Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Na FIFA no pasa nada!

por Jorge Soares, em 28.05.15

fifa_blatter_crisis.jpg

 

Imagem de aqui

 

O futebol é pródigo em criar figuras, na sua grande maioria o mais perto que estiveram do jogo foi nas tribunas vips dos estádios, mas estão sempre por perto quando se assinam contratos milionários já seja com jogadores ou com patrocinadores.

 

Blatter é o exemplo fiel destas eminências pardas, economista de profissão, não consta que alguma vez tenha sequer jogado futebol, mas teve o engenho suficiente para durante o consulado de João Havelange saber mover as peças de forma a em 1998 ser eleito o sucessor do brasileiro e manter-se no poder até agora.

 

O que acontece na FIFA não é de agora, desde há muito que a troca de influências e até a compra de votos principalmente na eleição dos países sede dos mundiais, são muito mais que um rumor, só é difícil de perceber como é que com tanta gente a comentar e a falar do assunto, só agora alguém decidiu tomar medidas.

 

Ontem a única opinião em contra do que está a acontecer na Suíça veio da Rússia, os dirigentes russos acusam os Estados Unidos de estarem a impartir justiça fora do seu país. Não será por acaso que a eleição da Rússia como organizadora do próximo mundial está no centro do furacão.

 

A escolha do Qatar como sede do mundial de 2022, um país sem estádios, sem futebol e com temperaturas no verão a rondar os 50 graus, é outro exemplo de como se fazem as coisas na FIFA. Para além do governo do Qatar e dos dirigentes da FIFA, ninguém acha que o mundial se deva jogar lá, mas o certo é que foi este o país eleito, e nem as provas de que os estádios e infra-estruturas estão a ser construídas com recurso a mão de obra escrava, conseguem convencer os todo poderosos senhores que mandam no futebol mundial de que há algo de errado.

 

Não acredito que  o timing escolhido pelas autoridades Suíças e Americanas para deter os suspeitos tenha sido inocente, as eleições da FIFA são amanhã, a prisão de vice presidentes e outros dirigentes destacados da cúpula do futebol mundial deveria ser um sinal claro para Blatter e sus muchachos.

 

Num mundo normal ante um escândalo como este Blatter, afinal o principal responsável, pediria a demissão e as eleições seriam adiadas até ao aparecimento de candidatos sérios, mas na FIFA e no futebol nada parece ser normal. Não só se mantém as eleições como continua a ser quase garantido que o senhor será reeleito e talvez com uma ou outra mudança de cara, vai ser difícil que quem está preso tome pose nos cargos, tudo continuará igual.

 

E há quem ache que estas coisas só acontecem por cá.

 

Jorge Soares

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:39

Messi? Os senhores da FIFA viram outro mundial

por Jorge Soares, em 14.07.14

Messi

 

 

Messi foi considerado o melhor jogador do mundial, gostava mesmo de  saber como foi feita esta eleição, para mim ele nem sequer foi o melhor jogador da Argentina quanto mais do mundial.

 

De certeza que eles viram um mundial diferente do que eu vi, o que vi teve jogadores como Muller, Roben, Van Piersen, Cuadrado, James Rodrigues,  Fran Navas ou Ochoa, jogadores que mostraram classe e deram alegria ao futebol deste mundial...

 

Para a Fifa é Messi, vá lá a gente perceber estas coisas.

 

Jorge Soares

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:09

Mais uma jornada, mais racismo no futebol

por Jorge Soares, em 11.05.14

Racismo

 

Imagem do Público 

 

O episódio de que falei neste post, que envolveu Dani Alves, uma banana e adeptos do Villareal de Espanha, saldou-se com uma multa de 7000 Euros ao Villareal e tudo continuou como se nada tivesse acontecido. de tal forma que na semana a seguir registou-se um novo caso de racismo envolvendo Pape Diop, jogador do levante e adeptos do Atlético de Madrid que imitavam macacos cada quando o jogado Senegalês do Levante.

 

Sei que há quem ache que tudo isto não passa de actos isolados praticados por dois ou três adeptos e que os clubes não devem ser punidos, concordo que isto é obra de alguns anormais, mas não concordo que os clubes não sejam responsabilizados, porque acho que estes não fazem o suficiente para evitar que os episódios se repitam.

