Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Erro humano?

por Jorge Soares, em 25.07.13

Comboio a Descarrilar em Santiago de Compostela

 

Imagem do Público

 

As imagens captadas por uma das câmaras de segurança da linha são arrepiantes, e mais se pensarmos que ali, naqueles poucos segundos, quase num abrir e piscar de olhos se perderam 80 vidas.

 

Desde o inicio que foi claro que o motivo do desastre foi o excesso de velocidade com que o comboio que saia da linha de alta velocidade e entrava na linha normal, abordou a curva. A velocidade máxima aconselhada para aquele local era de 80 Kms por hora, segundo o maquinista, iria a mais de 180. Uma velocidade de tal forma excessiva que fez com que um dos vagões literalmente voasse para fora da linha e fosse parar a um terreno que estava a mais de cinco metros de altura.

 

Resta saber o que fez com que isto pudesse acontecer, na Espanha as linhas de alta velocidade contam com inúmeros sistemas de segurança que em principio deviam impedir que este tipo de acidentes acontecessem, o facto de naquele local já estarmos muito próximos da estação, a menos de 4 kms, faz com que o controlo dos comboios seja completamente manual, cabendo ao maquinista controlar a velocidade de aproximação.

 

Não era a primeira vez que este maquinista ali passava, há mais de um ano que ele conduzia estes comboios nesta linha, ele conhecia perfeitamente o local  e sabia de certeza que aquela velocidade era excessiva, terá sido de certeza um erro humano a causar a tragédia, mas que tipo de erro humano consegue explicar tamanha irresponsabilidade?

 

O senhor gabava-se no Facebook de conduzir o comboio a 200 Kms por hora, o que nem é assim tão estranho, estamos a falar de um comboio de alta velocidade, o TGV espanhol, em muitos troços das linhas de alta velocidade essa é a velocidade normal, mas será que existe alguém tão irresponsável que sabendo que leva nas suas mãos as vidas de centenas de pessoas se atreve a deliberadamente ir a 190 Kms por hora numa zona de 80? Errar é humano, mas a irresponsabilidade neste caso pode ser um crime muito grave.

 

A meio da tarde o André sugeria que este tipo de acidentes constitui um bom argumento para que no futuro os transportes públicos sejam completamente automáticos, concordo, nada evitará que este tipo de acidentes aconteça, até porque sempre haverá falhas de material, mas retirar a variável "erro humano" do sistema tornará de certeza as viagens mais seguras.

 

Vídeo do desastre:

 

 

Erro humano de certeza, mas o que terá levado a esse erro trágico e fatal?

 

Jorge Soares 

publicado às 21:45

Andar de transportes públicos

por Jorge Soares, em 26.10.09

De Setúbal para Lisboa não é de comboio

 

 

Hoje estive em Lisboa, tinha que estar às 9 na Rua do Ouro, ontem ponderamos qual seria a melhor maneira de ir de Setúbal para a baixa de Lisboa, sendo que ir de carro até lá estava fora de questão, estacionar um dia inteiro em Lisboa fica um bocado caro.

 

Terminei por optar por ir de carro até ao Parque das nações, estacionei num lugar gratuito perto da Torre Vasco da Gama, caminhei até à estação do Oriente e depois fui de metro. É claro que havia alternativas mais ecológicas, que não mais baratas. Vejamos: O Comboio - Moro longe da estação, teria que ir de carro até à estação encontrar onde estacionar, e apanhar o comboio das 7:20 da manhã até Sete Rios e depois apanhar o metro. O Autocarro pela ponte 25 de Abril está fora de questão, teria que ser pela Vasco da Gama, sair na Estação do Oriente e apanhar o Metro.

 

Sem duvida que o meio de transporte de eleição entre Setúbal e Lisboa deveria ser o comboio,  e é o meio de transporte que melhor funciona na maioria das grandes cidades Europeias, por algum motivo que não consigo perceber, de Setúbal para Lisboa é quase impossível que tenha utilidade, há uma ligação por hora para cada lado e ainda por cima em horários que não lembram a ninguém. Para além de que mesmo pagando portagens, fica mais barato ir de carro...

