Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Conchita WurtzImagem do Público

 

Não vi o festival, das músicas que por lá passaram, para além da vencedora, ouvi a Espanhola, a da Susy e a da Holanda, que curiosamente ficou em segundo lugar, não sei se a vitória de Conchita Wurst é merecida ou não, mas quero acreditar que não foi uma vitória política nem uma vitória do politicamente correcto, e sim a vitória merecida de quem apesar da diferença se consegue impor pelo seu trabalho e pela qualidade naquilo que faz.

 

De resto não é a primeira vez que um travesti se apresenta no festival da Eurovisão nem  a primeira vez que consegue o triunfo, Dana Internacional representou Israel por duas vezes, em 1998 e 2011 sendo que em 1998 ganhou com a música Diva.

 

Não sendo original não deixa de ser um marco e a prova de que apesar dos pruridos e protestos levantados pela Rússia e alguns dos restantes países de leste, há na Europa uma enorme lufada de ar fresco no que respeita à aceitação das diferenças.

 

Não há muito tempo atrás, seria impensável que lhe fosse sequer permitido participar, hoje não só participa como consegue vencer o festival, o mundo é feito de diferenças, todos somos diferentes é bom saber que cada vez menos essas diferenças são impedimento de se conseguir lutar e vencer.

 

A vitória de Conchita Wurtz, a mulher com barba é a prova de que  a sociedade e o mundo são cada vez mais justos e de que se pode vencer apesar da diferença.

 

Para quem ainda não viu, deixo o vídeo:

 

 

Jorge Soares

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:54


Ó pra mim!

foto do autor



Queres falar comigo?

Mail: jfreitas.soares@gmail.com


Posts mais comentados





Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D