Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Como é que se diz começar de novo em Vasco?

por Jorge Soares, em 17.05.15

lopetegui.jpg

 

Imagem do Público 

 

Em primeiro lugar parabéns ao Benfica, ninguém é bicampeão sem mérito, podia vir para aqui falar de colinhos e coisas dessas, mas a verdade é que o Porto não é campeão porque falhou em alguns momentos decisivos e o Benfica soube aproveitar muito bem.

 

O Porto falhou estrondosamente contra o Nacional quando já sabia que o Benfica tinha perdido e contra o Belenenses, quando o Benfica não estava a conseguir ganhar ... a verdade é que com duas vitórias nesses jogos, neste momento não havia festa no marquês e outro galo cantaria no lugar da águia.

 

O Porto apostou tudo nesta época, quanto a mim, apostou demais. Não é a primeira vez que Pinto da Costa escolhe um treinador sem experiência, mas apostar num treinador sem experiência ao nível dos seniores e que não conhece o campeonato nem o futebol português, terá sido levar a aposta longe demais.

 

Dizer que o Vasco é um mau treinador seria injusto. O Porto vai ficar em segundo lugar no campeonato, e chegou aos quartos de final da Champions, é verdade que com alguma sorte nos sorteios, mas  a sorte e o azar não explicam tudo.

 

Quanto a mim os principais problemas de Lopetegui foram a demora em descer do pedestal em que se achava, a dificuldade em perceber que o campeonato português não é o espanhol e que no Porto não há lugar a experimentos, no Porto joga-se para ganhar do primeiro ao último minuto de todos os jogos, os experimentos fazem-se nos treinos, nos jogos é mesmo para ganhar.

 

Quando percebeu algumas destas coisas, ele e a equipa encarrilaram e até se viu bom futebol. Depois havia outro problema, a equipa mais jovem das últimas décadas, recheada de muitos e bons jogadores, mas sem a experiência e a matreirice que convertem bons  em grandes jogadores. 

 

Com tantos jogadores jovens muitas vezes faltava em campo voz de comando e a serenidade necessárias ao controlo do jogo.

 

Não sei se para o ano haverá Lopetegui e confesso que não consigo ter opinião sobre o assunto, não haverá de certeza o dinheiro que houve no verão passado.

 

Com as saídas certas de Danilo, Jackson Martinez, Adrian Lopez, Tello e Casimiro  e as prováveis de Alex Sandro e Brahimi, tudo terá que ser começado de novo, já seja com este Vasco ou com outro treinador qualquer... e dificilmente alguém voltará a ter um plantel como o de este ano..

 

Gostava de saber o que pensam Pinto da Costa  e os membros da SAD de tudo isto, este ano só houve uma voz no Porto, infelizmente essa voz falava sempre em Castelhano e muitas vezes, para além de que foi longe demais principalmente nas desculpas, sentia-se a solidão nas palavras,

 

Para o ano há mais.

 

Jorge Soares

publicado às 22:56

Vitor Pereira Bi-Campeão

 

O porto ganhou hoje o seu vigésimo sétimo titulo de campeão nacional, o terceiro consecutivo e o segundo de Victor Pereira

 

Tal como o ano passado, acho que há muito do trabalho e do saber do treinador do Porto neste titulo, custa-me entender como um treinador que ganha dois títulos seguidos, um treinador que ganha um campeonato sem derrotas, que apesar de ter um plantel curto, muito curto, consegue ganhar o campeonato, chegar à final da Taça da liga e aos oitavos de final da Liga dos campeões, e mesmo assim ser tão mal amado.

 

Vitor Pereira é um excelente treinador, acaba de ser bicampeão nacional  e mesmo assim, tal como no ano passado, há muita gente que o quer ver pelas costas, que o acha mau treinador. 

