Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



É por estas e por outras que sou ateu!

por Jorge Soares, em 14.05.13

os três parvinhos

Imagem do Pontos de Vista

 

Cavaco afirma que a sétima avaliação da troika é “inspiração de Nossa Senhora de Fátima” 

 

É por estas e por outras que sou ateu, está visto que com santos como estes não há milagres que nos salvem da desgraça, mas também entre a Troika, o Cavaco, o Gaspar e o Passos Coelho, venha o diabo e escolha.

 

Jorge Soares

publicado às 20:54

De Fátima mandam dizer que o Diabo saiu à Rua

por Jorge Soares, em 14.10.12

13 de Outubro em Lisboa, o povo é o Heroi

Imagem do Pontos de Vista 

 

  ...os problemas não se resolvem “contestando, indo para grandes manifestações” ou fazendo uma qualquer “revolução”.


As palavras são de José Policarpo, cardeal patriarca de Lisboa e foram proferidas em Fátima e quanto a mim são um enorme insulto ao milhão de pessoas que estiveram na Rua a 15 de Setembro e a todos os que nos últimos tempos se tem manifestado contra a austeridade e as políticas aplicadas pelo governo a mando da Troika.

 

Numa altura em que aumenta o desemprego e a precariedade que levam muita gente à miséria, a igreja católica escolhe olhar para o outro lado e fingir que nada se passa. Alguém deveria dizer a este senhor que o tempo em que o povo era submisso e vivia de Fado Fátima e futebol, já lá vai... e por muito que eles gostassem, o tempo não volta para trás.

 

De Fátima dizem que o diabo saiu à rua... e o povo ficou a saber com quem pode e não pode contar. e claro, alguém devia gritar aos ouvidos deste senhor: Porque no te callas!

 

Jorge Soares

publicado às 20:21

Fátima, futebol e to

Imagem do público

 

 

Os zun zuns já andavam pela blogosfera desde há umas duas semanas, o governo estava-se a preparar para mexer nos impostos e no subsídio de natal. Quando escrevi o post sobre a tolerância de ponto da vinda do papa, já tinha lido mais de um blog onde se ventilava o assunto, na altura falava-se no subsidio de férias dos funcionários públicos, os mesmo que tem direito a tolerância de ponto e a dias de férias extra, mas não, não era disso que se tratava, é mesmo no subsidio de natal de todos nós, no Público podemos ler o seguinte:

 

Nova subida de IVA e tributação extraordinária do subsídio de Natal de toda a população, duas medidas ponderadas pelo Governo para garantir o novo objectivo do défice, têm o potencial para, este ano, gerar uma receita adicional para o Estado de mais de 3000 milhões de euros.

 

Antes de mais, devo dizer que eu entendo a necessidade destas medidas, a crise financeira e o custo do dinheiro está a afectar duramente   a nossa economia e se não forem tomadas medidas não demorará muito a estarmos na mesma situação da Grécia com tudo o que isso significa. Mas assim como entendo que é necessário que se tomem as medidas necessárias, não entendo que se gastem milhões em todo este circo montado à volta da vinda do papa e muito menos que um governo que se  prepara para mexer assim no bolso de todos nós, dê dois dias de tolerância de ponto a todos os funcionários públicos.. afinal, o exemplo deve vir de cima.. ou não?

 

Já o disse no outro post e volto a dizer, esta tolerância de ponto é uma vergonha, que se pare o país dois dias para as pessoas irem ver o papa é uma vergonha e é uma falta de respeito por todos nós que com os nossos impostos estamos a pagar todo este circo e que aparentemente com o nosso subsidio de natal vamos pagar a crise.

 

Eu sou pouco de deitar pedras ao governo, este ou outro qualquer,  mas terem escolhido o intervalo entre a vitória do Benfica no Futebol e a vinda do papa para falarem destas medidas, é no mínimo gozarem com a nossa cara, o tempo do Fátima, fado e  futebol  já lá vai, mas este governo prepara-se para nos lixar com F. grande e entretanto dá-nos circo... pena que ao mesmo  tempo se prepare para nos tirar parte do pão.

