Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Meo-box.jpg

Imagem da internet

 

Há uns tempos atrás eram comuns por aqui os posts em que eu falava do péssimo que era o serviço de cabo que tinha na altura, até que um dia me fartei, mudei de operador e nos últimos 3 anos a única vez que estive sem serviço de internet foi durante o tempo em que estiveram a mudar a ligação para a fibra. Sei que há quem tenha problemas, mas cá em casa desde que entrou a MEO, terminaram os problemas com o serviço.... mas nem tudo são rosas.

 

Este fim de semana tivemos um problema com uma troca de telemóveis, o cartão antigo não servia no novo e ficou encravado dentro do aparelho, com receio de estragar, decidimos ir à novíssima loja da MEO no também novo centro comercial Alegro de Setúbal.

 

Primeira surpresa, as lojas da MEO não são todas iguais e não prestam todas o mesmo serviço, o telemóvel tinha que ir para os técnicos, mas eles naquela loja não o mandam, tínhamos que ir a outra.. que ao fim de semana está fechada. Curiosamente ao lado havia um cliente que pretendia resolver um problema que tinha a ver com troca de pontos... não, também não era ali, só em Almada... ali pelos vistos só vendem telemóveis.... indignada a senhora pediu o livro de reclamações e com toda a razão..

 

Entretanto como ainda tínhamos o telemóvel antigo, pedimos um cartão novo para utilizar enquanto não retiravam o antigo de dentro do novo... Sim senhor, elas tem lá muitos, mas a activação custa sete euros e meio! Aqui veio ao de cima o meu mau feitio ... e depois de reclamar, a menina lá decidiu ligar não sei para onde e afinal conseguiam activar o cartão de forma gratuíta.

 

Já que estava numa de reclamar, e dado que passam a vida a bater-me à porta com ofertas do mesmo serviço mas bastante mais barato, decidi perguntar quando termina o meu período de fidelização... Março de 2015... ora, então está numa óptima altura para renegociar o contrato...

 

Nova chamada telefónica por parte da menina, depois de muita música, pelos vistos elas ligam para a mesma linha para a que ligam os clientes, passou-me o telefone e pôs-me a falar com alguém do call center.

 

Depois de muita conversa e de muitas explicações de parte a parte, a menina do call center começou por me oferecer 5 Euros de desconto, coisa que não aceitei, o meu vizinho da frente paga muito menos pelo mesmo serviço e eu tenho pelo menos dois outros operadores a oferecer bem mais barato.

 

Mais conversa, mais música, mais conversa, no fim abdiquei de dois serviços que em dois anos nunca utilizei, fiquei com os mesmos canais, os mesmos 3 telemóveis associados ao pacote, as mesmas chamadas gratuitas para todas as redes quer do fixo quer dos telemóveis, ou seja, com o mesmo serviço, mas fiquei a pagar menos 20 Euros por mês...  um desconto de mais ou menos um quarto do que pagava.

 

Os sete euros e meio que me queriam cobrar converteram-se em menos 240 Euros por ano... nada mau... e quando cheguei a casa o meu filho conseguiu resolver o problema com o cartão encravado.

 

Acho sinceramente que a MEO deveria rever a sua política de serviços nas lojas, não faz sentido nenhum que um cliente compre um telemóvel numa loja e se quando o abre, mesmo que seja ainda dentro da loja, este não funcionar, o tenha que levar a outra loja que pode ser a dezenas de kms, para tratar da garantia... assim como não faz sentido não conseguirem resolver uma situação de uma simples troca de pontos por carregamentos e nem sequer tenham um simples catálogo dos pontos para tentar ajudar o cliente.

 

Jorge Soares

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:18

Chamadas ilimitadas... até ao limite???!!!!

por Jorge Soares, em 07.11.13

Ilimitado

Imagem do Pontos de Vista

 

adjectivo

1. Sem limites.

2. Extensíssimo.

3. Infinito.


Do Priberam

 

 

Em Portugal até o infinito tem limites...e pelos vistos no que toca a chamadas telefónicas, o infinito está limitado a uma hora diária.... por isso, se tem mesmo muito para dizer a alguém, não telefone, vá!.. assim pelo menos não corre o risco de ter supresas na factura telefónica.

 

A reportagem é da SIC e chama a atenção para o que eu acho que é um enorme embuste, e não é só pelas chamadas ilimitadas, nem sequer é de agora, em Portugal as empresas de telecomunicações parece que tem um estatuto qualquer especial, porque a publicidade promete sempre coisas que depois raramente se concretizam na realidade.

