Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



José Policarpo

Imagem do Público 

 

Uma das vantagens do blog e das tags é que as coisas ficam guardadas, as boas e as más... quando li a noticia da morte de José Policarpo, Cardeal Patriarca de Lisboa, o que me veio á cabeça é que a igreja portuguesa ficou agora mais jovem, mais liberal, menos conservadora e mais perto da realidade do mundo actual.

 

José Policarpo era para mim a antítese do actual Papa Francisco, com ele a igreja portuguesa vivia aferrada ao passado, longe da realidade do mundo actual e em consequência cada vez mais longe dos seus possíveis fieis.

 

Dando uma olhadela à tag José Policarpo aqui do blog podemos encontrar o seguinte:

 

«Casar com muçulmanos pode causar «um monte de sarilhos».

 

«Pensem duas vezes em casar com um muçulmano, pensem muito seriamente, é meter-se num monte de sarilhos que nem Ala sabe onde acabam».

 

Ou a propósito da crise e da manifestação de 15 de Setembro do ano passado:

 

 ...os problemas não se resolvem “contestando, indo para grandes manifestações” ou fazendo uma qualquer “revolução”.

 

Com ele no comando, a igreja portuguesa ficou mais pequena, mais longe dos fieis, mais virada para si mesma e menos virada para o mundo, e a julgar pelos comentários acima, mais longe das problemáticas e da realidade do país e dos portugueses.

 

Com o devido respeito para a família e para os mais próximos, hoje a igreja portuguesa ganhou a hipótese de apanhar o comboio dos novos ventos que sopram desde Roma... este senhor não deixa grandes saudades.

 

Jorge Soares

publicado às 22:44

Palmas ... Fado, Fátima.. faltou o futebol

por Jorge Soares, em 07.07.13

Palmas para a vergonha

 

Imagem do Público 

 

É engraçado como são as coisas, depois da semana mais triste, ridícula e insólita da história da política portuguesa, num momento em que o país ainda não sabe quando terá governo e quem tomará conta do seu destinos, eis que os protagonistas de toda esta palhaçada se reúnem para ir à missa... e é velos todos sorridentes a cumprimentar-se. 

 

Tal como podemos ver na fotografia, Cavaco Silva, Paulo Portas, Passos Coelho e Assunção Cristas juntaram-se não para discutir o futuro do país, que isso não deve interessar muito nesta altura, juntaram-se para prestar vassalagem ao novo cardeal. E é claro que este tinha recados para dar a tão ilustres convidados, não sobre o que se passou na última semana, o senhor tinha recados sim, sobre a família e sobre a forma como esta deve ser gerida... como se fosse altura para falar de coisas destas.. mas pelo menos já ficamos avisado que também na igreja portuguesa só mudaram as moscas.

 

Mas o mais interessante de tudo isto é que pelos vistos, há quem ache que o que se passou esta semana em Portugal foi um espectáculo digno de se ver, é que rezam as crónicas que tanto Passos Coelho como Cavaco Silva foram aplaudidos à entrada para a missa nos Jerónimos... o que só pode significar que a malta do Fado Fátima e Futebol... continua a ir à missa... o resto do país com o calor que estava.. deve ter ido para a praia, que não há pachorra para aturar esta gente.

 

Gostava de perceber como é que convocar eleições era tão mau para o país e deixar esta situação arrastar-se por uma semana sem dar cavaco ao país, à Troika ou aos mercados pode ser bom, e como é que o Presidente da República tem tempo para ir à missa mas só durante a semana que vem tem tempo para ouvir os partidos sobre uma situação que pode decidir se o país vai ou não precisar de um segundo resgate... ou será que antes de decidir tem que se confessar e perguntar ao novo cardeal a sua opinião?

 

Também gostava de perceber como é que na Antena 1 há uma jornalista que diz que o candidato ao trono esteve presente... Candidato ao trono?, Mas nós temos candidatos ao trono? Viramos monarquia e ninguém me contou?

 

Jorge Soares

 

publicado às 22:33

A igreja católica e a utilidade das mulheres

por Jorge Soares, em 17.02.12

Mulher em casa

Imagem de aqui

 

O trabalho da mulher a tempo completo, creio que não é útil ao país. Trabalhar em casa sim,... 

 

Manuel Monteiro de Castro tem 73 anos e acaba de ser nomeado cardeal da igreja católica de Roma, o colégio de cardeais é o órgão máximo de governo da igreja, para além de votar para a nomeação do papa, são estes senhores que ditam as leis no Vaticano, leis que servem para governar a igreja católica em todo o mundo.

 

Não faço ideia sobre qual será a média de idades dos cardeais, mas imagino que não andará longe dos 70 anos... e tal vez isso explique algumas coisas. Que em pleno século XXI alguém diga que o lugar das mulheres é em casa a tratar dos filhos e dos tachos é até difícil de acreditar, mas pelos vistos há pessoas que apesar dos tempos continuam a viver noutro século, noutro tempo e noutra realidade. O mundo evoluiu, as mulheres ocuparam com toda a justiça o seu lugar na sociedade, há muito fazem parte do tecido produtivo e dirigente do país, mas para estes senhores, nada disso deveria existir.

 

É evidente que com pessoas como estas a igreja nunca poderá evoluir. há muito que o papel do homem e da mulher, já seja no seio da família ou da sociedade, deixou de ser diferente, a época em que o homem ia trabalhar e chegava a casa e se sentava à espera de ter o jantar pronto , felizmente já acabou há muito. Vivemos numa época em que as tarefas são partilhadas, todas as tarefas e em que ao contrario do que diz este senhor, agora as pessoas tem mais tempo para conversar, porque enquanto tratamos da cozinha e dos filhos, ambos tratamos, podemos conversar, partilhar experiências e vivências....

 

É mais que evidente que a igreja precisa urgentemente de uma renovação, de ideias, de pessoas, de métodos... ou se renova ou daqui a muito pouco tempo, só restarão as paredes dos templos.... porque o mundo evolui e muito apesar deles, as pessoas também.

 

Jorge Soares

publicado às 21:44


Ó pra mim!

foto do autor



Queres falar comigo?

Mail: jfreitas.soares@gmail.com






Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2007
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D