Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



precarios.jpg

 

Imagem de Precário Inflexíveis 

 

Ana Nicolau  será presente a julgamento no próximo dia 2 de Março, 3º aniversário da manifestação Que Se Lixe a Troika – O Povo é Quem Mais Ordena, por ter protestado nas galerias da Assembleia da República e por ter exigido a demissão de Passos Coelho.

 

Os Precários Inflexíveis exigiram, em Março de 2015, a demissão de Pedro Passos Coelho, durante várias semanas, quando foi tornado público que o então Primeiro Ministro não havia cumprido com o pagamento das suas contribuições à Segurança Social, enquanto trabalhador a recibos verdes durante 5 anos, tendo depois visto essa dívida ser ilegalmente reestruturada, parcialmente paga e posteriormente desculpada pelo então ministro Pedro Mota Soares.

 

Na altura foram vários os posts que escrevi sobre o assunto, de certeza que mais que uma vez terei dito que Passos Coelho se devia demitir. Para mim não é aceitável ter como primeiro ministro alguém que não cumpre com os seus deveres de cidadão, como é que alguém que não cumpre com os seus deveres legais pode exigir ao resto do país que o faça? Como é que o senhor pode ter estado à frente do governo que em toda a história da democracia mais exigiu dos portugueses se ele próprio contribuiu para o estado a que chegou o país ao não cumprir com as suas obrigações fiscais?

 

No dia 2 de Março será Ana Nicolau quem, estará no banco dos réus, mas podia ser qualquer um de nós, eu pessoalmente não conheço ninguém que na altura não achasse que toda aquela história era uma  vergonha para o governo e o país.

 

Mo dia 2 de Março quem está a julgamento não é a Ana Nicolau, somos todos os portugueses que temos opinião e a conseguimos expressar.

 

Jorge Soares

publicado às 21:53

Afinal não são só os nórdicos....

por Jorge Soares, em 10.03.15

ministrodajustiçaholandês.jpg

 

Imagem do Público 

 

"O ministro da Justiça da Holanda, Ivo Opstelten, demitiu-se do Governo depois de se descobrir que forneceu informações erradas e mentiu no Parlamento"

 

Afinal não são só os nórdicos, há outros países com moral e decência..

 

Jorge Soares

 

PS:Sim, eu sei, eu não percebo nada de política e só vejo as coisas pelo lado da moral, não sei o que isso terá de mal.... mas ninguém é perfeito!

publicado às 22:09

Rui Machete

 

Imagem do Público

 

E vai mais um, depois do Relvas, da ministra do Swaps, dos inúmeros senhores que teimam em limpar dos seus currículos as passagens pelo BPN, depois das muitas histórias das acções da SLN, agora este senhor decidiu que em nome da diplomacia tudo é válido, até acabar com a separação de poderes e até fazer tábua rasa sobre as decisões dos juízes.

 

Ante a indignação de meio país, a procuradora geral já veio dizer que com ela ninguém falou, resta saber se o senhor ministro tem outras fontes na PGR ou se simplesmente achou que ninguém ia dar pelas palavras dele e por tanto podia dizer uma ou outra mentira em nome da diplomacia.

 

Não faço ideia a que processos se estaria o senhor a referir, nem se referem coisas muito ou pouco graves, mas não me parece que os processos que correm nos nossos tribunais contra cidadãos de qualquer país possam estar de alguma forma nos temas abordados pelo ministro dos negócios estrangeiros e muito menos podem de alguma forma ser objecto de algum pedido de desculpa.

 

Hoje Cavaco Silva veio dizer que "ninguém está acima da lei nem há cidadãos de primeira e de segunda", ficamos então à espera que ele tome alguma medida com respeito a quem faz da mentira uma forma de governo, já que esperar que algum destes senhores se demita, é pura ilusão.

 

Senhor presidente da República, estamos à espera.... (sim, eu sei, é melhor esperar sentado)

 

Jorge Soares

 

publicado às 12:18

Daqui não saio daqui ninguém me tira

por Jorge Soares, em 02.07.13

Desocupa

Imagem do Artigo 21 

 

Há pouco no Facebook circulava um convite para a festa de saída do governo que iria ocorrer no Marquês, não sei se haverá assim tantos motivos para festejar, se calhar haveria, todos nós sentimos a austeridade na pele, a generalidade dos funcionários públicos viu o seu salário diminuir em um quarto e já se fala em diminuir ainda mais os salários e pensões dado o enorme buraco nas contas dos impostos.

 

Afinal, (ainda) não há motivos para grande alívio, Passos Coelho fazendo jus à sua teimosia, insiste em que não se demite e não aceita a demissão de Portas. Não consigo perceber como é que mesmo depois de uma tomada de posse em que não esteve nenhum ministro do CDS, depois de Paulo Portas  ter dito ao mundo que se demite porque não concorda com esta nomeação e com a continuação das políticas económicas do governo, Passos Coelho acha que vai dar a volta a este assunto.