 

Raramente os clientes tem a velocidade da internet que lhes é vendida, ou o número de canais no cabo que aparece nas promoções, agora são as pretensas chamadas ilimitadas para todas as redes que depois se resumem a uma hora por dia. Para já não falar nos famosos planos de fidelização que nunca ninguém conseguiu perceber se são ou não legais mas que servem para nos manter durante anos presos a serviços que funcionam mal ou que muitas vezes nem funcionam de todo.

 

Há também aqueles vendedores que nos juram a pés juntos que não nos temos que preocupar com os planos de fidelização das outras empresas, que eles resolvem tudo, depois do contrato assinado simplesmente desaparecem (aconteceu comigo) e a pessoa descobre que não só está ligado a um contrato de fidelização, como passou a estar ligado a dois e que tem que pagar os dois até ao fim, mesmo que depois ninguém lhe preste o serviço que contratou.

 

Imagino que deverá haver autoridades e organismos que zelem para que estas coisas não aconteçam, na maioria dos casos tudo isto andará muito próximo de ser uma burla quase generalizada, dia a dia somos bombardeados com publicidade que é claramente enganosa e que é pensada para enganar os incautos, parece que vivemos no reino do vale tudo para enganar o consumidor, porque é que não há ninguém que ponha cobro a tudo isto?

 

De há muitos anos que as empresas de telecomunicações são de longe quem tem mais processos nos tribunais, uma enorme percentagem desses processos terá a ver com tudo isto, porque é que o estado olha para o lado e finge que não vê?

 

O pior é que pelos vistos não há mesmo alternativa, porque como em muitas outras coisas, parece que todas a empresas se puseram de acordo para nos oferecer as mesmas coisas, aos msmos preços e com os mesmos logros.

 

Reportagem da SIC do programa Contas Poupança

 

Jorge Soares

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:18

Cuidado com as chamadas de valor acrescentado.

por Jorge Soares, em 21.10.13

Chamadas de valor acrescentado

Imagem de aqui

 

Há uns tempos aderimos ao serviço da MEO com  tudo incluído, da internet aos telemóveis... Como já  estava avisado para as chamadas de valor acrescentado (podem ler este post) , tive o cuidado de na adesão dizer que queria os telemóveis barrados. Na altura as meninas que me atenderam numa das lojas da marca, disseram-me que agora os cartões vinham todos com as chamadas de valor acrescentado barradas, pelo que não me tinha de preocupar. 

 

Hoje a meio do dia dei por mim a olhar para a factura das comunicações cá de casa, chamou-me a atenção um valor de 5 Euros em comunicações moveis... aquilo fez-me confusão, já todos sabemos que nas telecomunicações  o tudo incluído tem sempre uma letras pequeninas por baixo em que explicam que afinal não é bem tudo... Decidi ligar para lá e perguntar o que era aquilo.

 

Depois de ter carregado numas dez opções, lá consegui chegar à fala com uma menina simpática e prestável. Demorou uns 5 minutos a conseguir descobrir o que era aquilo... mas finalmente fez-se luz... Os 5 Euros eram de um daqueles clubes em que se envia uma mensagem para se receber  toques de telemóvel....

 

Para além do mistério dos 5 Euros, ficou também explicado um aviso do director do colégio sobre um acontecimento a meio de uma aula que envolveu um toque pouco recomendável para se utilizar na escola... mas isso é outro assunto.

 

Tentei perceber como é que era possível tal coisa se os telemóveis estavam barrados e até havia uma lei que dizia que só se desbloqueavam com pedido por escrito... Com muita simpatia a menina explicou-me que não, que os telemóveis não estavam barrados e que para estarem eu tinha que pedir.

 

Depois de muita conversa, muita espera com uma musiquinha irritante pelo meio, consegui que me deduzissem os 5 Euros da factura e só desliguei o telefone depois da menina simpática me ter garantido que agora sim, os telemóveis estavam mesmo barrados para serviços daqueles.

 

Fica o aviso a quem tem filhos adolescentes, certifiquem-se que pediram para barrar os valores acrescentados, no meu caso eram só 5 Euros, mas podiam ser 50 ou 500, há imensos casos destes... e não acreditem na historia de que os cartões vem barrados, não é verdade.

 

Por certo, desde que mudei para esta empresa não tenho grandes razões de queixa com o atendimento telefónico, mas há muito que não era atendido com tanta simpatia num call center.. vivam as empresas portuguesas. 

 

Jorge Soares

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:50


Ó pra mim!

foto do autor



Queres falar comigo?

Mail: jfreitas.soares@gmail.com






Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D