 

E também não é com multas de 7000 Euros que estes vão reagir, o valor é ridiculo e a mensagem que passa é que não há uma vontade real para se resolver o problema e a prova é que esta semana em Itália o episódio da banana voltou a repetir-se uma vez mais. Esta vez foram os adeptos do Atalanta em Itália que atiraram duas bananas na direcção do guineense Kévin Constant e do holandês Nigel de Jong, ambos do Milan.

 

O futebol é um desporto de milhões e só existe porque existem futbolistas, sem eles não há clubes e não há adeptos, 7000 Euros de multa é um insulto da federação espanhola a Dani Alves, e um convite aos anormais que insultam jogadores só porque eles tem cor de pele diferente.

 

A verdade é que enquanto a Fifa , a Uefa e as federações fingem que se preocupam, estas coisas repetem-se quase todas as semanas e não vale a pena que se inunde a internet e as redes sociais com gente a comer bananas, não é assim que se vai resolver o problema, o problema só se vai resolver quando todo o mundo, para além de quem sofre na pele os insultos em cada jogo, tenha uma vontade real e tome acções reais para o resolver.

 

Digamos todos não ao racismo em qualquer situação.

 

Jorge Soares

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:09

Somos Todos Macacos... não ao racismo!

por Jorge Soares, em 28.04.14

Neymar

 

Imagem do El Pais

 

 

Não é a primeira vez, não é a segunda, não será de certeza a última, Dani Alves jogador de futebol do Barcelona, foi uma vez mais vitima de um acto de racismo durante o jogo da sua equipa contra o Villareal. Quando o jogador Brasileiro se preparava para chutar um canto, alguém lhe atirou uma banana. 

 

Dani não se deu por entendido, pegou na fruta, descascou-a, deu uma dentada, atirou o resto para fora da linha do campo e continuou o jogo como se nada. Tudo isto aconteceu debaixo do olhar atento do fiscal de linha que estava a meio metro do jogador.

 

O jogo, continuou e tudo isto só se tornou noticia porque alguém reparou nas imagens na televisão e fez eco das mesmas nas redes sociais, um enorme eco que chegou um pouco a todo o mundo por via de muitos jogadores de futebol principalmente brasileiros, talvez os que mais sofram com actos como este um pouco por toda a Europa.

 

Há quem ache o gesto de Dani Alves a melhor forma de combater o sucedido e o racismo no futebol, talvez seja verdade, a questão é que este tipo de situações acontece com muita frequência na maioria dos campeonatos europeus. Já vimos situações como estas ou parecidas nos campeonatos na Espanha, na Itália, na França, na Inglaterra, um pouco por todo o lado e a verdade é que raramente vemos ou ouvimos falar das consequências para adeptos ou clubes.

 

Já vimos jogadores destroçados a querer abandonar o campo lavados em lágrimas, jogadores que se insurgem, jogadores que simplesmente ignoram, o que não vimos foram as consequências para quem assim se comporta e para os clubes que mais não seja com o seu silêncio, as patrocinam.

 

Não fossem as imagens da televisão e uma vez mais nada teria acontecido, Dani Alves tentou seguir em frente, como de certeza o terá feito em muitas outras ocasiões, o problema é que muitas vezes há muita gente que tenta ignorar estas coisas e elas ficam sempre impunes... como o teria ficado esta se a televisão não estivesse lá.

 

De resto as palavras de Dani Alves são elucidativas sobre o que se passa no campeonato espanhol:

Ya me lo tomo a guasa. Llevo 11 años en España y durante este tiempo siempre lo mismo'

Ignorar o assunto não vai resolver a questão, Dani Alves teve uma resposta rápida e talvez irreflectida, mas o que dizer do árbitro assistente que assistiu a tudo impávido e sereno e nada fez? Eu acho que o jogo deveria ter sido interrompido, deveria ter ficado por ali e o Villareal punido com uma pena a sério.

