Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Correio da manhã

 

 

A noticia esteve em quase todos os jornais, o Correio da manhã foi condenado por devassa da vida privada, o tribunal deu razão a Cristiano Ronaldo num processo em que este acusa o jornal e uma antiga ama do seu filho de abuso e devassa.

 

"Em causa está a notícia Ama revela segredos do clã Aveiro, publicada a 6 de Agosto de 2011 na revista Vidas deste jornal, em que é ouvida Maria Manuela Rodrigues, que tomou conta do filho de Cristiano Ronaldo durante 10 meses. A ama dá pormenores sobre a forma como o filho do jogador de futebol teria sido concebido, dizendo que, para ser pai, Ronaldo teria recorrido aos óvulos de uma mulher e à barriga de outra."

 

Dada como provada a devassa agravada, o director do jornal foi condenado ao pagamento de 3900 Euros e a jornalista que assina a noticia foi condenada a pagar uma multa de 800 Euros.

 

3900 Euros, a sério? É essa a pena por escarrapachar na primeira página qualquer facto da vida privada de alguém já seja verdade ou um qualquer boato?, Assim não admira que este tipo de coisas aconteça naquele jornal quase todos os dias, com penas de 3900 Euros está-se mesmo a ver que a devassa vai continuar, 3900 Euros não é um castigo, é uma anedota.

 

Mas muito mais anedota que esta é o facto de o Jornal Record, que publicou a  mesma noticia no dia a seguir ,ter sido "ilibado por não se ter provado o envolvimento dos seus jornalistas, um vez que a notícia não era assinada"

 

Fantástico, como a noticia não estava assinada não há responsáveis, ou seja, na prática qualquer jornal pode escrever o que lhe apetecer sobre quem bem entender, já seja a maior verdade ou a maior invenção de todos os tempos, porque basta não assinar para que não haja responsáveis.... Então mas o jornal não tem responsáveis? De certeza que a noticia não se escreve sozinha, nem tem perninhas para ir parar às páginas do jornal por si só? Isto só pode ser uma anedota.

 

Estas penas são mais ou menos um convite à devassa generalizada, é o mesmo que dizer que vale tudo porque o crime compensa.

 

Já agora, ainda sobre o mesmo jornal, deixo aqui o link para um post da jornalista Silvia Caneco sobre o tratamento dado por este jornal a um caso bem mais sério e grave que a vida de Cristiano Ronaldo.

 

Fiquei na dúvida sobre se não seria boa ideia deixar de assinar os meus posts..... nã, eu não sou irresponsável.

 

Jorge Soares

publicado às 21:54

Cela

 

Imagem do Ionline 

 

"O Estado português foi condenado a pagar 15 mil euros a um homem acusado, julgado à revelia e preso durante um mês por um crime que afinal não cometeu. Bacar Baldé foi alvo de usurpação de identidade e acusado de abuso sexual de pessoa incapaz de resistência."

 

Não sei o que me deixa mais estupefacto, se o perceber que este homem teria ficado anos preso e teria a sua vida completamente destruida se lhe tivvesse calhado em sorte outro advogado, se o facto de o estado português depois de ter colocado injustamente um homem na prisão recorre de uma indemenização de 15000 Euros.

 

O mesmo estado que deixa prescrever multas de milhões a condenados em processos que duram anos e anos, não só é lesto a condenar pessoas inocentes, como ainda acha que 15000 Euros é uma indemenização alta de mais para alguém que viu a sua vida virada do avesso de um momento para o outro.

 

Então e terem um pouco de vergonha?

 

A reportagem é da Rita Marrafa de Carvalho e pode ser vista no site da RTP, aqui.

 

 

Jorge Soares

publicado às 22:53

Justiça?, onde está o Rui Pedro?

por Jorge Soares, em 04.03.13

 

Ricardo Sá Fernandes diz que se fez justiça, diz que é um dia histórico para a justiça portuguesa e para a família do Rui Pedro? dia histórico?, porquê? Alguém acha que a família do Rui Pedro terá descanso enquanto não souber onde está o seu filho? 

 

A mim parece-me que Ricardo Sá Fernandes tem alegria de tísico, como é que alguém pode ficar feliz com um desfecho que 15 anos depois condena alguém a 3 anos e meio por rapto? 15 anos??!!!, a justiça portuguesa demorou, até agora que isto ainda não acabou, 15 anos a condenar alguém por rapto... 

 

Passados 15 anos apareceu alguma prova nova?, algum indicio sobre o que verdadeiramente se terá passado?, não, as provas, os testemunhos os factos, são exactamente os mesmos que se tinham desde o início... e a justiça portuguesa demorou 15 anos a condenar... e Ricardo Sá Fernandes diz "isto lava-nos a cara", a sério?, lava como? a mim parece-me o contrário, isto deixa uma imagem muito feia e nada limpa da justiça portuguesa.

 

Ricardo Sá Fernandes deveria ter vergonha, porque para além de que não vai acontecer nada, esta sentença não traz nada de novo, não esclarece nada e não nos deixa mais perto de perceber o que realmente aconteceu naquele dia, nem se o Rui Pedro está vivo ou morto... É só mais um episódio num processo que para além de não ter fim, não vai resolver ou esclarecer o que quer que seja.

 

Importante mesmo era que no fim de tudo isto se soubesse o que aconteceu e onde está o Rui Pedro, isso sim seria fazer justiça e traria paz à família, o resto é folclore... e pelos vistos serve para lavar consciências... veremos qual a decisão da instância a seguir e como ficarão as consciências no fim disto tudo.

 

Alguém foi condenado, demorou-se 15 anos a perceber que houve um rapto, fazem-se apostas a ver quanto tempo se vai demorar a descobrir que afinal não houve e a voltar a começar tudo de novo.

 

Importante importante mesmo, era que alguém tivesse um rebate de consciência, já seja quem agora foi condenado ou outra pessoa qualquer e dissesse ao mundo o que fez com o Rui Pedro....

 

E é esta a justiça que temos em Portugal

 

Jorge Soares

publicado às 21:07

Isaltino Morais

Imagem do Público

 

Alguém me consegue explicar como é que se consegue governar uma câmara municipal desde a prisão?


Relativamente aos crimes que os desembargadores consideraram provados, Isaltino de Morais foi condenado por três crimes de fraude fiscal em quatro meses por cada um e na pena de 17 meses pelo crime de branqueamento. O cúmulo jurídico destes dois ilícitos é de dois anos.

 

O Tribunal da Relação de Lisboa aplicou hoje a Isaltino Morais uma pena de dois anos de prisão, pelos crimes de fraude fiscal e branqueamento de capitais mas anulou a pena de perda de mandato.

 

 

É claro que deve haver uma lei qualquer que explique tudo isto e de certeza que o juiz terá elaborado um texto magnífico a suportar a sua decisão... mas a imagem que fica é que para a justiça portuguesa, lesar o estado em mais de um milhão de Euros não é crime suficiente para se impedir alguém de governar.... belo exemplo que se dá ao país.

 

Já agora, haverá alguma prisão em Oeiras?.... seria um bocado estranho que o presidente da câmara  governasse o município desde Alcoentre.. ou desde Custóias.

 

É claro que isso não importa nada, todos sabemos que a seguir sairá mais um recurso.... e daqui a uns 10 anos, ele será inocente e aqueles milhões que estavam na conta da Suíça eram os lucros do sobrinho  taxista....

 

Bonito serviço que se fez hoje à justiça Portuguesa.

 

Jorge Soares

publicado às 21:02


Ó pra mim!

foto do autor



Queres falar comigo?

Mail: jfreitas.soares@gmail.com






Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D