Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



E quando o racismo nos calha a nós?

por Jorge Soares, em 14.12.15

morteaosportugueses.jpg

 

Imagem da RR

 

A sede do Clube Português de Brie-Comte-Robert, a sudeste de Paris, foi vandalizada. Foram escritas na fachada do edifício frases como "morte aos portugueses"

 

Há uns dias, numa resposta a um comentário num dos posts sobre os refugiados, eu perguntava o que sentiríamos se num dos muitos países para onde vão os nossos emigrantes, alguém os tratasse como alguns portugueses querem tratar os refugiados da Síria e do médio oriente... bom, não foi preciso esperar muito, a fotografia é da semana passada e acho que não precisa de tradução ou explicação.

 

É verdade que por cá ainda não se foi tão longe, mas isso é só porque como era de esperar, os refugiados não querem vir para Portugal e dos cinco mil que eram esperados, nem uma centena cá chegou. Mas não tenho dúvidas que há por aí muita gente que os trataria da mesma forma que alguns (espera-se que poucos) franceses querem tratar os portugueses.

 

A seguir aos atentados de Paris eu ouvi num dos canais de televisão uma senhora portuguesa imigrante em França há pouco tempo, que dizia que o país nunca deveria ter permitido a entrada de imigrantes, pelos vistos ela ou não se considerava imigrante ou se achava melhor pessoa que quem chegou a França vindo do Magrebe e do médio oriente e que, tal como ela, chegaram ao país à procura de uma vida melhor.

 

Alguém devia ir tentar encontrar essa senhora e perguntar-lhe se ela gostou de ser tratada desta forma e se agora percebe o que sentem os refugiados quando lhes queremos fechar as portas da Europa.

 

Jorge Soares

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:25

Porque morreram 20 pessoas em Paris?

por Jorge Soares, em 11.01.15

jesuicharlie.jpg

 

O balanço (até agora) vai em 20 mortos em dois dias em Paris, jornalistas, policias, terroristas, gente inocente e anónima, 20 vidas que se foram, algumas quase em vivo e em directo via televisão para o mundo inteiro... e tudo isto foi por causa de uns cartoons? A sério?

 

A julgar por muito do que tenho lido (ver comentários a este post ou a este), ou  parece que há gente que acha que os culpados de tudo isto são mesmo os jornalistas que foram barbaramente assassinados no Charlie Hebdo, não fosse a sua insistência em ter opinião e em fazer dela humor e noticias, nada disto teria acontecido... sou só eu que acho estamos mesmo a bater no fundo?

 

Depois é engraçado ouvir a senhora Le Pen vir propor um referendo para se fechar as fronteiras francesas  à emigração... será que ele foi a única que não viu que os três terroristas mortos eram franceses e nasceram em França?... O que tem a ver o que aconteceu em Paris com a emigração?

 

Está mais que visto que o que aconteceu tem a ver com educação, ideias e princípios... ou a falta deles, fanatismo ...., mas quando uma senhora que pretende ser candidata a presidente francesa não é capaz de discernir algo tão evidente, o que se pode esperar do resto do mundo?

 

Porque morreram 20 pessoas em Paris? se calhar é porque a França e o resto do mundo tem um monte de cartoons a governar... não foi é de certeza por culpa dos cartoons do Charlie Hebdo.

 

Jorge Soares

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:10

Todos somos Charlie Hebdo

por Jorge Soares, em 07.01.15

charliehebdo.jpg

 

Não há nada que justifique que se matem pessoas em nome de crenças, de deuses, de religiões, nada.

 

Todos somos Charlie Hebdo

 

Jorge Soares

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:04

Discriminação.jpg

Imagem do Expresso

A semana começou com a noticia da morte de um adepto do Corunha, vitima da violência gratuita entre duas claques de futebol, de ideologias opostas mas unidas na utilização do futebol como desculpa para a violência gratuita,  que aparentemente combinaram um encontro em Madrid para se enfrentarem, não num jogo de futebol, mas sim numa luta em que valia tudo, até matar.

 

A meio da semana foi noticia a morte de Tugce Albayrak, uma jovem alemã que teve a coragem de sair em defesa de duas jovens Turcas que estavam a ser assediadas por um grupo de  energúmenos num restaurante de fast Food. Os homens saíram do restaurante e esperaram Tugce cá fora, onde a espancaram de tal forma que esta não sobreviveu.

 

Consta que os agressores já estão detidos, a noticia não diz nada sobre se as dezenas de pessoas que assistiram impávidas ao assédio às jovens turcas e à agressão a Tugce, mas se por mim fosse, estariam todas detidas também.

 

Ontem a noticia veio de Nova Iorque, nos estados Unidos, um tribunal decidiu não constituir arguidos os polícias que agrediram e sufocaram até à um jovem negro desarmado que vendia cigarros na entrada de uma loja, isto apesar de todo o incidente estar gravado num  vídeo que o mundo inteiro viu e onde qualquer pessoa normal pode ver que a morte se deveu a uso excessivo de força sem motivo.

 

Hoje, numa situação que para mim seria inacreditável num país que presumimos civilizado, ficamos a saber que em Marselha, França, as autoridades municipais vão obrigar os sem abrigos colar na roupa um triângulo amarelo como forma de identificação.