 

Esta vez foi uma banana, muitas vezes são cânticos ou gritos racistas entoados por dezenas ou centenas de aficionados, como já aconteceu em Milão ou no Santiago Bernabéu do Real Madrid, ou no Vicente Calderón do Atlético de Madrid, na Inglaterra já aconteceu que há quem insulte os jogadores da sua própria equipa... já alguém ouviu falar de algum clube derrotado devido a uma situação destas? 

 

É preciso mais que campanhas de marketing e bandeirinhas contra o racismo, são precisas acções sérias e um verdadeiro empenho por parte de clubes e instituições oficiais, está mais que visto que o que se tem feito até agora não serviu de nada.

 

 

Jorge Soares

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:02

Cristiano Ronaldo, Bola de Ouro

 

Imagem do Público 

 

Não é todos os dias que se vê um homem feito chorar, hoje o Cristiano Ronaldo chorou em directo para o mundo, ele bem tentava minimizar o resultado da eleição, mas na hora da verdade não há como esconder as emoções

 

Ronaldo trabalha todos os dias para ser melhor, mais forte, mais importante e mais decisivo dentro do campo, hoje todo esse trabalho foi recompensado quando ele foi eleito o melhor jogador do mundo para a época que passou.

 

Independentemente de  gostarmos mais ou menos dele como pessoa e como cidadão, o que se estava a eleger hoje era o melhor jogador de Futebol e do meu ponto de vista  ao serviço da selecção nacional ou do Real Madrid, ele foi melhor que toda a concorrência e a eleição que recorde-se é feita por treinadores e jogadores de futebol, foi inteiramente justa e completamente merecida. 

 

Anos houve em que a disputa terá sido mais renhida, mas que a eleição de Messi não chocou, acho por exemplo que em 2012 a eleição de Messi foi injusta mas a de Ronaldo também teria sido, teria sido muito mais justo que tivessem ganho Iniesta ou Xavi Alonso, mas este ano não me resta a mínima dúvida, Cristiano Ronaldo foi muito melhor  que todos os restantes e por tudo o que trabalhou e mostrou, o prémio está muito bem entregue.

 

Este ano é ano de mundial, esperemos que o capitão da selecção nacional continue inspirado e em forma por muito tempo, ele não joga sozinho, mas ter um Cristiano Ronaldo inspirado e com fome de vitórias é meio caminho andado para que a selecção possa dar algumas alegrias a quem gosta de futebol e da selecção nacional... ao resto, e a quem não gosta dele, tenham lá paciência.

 

 

Jorge Soares

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:14

Cristiano Ronaldo

Imagem de aqui

 

Havia futebol sem Cristiano Ronaldo? É claro que havia, mas evidentemente, pelo menos para a nossa selecção, não era a mesma coisa, e seria de certeza muito pior. Havia futebol sem Joseph Blatter o presidente da FIFA? Havia e de certeza que era muito melhor.

 

Não sou dos que entram em comparações entre Cristiano Ronaldo e Messi, ou entre o actual capitão da selecção nacional e outros capitães e jogadores portugueses do passado.

 

Já vi muitos jogadores de futebol, não tenho a menor dúvida que ele estará entre os 4 ou 5 melhores e basta olhar para os resultados dos últimos anos da Bola de Ouro do France Futebol ou para a eleição do melhor jogador do mundo da FIFA, para se perceber que ele está sempre entre os 3 melhores da actualidade.

 

É verdade que tem uma qualidade inata natural acima da média, e ao contrário de muitos outros com idênticas qualidades, veja-se Balotelli ou Quaresma por exemplo, consegue trabalhar no dia a dia de forma a conseguir tirar o máximo resultado possível dessas qualidades e com isso ter um rendimento muito acima da média e ser um líder dentro do campo.

 

Tudo isto faz dele um dos mais bem pagos do mundo e não faz esforço nenhum para o esconder, leva um estilo de vida acorde com o que ganha e evidentemente não se poupa a nada... coisa que pelos vistos é crime para muita gente... As pessoas esquecem facilmente que não é ele que ganha dinheiro a mais, é o resto do mundo que ganha a menos.

 

De resto, parece que é fácil gozar com ele, com a sua figura, ou com o que diz, basta olhar ali para a barra lateral para se ver que o segundo post mais comentado deste blog, tem-no a ele e a uma das suas tiradas como protagonistas.