 

Jorge Soares

publicado às 21:52

Profissão: Pagador de promessas

por Jorge Soares, em 05.05.10

 

Cruz na cidade da Praia, Cabo Verde

 

Imagem Minha do Momentos e olhares

 

 

Promessa: s. f.

-Prometimento formal de dar, fazer ou dizer algo.

 

Sacrifício

-Oferta solene à divindade, em donativos ou vítimas.

-Abandono forçado ou voluntário daquilo que nos é precioso; renúncia.

 

Fonte: Diccionário Online Priberam

 

Vi o senhor no outro dia num programa de televisão, esta semana com todo o barulho à volta do papa e da sua ida a Fátima, lembrei-me dele. Não faço ideia se a profissão está inscrita na lista das profissões liberais ou não,  nem se o senhor paga impostos sobre o que recebe, mas o certo é que  ele até tem um site na internet onde promove os seus serviços, um site que se chama Pagador de Promessas.

 

Há muito que passei a achar a história do pagamento de promessas algo que não faz o mínimo sentido e do meu ponto de vista é até uma falta de respeito para deus. Se pensarmos que deus nos pode conceder graças ou desejos em troca de favores, então estamos a colocar a fé ao nivel das transacções comerciais, a achar que ante os olhos de deus quem consegue fazer sacrifícios tem mais direito que quem não consegue. Ora, somos ou não somos todos filhos de deus? Se somos e ainda por cima criados à sua imagem e semelhança, então  porque haveria ele de conceder favores a uns e a outros não? Ou para que quereria ele que os favores fossem pagos?

 

O facto de a igreja aceitar e até incentivar este tipo de coisas, terá a ver com o negocio em que se converteram os locais de peregrinação e tudo o que gira à volta deles, viesse Jesus de novo à terra e haveria muitos templos e muitos vendilhões por onde repetir a historia.

 

Mas voltando ao tema do Post, o facto de alguém fazer disto profissão não deixa de ser chocante, pagar promessas tem a ver com fazer sacrifícios, ora, se prometemos ir a pé e depois simplesmente pagamos a alguém para ir em nosso lugar.... não estamos a fazer batota? Será que vale o mesmo fazer o sacrifício que pagar a alguém para o fazer por nós? Poderão dizer que a pessoa está a fazer o sacrifício de abdicar do dinheiro... mas nesse caso, não seria muito mais inteligente prometer o dinheiro para uma obra de caridade? Ou para ajudar quem precisa? Porquê prometer algo que não se está a pensar cumprir?   Então e que tal prometermos fazer voluntariado num hospital? Ou serviço cívico nos bombeiros? Ou ajudar idosos à nossa volta? Ou.. há tantas coisas úteis que se podem prometer e que não envolvem alegres caminhadas em cómodas etapas.

 

Por outro lado, não será pecado fazer negócio com os sacrifícios e as promessas dos outros? Eu até acreditava que isto fosse algo nobre se alguém se dispusesse a fazer os sacrifícios em nome de quem não pode ou não consegue, mas em nome do negócio...e que até pode ser pago pela internet?... Mas uma coisa é certa, o homem tem olho para o negócio.... porque quem promete e não pensa cumprir, é o que há mais neste país.

 

Jorge Soares

publicado às 21:59

O que faria com 80 milhões de Euros?

por Jorge Soares, em 14.10.07

Esta semana foi inaugurada em Fátima uma nova igreja, rezam as crónicas que é a 4 maior do mundo e que custou 80 milhões de Euros.

 

Num pais donde faltam lares para a 3 idade, creches para as crianças, apoio aos idosos, donde existem centros de acolhimento com dezenas de crianças  que funcionam em apartamentos sociais, gastar 80 milhões de Euros numa igreja, que vai ser utilizada 3 ou 4 vezes por ano e que foi construída ao lado de outra, é no mínimo um insulto.

 

É por estas e por outras parecidas, que graças a deus eu sou ateu!

 

Ver noticias sobre a nova igreja aqui:Nova igreja em Fátima

 

Jorge

O que é o jantar.

 

publicado às 17:58


Ó pra mim!

foto do autor



Queres falar comigo?

Mail: jfreitas.soares@gmail.com






Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D