhau desfiado

1 cebola,

alhos

Meio litro de leite

Ervas aromáticas

Pimenta

Azeite

1 cenoura ralada

Espinafres congelados

Queijo ralado

 

Coloque o leite numa panela e deixe aquecer, quando começar a ferver junte o bacalhau e deixe cozer durante 3 ou 4 minutos. Escorra o bacalhau e guarde o leite para o molho bechamel.

 

Numa frigideira  coloque o azeite, deixe aquecer e junte os alhos e a cebola picada, deixe alourar e junte o bacalhau, a pimenta e a cenoura ralada. Deixe cozinhar durante uns 10 a 15 minutos.

 

 

Entretanto vá preparando o molho bechamel.. (não fui eu que fiz..e não sei como se faz...)

 

Num pirex coloque 1 camada de massa de lasanha, junte uma camada do preparado de bacalhau, espinafres e molho bechamel, vá juntando camadas de massa, bacalhau, espinafres  e molho até o pirex estar cheio. Junte uma camada de queijo ralado por cima e leve ao forno durante 40 minutos

 

Estava uma verdadeira delicia... pelo menos eu achei.

 

Jorge

 PS:Imagem retirda da internet

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:38

Receita:Bacalhau à minha moda

por Jorge Soares, em 25.01.09

Bacalhau

Imagem retirdada da internet

 

Parece que a minha receita de lombo de porco foi um sucesso....pelo menos a julgar por alguns comentários que me chegaram..... dizia a Pepita que eu deveria fazer um dia da semana dedicado às receitas cá no blog....  obrigado amiga, mas não sou assim tão bom cozinheiro....

 

Mas hoje temos mais uma receita, bacalhau à minha moda. Cá por casa eu sou o único que aprecia bacalhau, o resto da família já é da geração do bacalhau escondido e como temos aquela regra de que não há pratos diferentes à refeição....raramente posso cozinhar o fiel amigo.

 

Um destes dias fizemos uma excepção à regra, fiz filetes de peixe espada no forno para o resto da família, ia fazer bacalhau com grão para mim.... à ultima hora mudei de ideias, e decidi inventar um pouco.

 

Bacalhau à minha maneira

 

Ingredientes:

2 postas de bacalhau

1 cebola,

2 tomates

Meio pimento

Alhos

Pimentão

Azeite

1 Caldo knorr

Vinho branco

Pimentão

 

Piquei a cebola, os tomates, o pimento e os alhos e coloquei numa panela juntamente com o azeite. Deixei alourar e juntei o bacalhau, que ainda estava congelado. Juntei o pimentão, o Caldo Knorr, a pimenta e 1 copo de vinho branco. Deixei cozinhar durante 30 minutos... Na verdade esteve mais tempo, porque os filetes no forno ainda não estavam prontos... juntei um pouco mais de vinho branco e ficou mais uns 15 minutos em lume brando.

 

Cozeu demais, e quando o servi desfazia-se em lascas e estava uma verdadeira delicia. Servi com batatas cozidas.

 

Jorge

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:50

É natal, é natal.... falem-me do vosso natal

por Jorge Soares, em 08.12.08

Natal

 

Não sei se já disse aqui, mas sou um ateu convicto, deus não existe, ponto final. Ora se deus não existe, festejar o natal não deixa de ser algo bizarro. Uma vez em conversa com um amigo, ateu como eu, e quando lhe falei de lhe enviar um postal de natal, ele disse que não, que ele não festejava o natal, mas teria muito gosto em receber um cartão para festejar o dia dos inocentes, que para os latino-americanos é o dia 28 de Dezembro, sendo que é nesse dia que se festeja o dia das mentiras.

 

Para mim o natal costuma ser quase uma peregrinação, os meus pais estão em Oliveira de Azeméis e os meus sogros estão em Portalegre, todos os anos tenho uma viagem de 1000 Kms, ceia de natal num lado, almoço do dia 25 no outro. Mas não deixa de ser a festa da família, porque os 1000 Kms são mesmo para isso. É evidente que não festejo o nascimento de um menino numa manjedoura, nem vou à missa do galo, mas eu sou uma pessoa que gosta de tradições.

 

Quando a ceia de natal é em casa dos meus pais, começo a petiscar a meio da tarde e quando chega a hora da ceia o apetite já é muito pouco, mas não deixo de comer nem que seja um bocadinho de bacalhau cozido com as correspondentes batatas e muito azeite. 

 

Passei alguns anos na Venezuela em que não havia bacalhau, não havia divisas para importações. E por muito peru, carne assada, leitão,  que me apresentassem, o natal não me sabia a natal, ficava sempre algo por preencher. Sei que é uma parvoíce, mas há coisas que estão dentro de nós, coisas que fazem parte das nossas memórias e que dificilmente morrem.

 

Em casa da minha sogra não há bacalhau cozido na ceia de natal, há bacalhau assado no forno e isso é em minha honra, não deixa de ser natal e uma festa familiar...  

 

O natal começou por ser uma festa pagã que festejava o solstício de inverno, depois foi herdado pelos cristãos que festejam o nascimento do seu salvador, e do meu ponto de vista, voltou a ser uma festa pagã, em que se celebra uma árvore e um senhor de barbas e se trocam presentes.... mas, o mais importante, muito mais importante que o consumismo, é que é uma festa em que se juntam pessoas, há pessoas que viajam milhares de Kms só para estarem com quem amam.. e só por isso, é uma festa bonita.

 

E vocês?, como é o vosso natal, esqueçam o consumismo e a troca de prendas, falem-me do vosso natal, de aquilo que significa e  lhes deixa no coração.

 

Jorge

PS:Imagem retirada da internet

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:40


Ó pra mim!

foto do autor



Queres falar comigo?

Mail: jfreitas.soares@gmail.com






Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D