 

Mas uma coisa é ser eu ou outro cidadão anónimo qualquer a expressar a minha opinião, e outra muito diferente é ser o Presidente da FIFA a expressar-se da forma em que se expressou e muito menos quando se sabe que o CR7 está uma vez mais nomeado para a eleição do melhor jogador do mundo que a instituição que o senhor dirige organiza.

 

Concordo com o presidente da Federação de Futebol e com Cristiano Ronaldo, as declarações do presidente da FIFA são uma enorme falta de respeito para o jogador, para a nossa selecção e para o Real Madrid, Blatter pode ter as suas preferências mas não as pode expressar em público e muito menos  da forma em que o fez.

 

A FIFA é cada vez mais uma instituição sem crédito, basta ver a forma como foram atribuídas as organizações dos mundiais de 2018 e de 2022, envoltas em enormes suspeitas de votos comprados e corrupção. Em 2022 o mundial será no Qatar, um país sem futebol, sem estádios e com um clima que não é compatível com a prática deste desporto.

 

Com mais ou com menos exuberância e espalhafato, Cristiano Ronaldo terá o seu nome escrito na história do futebol e perdurará por muito tempo na memória de quem o viu jogar, Blatter nunca passará de uma nota de rodapé ou se o fizer não será de certeza pelos melhores motivos.

 

Vídeo com as declarações de Blatter

 

 

Jorge Soares

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:13

Mourinho, melhor treinador do Mundo

Imagem do Público

 

Sou admirador de Mourinho desde que iniciou a sua carreira de treinador, eu gosto de futebol, não sou um adepto de ir aos estádios, nem sequer sou grande adepto de sofá, mas gosto de bom futebol, e quem gosta de bom futebol não pode ficar indiferente à qualidade das equipas treinadas por ele...  Há quem lhe chame arrogante, há quem diga que lhe falta humildade, há quem ache que é o maior e quem só tente minimizar os seus feitos, a verdade é que não há em Portugal e na Europa quem não o conheça, porque neste momento não há quem seja melhor que ele e não há quem consiga ser mais ganhador que ele, a FIFA acaba de muito justamente reconhecer isso mesmo, Mourinho é o melhor treinador do Mundo.

 

A verdade é que todos deveríamos olhar para ele como um exemplo, os seus títulos são o resultado da sua capacidade de trabalho, de muitas horas de estudo, de não deixar nada ao acaso, de pensar em tudo ao mínimo detalhe... trabalho, muito trabalho.

 

Somos um país pequeno, a maioria dos portugueses tem uma mentalidade pequena, o futebol é olhado de lado por muita gente, e assim de repente o que parece é que o país é pequeno de mais para um homem com uma capacidade muito acima da média. Ele conseguiu ter sucesso  a sério em Portugal, Na Inglaterra, em Itália e na Europa, e tudo indica que a seguir terá a Espanha a seus pés.. é um homem do mundo. Todos deveríamos olhar para ele como um exemplo da forma como se deve encarar o mundo. Nem todos teremos a sua capacidade de gerar resultados, mas ele é a prova de que o trabalho, o esforço, o acreditar nas nossas  capacidades podem ser convertidos em resultados positivos.

 

Nesta altura em que o país passa por dificuldades, em que a vida custa cada dia um pouco mais, são exemplos como o dele o que precisamos. Independentemente de gostarmos de futebol ou não, a sua crença, o seu querer fazer sempre melhor, a sua vontade de ter sempre mais sucesso, deveriam servir de inspiração a cada um de nós.

 

Jorge Soares

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:22

Mundial de 2018.. é na Russia

 

Há coisa que eu não consigo entender, e não consigo mesmo, hoje a FIFA decidiu que o Mundial de 2018 a que nos candidatávamos em conjunto com a Espanha, será organizado pela Rússia. A Julgar pelo muito que li antes e por algumas coisas que li depois desta decisão, haverá por aí muita gente a festejar... eu confesso que fiquei assim  meio para o tristonho.

