Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Fortunas de "Bordel"

por Jorge Soares, em 17.03.15

filomenabacelar.jpg

 

Imagem do DN

 

Os esquecimentos do Passos Coelho nas contas com a segurança social e o fisco, tinham vindo fazer esquecer o Swissleaks e os muitos milhões guardados na Suíça a bom recato das finanças portuguesas e dos seus cobradores de impostos. É claro que mais cedo que tarde teria que  que aparecer  outro caso qualquer que nos fizesse esquecer as más contas do primeiro ministro.

 

A senhora ali na fotografia chama-se Filomena Bacelar e segundo o seu perfil do Facebook é Inspectora das finanças desde 1990. Descobriu-se agora que entre ela e dois familiares, conseguiram acumular no HSBC a módica quantia de dois milhões e meio de dólares... sendo que destes 1,5 milhões correspondem à Filomena e o restante aos seus dois familiares.

 

Segundo o DN, O dinheiro em nome de Filomena Bacelar e dos seus familiares está ligado a duas offshores, a Pernell Enterprises Limited e a Bordel Investments Holdings Limited.

 

Gostava de perceber quem terá escolhido para uma empresa offshore o nome de Bordel Investiments.... também gostava de saber como é que uma inspectora das finanças consegue acumular 1,6 milhões de dólares, mesmo tendo entretanto passado por algumas empresas públicas....

 

Não faço ideia de quanto ganhará uma inspectora das finanças, mas tenho algumas duvidas que seja com o seu salário que ela tenha conseguido acumular uma fortuna deste tamanho.

 

É claro que ter-se (muito) dinheiro na Suíça não significa que este não seja legal, a senhora pode por exemplo ter ganho o totoloto, ou ter uma tia rica que lhe deixou uma herança, (também pode ter mesmo um bordel.... mas aí acho que já não seria legal) desde que exista uma explicação e o Bordel tenha pago os impostos correspondentes... todo o mundo é inocente até prova em contrário.

 

Já dizia o Bocage

 

O bordel Português

 

A vida é filha da puta

A puta, é filha da vida

Nunca vi tanto filho da puta

Na puta da minha vida

 

Manuel Maria Barbosa du Bocage

 

Jorge Soares

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:36

Dúvidas

 

Afinal, e ao contrário das nossas piores previsões e até das dos funcionários do registo central, o processo de nacionalização e registo da D. demorou pouco mais de um mês. Cumpridas e aprovadas as burocracias fez-se um cartão de cidadão. Para meu espanto, com o número do cartão do cidadão veio um novo número de contribuinte e um novo número da segurança social. O número da segurança social não é grande problema, mas o novo número de contribuinte deixou-me pensativo.

 

Nas declarações do IRS dos anos anteriores ela consta como dependente com o número antigo, já temos uma série de facturas do colégio e outras coisas com o número antigo do contribuinte e daqui para a frente irão de certeza aparecer outras com o número de contribuinte novo. Já me estou a ver com uma dor de cabeça enorme quando for para preencher o iRS de 2014, tenho três filhos e 4 números de contribuinte.... 

 

Decidimos que o melhor era desde já colocar a questão aos senhores das finanças, a minha meia laranja enviou o seguinte mail para a DSCAC (Informações e Apoio ao Contribuinte)

 

"Eu e o meu marido adoptamos uma criança. Nos últimos 3 anos, fomos tutores dela e esta tinha um NIF, fazendo a criança parte do nosso agregado familiar e da nossa declaração de IRS. Na conclusão do processo de adopção e com emissão de um cartão de cidadão, foi emitido um novo nif. A criança é a mesma, mas a seu nome e o seu nif são distintos. Tal faz com que durante o ano de 2014 eu tenha parte das facturas passadas num nif e outras noutro. Como devo proceder?"

 

Apesar do mail ter ido das finanças para os registos centrais, e de a resposta ter seguido o caminho inverso, eles foram rápidos a responder... e responderam o seguinte:

 

Exmo(a) Senhor(a)
 Agradecemos o seu contacto e em resposta ao solicitado informa-se o seguinte:
Não tereá problema

 

 

Assim, sem mais nada....

 

Não tereá(SIC) problema?... essa é a resposta a "Como devo proceder?"

 

Poupadinhos estes senhores, pelos menos nas palavras poupam que se farta.... pena que não poupem assim nas despesas do estado.... e que não esclareçam nada.

 

Não faço ideia do que querem eles dizer com não tereá problemas, à primeira vista o que me parece é que de repente vou passar de três para quatro filhos.... e com isso vou aumentar em um quarto as deduções ao IRS... é que não me parece que me aceitem as facturas com um nome e um número de contribuinte diferente..... Se depois alguém me perguntar, eu respondo-lhes que não era suposto eu ter problemas....

 

Jorge Soares

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:18

O ministro da TroikaImagem de aqui

 

 


Por cá há quem lhe chame Maya, tal a quantidade de vezes em que o senhor erra as suas previsões económicas. Na televisão Irlandesa há quem chame a Vitor Gaspar o ministro das finanças da Troika, tal a forma em que ele defende com unhas e dentes a politica imposta pelos organismos internacionais. Vejam o Vídeo:

 


Mas não era suposto estes senhores terem sido eleitos para defender os interesses de Portugal e dos portugueses?
Jorge Soares

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:17


Ó pra mim!

foto do autor



Queres falar comigo?

Mail: jfreitas.soares@gmail.com






Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D