Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Somos um país de chicos espertos!

por Jorge Soares, em 27.07.08

Golfinhos do sado

 

Se bem se lembram, neste post falei da seriedade do construtor do prédio onde moro em Setúbal. Hoje vou falar do mesmo senhor mas não é de seriedade que vou falar, é mais de chico espertismo.

 

Há um ano atrás quando foi assinado o contrato promessa, ele exigiu que parte do sinal fosse pago em notas, na altura achamos aquilo estranho, a explicação da imobiliária foi que esse dinheiro seria para pagar o valor da escritura.

 

No dia da escritura, verificamos que o valor a pagar ao notário foi inferior ao que tínhamos entregue e que o recibo foi passado em nome da empresa de construção civil. Imediatamente fizemos saber à imobiliária que queríamos o acerto de contas. Passada uma semana, e após muitos telefonemas, finalmente foi-me entregue a diferença, mas não o recibo.

 

Ora o que temos aqui?, temos alguém, que pede o valor da  escritura em dinheiro vivo de modo a que não restem provas, e que agora pretende reaver o Iva que eu paguei e entregar a factura do notário nas suas contas de modo a abater nos seus impostos.

 

É  claro que exigi que me fosse entregue o original do recibo do notário, já que fui eu que paguei e portanto a entrega da factura por parte deles nas contas constitui uma ilegalidade, tanto na declaração do Iva como na declaração de impostos.

 

O prédio tem 10 fracções, e este é o terceiro bloco de apartamentos, ou seja 30 fracções, vejam lá só em Iva o que o senhor embolsa com o esquema.... e é assim  que somos o país que somos, um país de chicos espertos.

 

Jorge

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:58


Ó pra mim!

foto do autor



Queres falar comigo?

Mail: jfreitas.soares@gmail.com


Posts mais comentados





Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D