 

Mas eu juro que gostava de perceber algumas coisas, uma delas é porque é que a organização de um Mundial de futebol, assim de repente o maior evento desportivo do mundo, o que é visto por mais pessoas do mundo inteiro, teria de tão negativo para Portugal.

 

Nós não somos cada vez mais um país turístico? e os países turísticos não precisam de promoção?, de serem vistos lá fora?, de mostrarem capacidade de organização? Ora, que há de melhor para a promoção de um país que um evento que é visto em todo o mundo?

 

Desde 2004 que anda tudo a queixar-se que gastamos dinheiro em estádios que não servem para nada... ora, agora que íamos dar alguma utilização a esses estádios que já construímos e resulta que é tudo contra?.. alguém me explique por favor.

 

E não me falem da crise, nós estamos em 2010, se em 2018 ainda não tivermos saído dela.. é porque não vamos sair nunca. O problema era mesmo a coisa ser junto com a Espanha?.. mas alguém acha que alguma vez vamos ter dinheiro e capacidade para organizar a coisa a solo?.. são necessários entre 15 e 18 estádios com mais de 50000 lugares... nós temos 3... novos e prontos a utilizar.. então e de onde vão sair os restantes? Tendo os estados e a maioria das infraestruturas construídas, o retorno financeiro ia ser umas 10 vezes superior aos custos.... o que é que isso tem de errado?

 

A mim espantam-me algumas coisas que li e ouvi por aí... mas é daquelas coisas, o mundo não pode estar errado e eu certo..,. vamos, expliquem-me lá... façam um desenho.. como se eu fosse .....

 

Jorge Soares

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:59

Mundial da África do sul

 

Faltam dois dias para o primeiro jogo do mundial de Futebol, ontem a noticia do dia era a lesão no ombro  do Nani, hoje a noticia do dia fala do mundo real, uma noticia que veio recordar que na África do Sul há vida para além do futebol, para o bem e para o mal.

 

Dois jornalistas portugueses e um espanhol que acompanham a selecção portuguesa de futebol no Mundial 2010 da África do Sul foram hoje assaltados por homens armados, mas estão bem.

 

Até hoje este tinha sido o mundial das vuvuzelas e do seu infernal barulho, hoje voltamos à triste realidade, a África do sul é um pais violento, morrem dezenas de pessoas diariamente, uma mulher é violada a cada 17 segundos. Até hoje a mensagem que os jornalistas tentavam passar era a de que se sentiam seguros. Não percebo muito bem qual pode ser a sensação de segurança que se pode ter num sitio em que o tempo todo se está rodeado de guardas armados, em que os hoteis estão rodeados de arame farpado electrificado.. mas era o que eles diziam, sentiam-se seguros. Parece que acordaram para a realidade, a meio da tarde mais de um questionava o facto de a Fifa ter entregue a organização do mundial  a um país com estes níveis de violência.

 

Hoje ao fim do dia os entrevistados eram os jornalistas, a questão era o que achavam sobre a ideia de um Mundial em África, os mesmos que ontem se sentiam seguros, hoje achavam que a FIFA tinha cometido um erro, África não está preparada para um mundial, não há condições nem segurança.

 

Eu vivi num país com as condições de segurança da África do sul, a verdade é que insegurança ou não a vida segue. Eventos como este são oportunidades para os países darem saltos em frente, dinheiro, infraestruturas, experiência em organizações.. tudo isto são coisas que ficam e que sem o Mundial demorariam anos, muitos anos a chegar. Nós em Portugal tivemos essa experiência com a Expo e com o Euro..será que sem a Expo haveria uma ponte Vasco da Gama? e como seria a zona oriental de Lisboa?

 

A resposta é sim, é muito positivo que o mundial se realize na África do sul, porque todos tomamos consciência de que existem outras realidades bem diferentes da nossa, sim, porque estes eventos deixam sempre coisas positivas e sim, porque em África vivem seres humanos que merecem ter a sua parte da vida.

 

E o próximo é no Brasil, um dos poucos países que pode rivalizar com a África do Sul quanto a níveis de insegurança.

 

Jorge Soares

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:19


Ó pra mim!

foto do autor



Queres falar comigo?

Mail: jfreitas.soares@gmail.com






Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D