Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Paridade...e em casa não?

 

O post que mais sucesso teve neste blog foi um que tinha como titulo Vá lá senhoras digam da vossa  justiça foi o post que teve mais comentários se exceptuarmos o das maminhas ... mas esse não conta porque teve direito a destaque.

 

Na altura comentou-se aqui o facto de os homens ajudarem ou não na cozinha.. e o tema deu pano para mangas. Hoje lembrei-me desse post, com o aproximar das eleições o tema da paridade nas listas eleitorais está a vir ao de cima, para além desta noticia do publico que mostra bem o tipo de democracia que se vive na Madeira.... Inqualificável, chamou-me a atenção uma outra noticia, esta vez no SOL.

 

Eu acho esta historia da paridade uma parvoíce, vivemos numa sociedade o suficientemente desenvolvida e madura como para que as pessoas se distingam pelos seus méritos e isso é válido para homens e mulheres. Tentar impor regras que digam que deve haver percentagens de mulheres é aceitar que elas são umas coitadinhas que não conseguem lá chegar pelos seus méritos...e isso não é verdade.

 

Mas o que me chamou verdadeiramente a atenção na noticia foi o seguinte:

 

"Para a deputada democrata-cristã (Teresa Caeiro), bancada que votou contra, tal como o PSD, PCP e PEV a lei da paridade em 2006, o acesso das mulheres à tomada de decisão faz-se em primeiro lugar através da criação de condições para a conciliação da vida familiar e profissional."

 

Desculpem lá, o que é que isto significa? porque é que devem ser criadas condições de vida familiar especiais para as mulheres? Isto não é aceitar que existem papeis diferentes para os homens e as mulheres na vida familiar? As condições de conciliação da vida familiar que existem para o homem não servem para a mulher?...alguém me explica?

 

Minhas senhoras, digam da vossa justiça, vocês acham que é necessária a criação de condições especiais de conciliação da vida familiar para que possam ter vida profissional? E porque é que simplesmente as pessoas não partilham a vida familiar de modo a conciliar as duas carreiras e não só a do homem?

 

Estou a ser lírico?

 

Jorge Soares

PS:Escolhi a imagem porque eu acho que a paridade deve começar por casa na distribuição das tarefas.... e não, não é só na cozinha

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:34


Ó pra mim!

foto do autor



Queres falar comigo?

Mail: jfreitas.soares@gmail.com


Posts mais comentados





Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D