Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



papa_francisco.jpg

 

“O Big Bang, que é designado como a origem do mundo, não contradiz o acto divino da criação. Em vez disso, exige-o”, diz o Papa. “A evolução da natureza não contrasta com a ideia de criação, pois a evolução pressupõe a criação de seres que evoluem.”

 

Hoje muita gente até agora cheia de certezas terá posto as mãos na cabeça, que um papa admita assim em público e sem papas na língua que afinal a ciência está certa, que na origem do universo está o Big Bang e que não é assim tão disparatado dizer que todos descendemos se não do macaco pelo menos de um elo comum com este, é sem dúvida um enorme acto de coragem.

 

Com estas palavras a igreja deu um enorme passo em frente, admitir que para além de deus existem leis da natureza que explicam a nossa existência e que as forças da natureza estão muito além de um passe de varinha mágica é toda uma nova forma de estar.

 

Não sei por onde terá andado escondido este senhor na últimas décadas, mas uma coisa é certa, com ele a igreja vai definitivamente no caminho certo.

 

O que ele afirmou hoje é o que afirmam a maioria das pessoas que conheço, pessoas que lendo ou não a bíblia, olham para esta como uma série de metáforas e não como a verdade absoluta, pessoas que há medida que vão crescendo e vivendo se tem ido afastando da instituição igreja católica porque se recusam a partilhar a sua fé com uma instituição que se recusava a aceitar como certo tudo o que ia em contra dos seus dogmas.

 

Acredito que com este papa e com a nova forma de olhar para o mundo que veio com ele, muitas destas pessoas poderão voltar a olhar para a igreja católica como a instituição que representa a sua fé.

 

Acho que a principal virtude de Francisco foi conseguir olhar à volta e perceber o que de errado havia no seio da instituição, ter essa percepção e não ter medo de fazer evoluir a instituição à imagem do mundo à sua volta e não o contrário, faz deste homem alguém definitivamente especial.

 

Não deixo evidentemente de ser ateu, "deus não existe, ponto final" mas não consigo deixar de admirar a coragem e a força de vontade deste papa que definitivamente veio mudar muitas coisas.

 

Jorge Soares

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:34


Ó pra mim!

foto do autor



Queres falar comigo?

Mail: jfreitas.soares@gmail.com


Posts mais comentados





Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D