Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



 

Refugiados em Lampeduza

Imagem do Público

 

 

Vivemos num mundo de contrastes, há bem poucos dias vimos como os Estados Unidos, um dos membros da NATO, utilizou de uma forma magistral os seus soldados e a sua tecnología para no outro lado do mundo, invadindo outro país, aplicar a sua peculiar forma de justiça.

 

Hoje um Jornal inglês relatava como apesar de  toda essa tecnología, de todos esses meios, dos muitos milhares de homens, dos muitos milhões de Euros que diariamente se gastam numa guerra civil patrocinada e apoiada pelos países ocidentais, ali ao lado, a poucos kms de terra e à vista de Porta-aviões, Helicópteros, navios e aviões, mais de 60 pessoas, incluindo duas crianças pequenas, morreram de fome e de sede num barco no mediterrâneo.

 

O mediterrâneo é um mar interior, todos os dias há centenas de navios que o cruzam em todas as direcções, como é possível que um barco com mais de 70 pessoas ande à deriva durante 16 dias sem que ninguém o veja? Como é possível que no século XXI se deixem morrer pessoas à fome e à sede só porque nasceram no lado errado do mar e não desistem de chegar ao lado certo?

 

É claro que nesta altura a culpa não é de ninguém, ninguém viu, ninguém ouviu, ninguém soube.... na verdade, ninguém quis saber, são refugiados, que importa mais 50 ou menos 50?

 

Há quem diga que o mundo está mais seguro sem Bin Laden e sem muitos dos ditadores que foram caindo nos últimos meses... depois de ler notíciass como esta eu tenho sérias dúvidas. De que serve um mundo mais seguro se estamos a construir uma sociedade que não é capaz de ser humana?

 

Jorge Soares

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:08

Hugo Chavez, Ditador?, Porquê?

por Jorge Soares, em 11.03.09

Venezuela, um país para querer

Imagem Retirada da internet

 

É muito fácil fazer juízos valor quando estamos comodamente sentados em nossa casa, olhamos para o televisor, ouvimos as noticias que nos são debitadas, sentimo-nos donos do nosso primeiro mundo e claro, achamos que tudo o que sai da esfera daquilo que conhecemos e damos por garantido é terceiro mundo ou em ultimo caso, republica das bananas.

 

Cada vez que leio ou ouço algo sobre o Hugo Chavez, presidente  da Venezuela,  penso, mais um que olhou para a televisão, viu as noticias e agora fala de cor.

 

A maioria das pessoas não sabe, mas a Venezuela é a Democracia mais antiga da América Latina, ainda em Portugal o homem não tinha caído da cadeira e as pessoas eram enviadas para o Tarrafal e já havia Democracia na Venezuela. A democracia foi instituída em 1958... portanto, quando Hugo Chavez foi eleito por primeira vez em 1999, havia democracia há 41 anos no país.... muito tempo.

 

Eu vivi lá 10 anos, tempo mais que suficiente para perceber que aquela Democracia que tanto agradava à Europa e aos Estados Unidos, tinha que mudar. Era uma Democracia em que dois partidos se sucediam no poder cada 5 anos, 5 anos governavam-se uns, para nos 5 anos seguintes se governarem outros. Sim, porque ali ninguém governava, mas todo o mundo se  governava. Era o tempo do "Yo no quiero que me deem, yo lo que quiero és que me pongam donde hay".

 

A economia era completamente subsidiada, até ao ponto em que por cada litro de leite que se vendia, o estado pagava 3 à empresa produtora, tudo era subsidiado, ninguém pagava impostos e absolutamente nada se fazia sem untar as mãos a alguém, desde o policia da rua até a qualquer funcionário publico, absolutamente tudo tinha um preço. 

 

Não era necessário ser muito esperto para se perceber que mais tarde ou mais cedo as coisas teriam que mudar, mais tarde ou mais cedo, de uma ou outra forma, teria que aparecer um Chavez, porque um país não pode existir assim. 

 

Chavez foi eleito por primeira vez em 1999, nessa altura eu já lá não estava, mas se estivesse, votava nele, simplesmente porque o país não podia continuar assim, o país precisava de ser governado...e não de quem se governasse a si. 

 

Chamar Ditador a Chavez, é avaliar a situação por aquilo que conhecemos, na verdade a situação deve ser avaliada desde o ponto de vista do povo da Venezuela, e o povo que na sua grande maioria vive em bairros precários, o povo que vive nas favelas de Caracas, o povo, esse já o elegeu em eleições livres e democráticas, duas vezes, ....e vai continuar a eleger, porque olhando para o lado, olhando para a oposição, o que se vê, é mais do que já lá tinha estado antes.... ou o vazio.

 

A Venezuela, além de um dos maiores produtores de Petróleo do Mundo, é um dos maiores produtores de Ferro, bauxita (alumínio), Ouro, Diamantes, etc, etc, etc. É um país com todas as condições., com todos os recursos,.. o que falta?.... pois... não sei!

 

Entretanto nestes ultimos dias esteve em Portugal o presidente de Angola, José Eduardo dos Santos, que está no Poder desde 1979 e as únicas eleições a que se submeteu, foram a origem de uma guerra civil que deixou milhares de mortos... não se sabe quando vão ser as eleições.....mas eu não ouvi ninguém chamar ditador a este senhor..... curioso a forma como avaliamos as coisas em Portugal.

 

Jorge

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:01


Ó pra mim!

foto do autor



Queres falar comigo?

Mail: jfreitas.soares@gmail.com






Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D