 

Acho que deve ser evidente para todo o mundo que Passos Coelho teve uma oportunidade de resolver esta crise, era nomeando para o lugar de Vitor Gaspar alguém que significasse não digo uma ruptura com o passado, mas pelo menos alguma expectativa de que as coisas poderiam tomar um rumo diferente.

 

Ao nomear alguém que para além de estar no centro das atenções pelas piores razões, tem a oposição de um dos partidos da coligação, Passos Coelho ou é muito teimoso, ou então estava mesmo a tentar criar uma crise política.

 

Não sei que argumentos irá agora apresentar a Portas e ao CDS, mas não estou a ver como é que pode sair desta embrulhada sem perder a face, vai dar o que em troca da paz? A cabeça de Maria Luís Albuquerque que poderá passar à história como a Ministra das finanças mais rápida de sempre? Vai ceder na parte económica e mudar o rumo da Austeridade? Nesse caso será que esta ministra das finanças está talhada para inverter o rumo?

 

O que vimos hoje foi um tentar de sacudir a água do capote, tanto da parte de portas como de um Passos Coelho que dá a imagem de estar agarrado ao poder, um espectáculo ridículo que não faz o menor sentido e que mostra como é frágil o equilíbrio político desta coligação.

 

Com isto tudo evidentemente quem perde é o país e todos nós, se tivessem vergonha demitiam-se, convocavam eleições e que o povo passasse factura do que aconteceu nos últimos anos e que nos levou a esta situação.

 

Quanto ao silêncio e à posição autista do Presidente da República, acho que estamos conversados, por ele este governo só cai no dia a seguir às eleições de 2015.

 

Jorge Soares

 

publicado às 20:59

Paulo Portas

 

Imagem de aqui 

 

Após a mais que polémica escolha de Passos Coelho para a substituição do Ministro Gaspar, era quase evidente que Paulo Portas estaria a engolir muitos sapos, pelos vistos eram sapos a mais e hoje foi a sua vez de bater com a porta.

 

Resta saber se com o ministro portas vão todos os restantes ministros do CDS e o apoio na assembleia da República ou se é só Portas e se mantém a maioria.. e resta saber o que pensa Cavaco Silva de tudo isto.... mas acho que não restam dúvidas a ninguém que o tempo deste governo se esgotou.

 

Jorge Soares

publicado às 16:38

Gaspar bateu com a porta

por Jorge Soares, em 01.07.13

 

Imagem do Público

 

Ora aqui está uma boa noticia, pena que tenha demorado tanto tempo a perceber que estava a mais na política.

 

O mais irónico da passagem deste senhor pelo governo é que serviu para mostrar a a realidade a todos aqueles que achavam que quem deve governar não são os políticos e sim os técnicos. Este senhor é um técnico, não é nem nunca foi um político e está à vista o belo trabalho que fez durante estes dois anos. Fica de certeza absoluta para a história como o ministro que mais previsões e contas falhou de todos os que já passaram por aquele ministério.

 

Esperemos que o sucessor seja alguém menos teimoso e mais terra a terra, alguém que saiba olhar para a situação do país e tirar conclusões sobre o melhor caminho a seguir.

 

Jorge Soares

publicado às 16:53

Miguel Relvas, só agora porquê?

por Jorge Soares, em 04.04.13

Miguel Relvas pede a demissão

 

Imagem do Público

 

Estava à vista que a demora do ministro da educação em divulgar o relatório sobre as licenciaturas por créditos tinha a ver com os factos apurados sobre a licenciatura do Miguel Relvas, esta demissão só peca por tardia, a sua passagem pelo governo para pouco mais serviu que para arrastar a sua imagem e a dos políticos em geral pela lama.

 

A forma como ele concluiu a sua licenciatura é só uma pequena parte, há coisas bem mais graves como a tentativa de censura aos jornalistas do Público , a sua ligação à existência de empresas fantasmas que só existiram como forma de captar financiamentos ou a forma como por sua ordem foram terminados programas na Antena 1.

 

Relvas demitiu-se hoje, no fim diz que a história se encarregará de o julgar, eu diria que sim, que ele terá direito a um pé de página em que será catalogado como um dos piores ministros que alguma vez tivemos. Devia ter pedido a demissão há muito tempo, logo da primeira vez em que mentiu ao país, agora só falta mesmo o resto do governo.

 

Jorge Soares

 

publicado às 16:24


Ó pra mim!

foto do autor



Queres falar comigo?

Mail: jfreitas.soares@gmail.com






Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D