 

Sempre achei que se arranjasse um emprego em Lisboa passaria a andar de transportes públicos, hoje descobri que para estar em na baixa às 9 tenho que sair de casa mais ou menos à mesma hora que para estar em Loures às 8.

 

Sobre o que fui fazer a Lisboa, já falarei noutro dia, mas uma coisa é certa... não quero trabalhar na baixa de Lisboa.

 

Jorge Soares

 

 

 

publicado às 21:37

Venha o TGV!

por Jorge Soares, em 24.06.08

Comboio

 

Os Alfa pendulares são comboios rápidos, pelo que percebi, a velocidade pode chegar até perto dos 230 Kms por hora, e são relativamente confortáveis.  A distancia em quilómetros entre Lisboa e Porto é mais ou menos de 300 , fazendo contas de cabeça, 300 Kms a 200 por hora deveria dar mais ou menos 1 hora e meia....certo?, então alguém me quer explicar porque é que demorei mais de 3 horas?

 

Saímos de Lisboa a horas, ao lado iam 4 professores, pessoas divertidas e em amena cavaqueira, a conversa era divertida e passei grande parte da viagem a tentar disfarçar a vontade de rir... não é lá muito educado, mas é que eles eram mesmo divertidos. Chegados a um lugar chamado Albergaria dos 12, o comboio pára..e passado alguns minutos, começa a andar para trás.. ... uma avaria técnica...

 

Entretanto ligam-me do Porto, está a chover!.... ok, isto promete!

 

Lá atrás ouço alguém queixar-se, então o comboio avaria?..... assim  não chego a horas de ainda ir ao ginásio.

 

Mais um bocado e lá voltamos ao sentido correcto de marcha... para espanto meu, o atrasado para o ginásio senta-se no lugar frente ao meu.. e mete conversa com a pessoa que estava lá ao lado..a conversa é sobre carros, segundos dos 0 aos 100 e cavalos de potência.... ignoro-os.

 

No vídeo do comboio passava "Na roça com os tachos" .... e não é que o homem decide embirrar com o programa?

 

-Não gosto nada daquele programa... o gajo nem sabe cozinhar, há alguém que lhe diz e ele faz.

... Ninguém lhe deu troco, ao lado os professores riam.... mas ele insistia.

 

-Vejam lá se aquilo é forma de cortar cebola?, vê-se logo que ele nunca cortou cebola na vida. E vejam lá se aquilo é forma de cortar tomate? aquilo só lá em Angola!

 

Como a senhora que ia ao meu lado lhe deu troco, ele lá foi continuando a desfazer no homem...confesso, eu gosto do programa, sei que é em São Tomé e Príncipe e acho que o homem cozinha bem..e eu também corto a cebola assim!

 

O gajo, com aquela pinta de galan de ginásio..já me estava a irritar...Entretanto, lá dizem que estamos com 30 minutos de atraso e lá volta ele à conversa contra a CP.. que não pode ser, que assim já não vai ao ginásio, ..e porque a filha está à espera em Coimbra à muito tempo e podia estar em casa.... mas o melhor estava para vir.

 

Lá voltou a cascar no cozinheiro.....

 

-Pois, ele não percebe nada daquilo, é como naquela telenovela da Sic....aquela nova.. imaginem que aquilo se passa no século.... no século....aquela que começou agora..aquilo é no século 30 ou 40..e no outro dia num dos carros estava a tocar o Pavaroti no radio!

 

Eu e o grupo dos professores tivemos que fazer um esforço enorme para não desatar às gargalhadas..e o homem lá seguiu... muito à frente.

 

Felizmente estávamos a chegar a Coimbra...e ele lá foi para o ginásio... do futuro!

 

Mas a ida ao Porto.... dá para mais Posts!

 

Jorge

PS:imagem retirada da Internet

PS2:Apesar da chuva.... foi super divertido, obrigado Linda!

 

publicado às 22:32


Ó pra mim!

foto do autor



Queres falar comigo?

Mail: jfreitas.soares@gmail.com






Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D