Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Quem disse que o tamanho não importa?

por Jorge Soares, em 09.04.13

quem disse que o tamanho não importa?

 

Imagem do Público

 

Há estudos para tudo, evidentemente faltava este, ora segundo um estudo de uma universidade na Austrália, a Universidade Nacional Australiana, em Camberra , elas sentem-se atraídas mesmo é porque quem é alto, tem os ombros largos, a cintura mais ou menos fina e... um pénis grande.

 

É claro que há explicações cientificas para isto tudo, na época pré-histórica, quando andávamos todos despidos, o que mais interessava mesmo eram os atributos físicos. Numa época em que valia tudo, um homem mais alto e mais forte era garantia de uma maior fortaleza na defesa da família, de aí a preferência pelos homens maiores, é claro que quando andamos despidos um pénis maior chama mais a atenção que um que mal se vê.

 

A questão é que o estudo foi feito na actualidade, e apesar dos milhares de anos de evolução, quando puseram a mais de uma centena de mulheres a escolher os seus preferidos entre umas dezenas de imagens masculinas, elas continuam a escolher os mais altos, de ombros largos e de preferência com um pénis maior, acho que não está na noticia do Público, mas eu ouvi numa rádio espanhola duas mulheres que falavam do mesmo estudo e segundo elas, os resultados diziam que as preferências médias iam para os 13 cms... em repouso.

 

Ou seja, apesar da já quase igualdade de sexos, do feminismo do século passado, dos desejos de liberdade e independência, há coisas que nunca mudam, lá muito no seu intimo, elas continuam mesmo a sonhar com um homem grande que as possa mimar, proteger e encher-lhes completamente as medidas...

 

Quem diz que o tamanho não importa?, quem o tem pequeno!

 

Jorge Soares

 

Ps: Já agora quando é que alguém faz um estudo sobre as preferências dos homens no que diz respeito a alguns tamanhos nas mulheres?

publicado às 22:18

Os eunucos vivem mais tempo

Imagem de aqui 

 

 

A notícia é do Público e diz o seguinte:

 

Os homens castrados que serviram os reis da Coreia ao longo de séculos viveram, em média, 14 a 19 anos mais do que os seus congéneres não castrados


Isto é, como não poderia deixar de ser, o resultado de mais um daqueles estudos que agora estão muito na moda e que quase sempre nos levam a descobertas fenomenais. Segundo concluiram os senhores coreanos que estiveram a estudar o assunto, a culpa pode ser da testosterona, a hormona responsável pela masculinidade que será a culpada pelo facto de que em muitas espécies, incluindo evidentemente a humana, as fêmeas viverem mais tempo que os machos.

 

Todos os estudos indicam que os homens castrados tem uma vida muito mais longa que os não castrados, tendo inclusivamente alguns deles superado os cem anos de idade... uma vida longa e presume-se que aborrecida! {#emotions_dlg.rude} 

 

Meus senhores, já sabem, podem viver mais tempo, é só uma questão de pensarem se querem ou não pagar o preço.... 

 

Jorge Soares

publicado às 22:16

Para além de burros .. temos memória curta!

por Jorge Soares, em 19.01.11

Um país de burros com memória curta

Imagem minha do Momentos e Olhares

 

Ora, se apenas 6% de dos portugueses confia na classe politica e se 50% acha que se vive pior agora que antes do 25 de Abril, isto só pode significar que por um lado somos burros, pois continuamos a votar sempre nos mesmos, a eleger sempre os mesmos. Por outro lado, temos a memória curta.... ainda que também há hipótese de terem feito o inquérito  a pessoas com menos de 40 anos, que evidentemente não sabem do que estão a falar..... o que nos levaria de novo ao inicio, só um burro fala de aquilo que não sabe!

 

Jorge Soares

PS: Para quem ainda não sabe se vai ou não votar ... leiam o post de ontem

publicado às 13:33


Ó pra mim!

foto do autor



Queres falar comigo?

Mail: jfreitas.soares@gmail.com






Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D