 

Haverá muita gente a dizer que o Porto foi campeão apesar do seu treinador, para mim fomos campeões graças ao treinador, sou um admirador dos jogadores e dos treinadores portugueses e é claro que a minha opinião vale o que vale, mas quantos treinadores seriam campeões depois de em dois anos seguidos terem de reconstruir a equipa depois da saída dos seus melhores e mais influentes jogadores?

 

Há que recordar que o Porto iniciou a época com a saída do Hulk no fim do período de transferências, e que em Janeiro os reforços foram o Liedson e o Ismaylov, que finalmente conseguiram ser campeões em Portugal mas que a nível de mais valia para equipa foram pouco mais que zero. 

 

Digam o que digam e apesar do que se possa pensar sobre o penalti do primeiro golo do Porto de hoje, acho que temos um justo campeão, porque um campeonato não se decide num jogo, decide-se em trinta jornadas e a verdade é que apesar das manias de grandeza de muita gente, o Porto foi consistente, não perdeu nenhum jogo e sobretudo, ao contrário dos outros, não falhou nos momentos cruciais.

 

Era bom que quem tanto fala do penalti de hoje se lembrasse do jogo do Benfica contra o Sporting, dos lances que prejudicaram o Sporting e da arbitragem completamente infeliz do Capela

 

Parabéns a Vitor Pereira, parabéns aos jogadores, parabéns a todos os portistas.. somos campeões.

 

Jorge Soares

publicado às 21:29

Porto campeão... num jogo ou numa guerra?

por Jorge Soares, em 03.04.11

Futebol Clube do Porto, Campeão 2010 - 2011

 

Pedras, insultos, guerra aberta, é assim que vai o futebol português, hoje o F.C. do Porto foi campeão nacional, dentro do campo sobre um tapete verde jogou-se futebol, bom futebol, à volta, antes do jogo travou-se uma guerra. Rezam as crónicas que a policia teve de intervir, em Lisboa choveram pedras que feriram pessoas e policias, foram disparadas balas de borracha e foram detidas pessoas.. tudo por causa de um jogo de futebol?

 

No Estádio da Luz antes do jogo não houve fairplay e no fim do jogo houve falta dele, foi ligado o sistema de rega e foram apagadas as luzes do estádio quando os jogadores do Porto ainda festejavam a vitória no jogo e no campeonato, isto é que é ter mau perder.

 

Todas estas coisas se repetem uma e outra vez sem que ninguém tente colocar água na fervura, bem pelo contrário, os clubes portugueses são geridos por pessoas que mais que pensar no clube pensam na sua autopromoção. Os protagonistas deveriam ser os jogadores e a bola a rolar dentro do campo, mas não, o protagonismo joga-se cada vez mais nos gabinetes, nos muitos programas de opinião e sobretudo, joga-se todos os dias nos títulos dos jornais desportivos.

 

Há em Portugal 3 jornais desportivos diários, jornais que na maior parte do tempo mais que dar, fazem as noticias e quantas vezes fazem e alimentam as guerras de bastidores.... afinal, tudo isto significa papel vendido e dinheiro em caixa para muita gente.

 

Hoje no Estádio da Luz venceu a que foi, neste jogo e no campeonato, a melhor equipa, um vencedor justo.. mas vão-se contar pelos dedos de uma mão os adeptos de outras equipas que o admitam.... é triste... muito triste. O Futebol é um espectáculo de muitos milhões, mas é também cada vez mais um espectáculo que  se afasta das pessoas, no estado em que as coisas estão quem são os país que se atrevem a levar os seus filhos a um jogo de futebol? Quem se arrisca a ser insultado e agredido pelos membros das claques?, quem se arrisca a ser apedrejado na ida ou na vinda pondo em risco a sua vida?  Não tarda muito para que sejam 11 jogadores de cada lado, um árbitro, uma bola e duas claques de energumenos, é isto que queremos para o futebol?

 

 

Jorge Soares

 

publicado às 22:43


Ó pra mim!

foto do autor



Queres falar comigo?

Mail: jfreitas.soares@gmail.com






Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D