 

Para quem já não se lembra, durante a segunda guerra mundial os nazis obrigavam os judeus a utilizar uma estrela amarela como forma de identificação...  com o fim trágico que todos também abemos para quem utilizava tal marca.

 

Se reparamos bem, um triângulo é meia estrela... será que a seguir também os vão fechar em guetos?

 

Uma só semana, 4 países diferentes, em comum violência gratuita, racismo, discriminação, indiferença.... sou só eu que acho que algures a humanidade perdeu a perspectiva do que é viver em sociedade?

 

O que raio se está a passar com o mundo?

 

Jorge Soares

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:52

David Luiz marcou o golo decisivo

 

 

 

A imagem do dia é sem dúvida o fantástico golo de David Luiz, um golo só ao alcance de quem trabalha muito, não desiste e mesmo em jogos desta importância, não tem medo de assumir o risco, desde aquela distância não há muita gente com valor suficiente para tentar o remate directo e muito menos com a capacidade de colocar a bola com o efeito, a velocidade e a direcção certa para que ela entre ali, no canto,  fora do alcance de qualquer guarda redes.

 

Hoje finalmente e ao contrário do que tínhamos visto nos jogos anteriores, tivemos um Brasil sem medo de pegar e assumir o jogo, um Brasil que chegou ao jogo com a lição muito bem estudada, pegou no jogo desde o primeiro minuto e com a agressividade suficiente como para impedir que a Colômbia dispusesse de espaço para chamar ao jogo a magia de James Rodrigues.

 

Sem espaço e sem que a bola chegasse ao número 10 da Colômbia em condições de que este conseguisse pensar e distribuir o jogo, hoje os cafeteros não conseguiram mostrar o excelente futebol com que tinham encantado o mundo nos jogos anteriores.

 

Até hoje não tínhamos visto um Brasil com capacidade de ser campeão mundial, há muita gente, brasileiros incluídos, que dizem que se o mundial não fosse no Brasil, a canarinha já teria sido eliminada, a jogar da forma determinada e dominadora em que o fizeram hoje, talvez tenham ganho uma nova vida para o que resta do mundial

 

Não gostei do árbitro do jogo, não que tenham havido erros evidentes, mas achei que o espanhol teve uma atitude muito prepotente na forma como se dirigiu aos jogadores, principalmente com os jogadores da Colômbia... vai de aí e o choradinho do Scolari já teve algum efeito.

 

No outro jogo do dia, cumpriram-se os prognósticos, a Alemanha não teve a vida facilitada mas com maior ou menor dificuldade desenvencilhou-se de uma França que quanto a mim só chegou até esta fase porque nunca enfrentou adversários de valia real

 

Segue-se um Brasil Alemanha, que assim de repente e dado o pouco que tem mostrado a Argentina, soa a final antecipada.

 

Jorge Soares

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:18

Em França a justiça é cega

por Jorge Soares, em 01.07.14

Nicolas Sarkozy

 

 

Não fosse o futebol e seria de certeza a noticia do dia, em França o ex-presidente Nicolas Sarkozy foi detido e levado para a esquadra para prestar declarações como arguido num caso de tráfego de influências e violação do segredo de justiça. Antes de Sarkozy, tinham sido detidos o seu advogado e dois juízes do tribunal constitucional.

 

Tudo começou em 2007 quando foi iniciada uma investigação por suspeita de financiamento ilegal da campanha eleitoral  que levou Sarkozy à presidência da república, na altura suspeitava-se que  esta teria sido financiada pelo ditador Líbio Muamar Gadafi. No âmbito desta investigação foram feitas escutas telefónicas a Sarkozy e outras pessoas do seu entorno e foi nessas escutas que surgiram os indícios que levaram às detenções.

 

Como é diferente a justiça em França, quantas vezes ouvimos falar em Portugal de suspeitas de financiamento ilegal aos partidos? Quantas vezes já ouvimos falar de tráfico de influências e de políticos que utilizam todos os truques para fugir à justiça? Quantas vezes já ouvimos falar de violações ao segredo de justiça? ... Quantos políticos ou juízes já vimos ser julgados e condenados?

 

Tudo isto pode até dar em nada, mas alguém já imaginou um ex-presidente da república ou um juiz do constitucional portugueses a serem detidos e levados para uma esquadra a depor?

 

Jorge Soares

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:04

Guarda Redes da Argélia

 

 

Foi um grande jogo de futebol, a Argélia vendeu muito cara a derrota que só aconteceu no prolongamento, durante toda a primeira parte puseram em sentido a defesa e o meio campo alemães e com um pouco mais de calma e discernimento podiam ter resolvido o jogo.

 

A Alemanha claramente não estava à espera de uma Argélia tão atrevida e teve muita dificuldade em controlar o meio campo, a jogar com 3 defesas deixava muitas vezes espaços por onde Slimani e companhia entravam com muita facilidade, por várias vezes teve que ser o guarda redes Neur a substituir os ausentes defesas centrais e a vir cortar bolas bem para fora da sua grande área. Neur que diga-se de passagem foi mesmo um dos homens do jogo.

 

No prolongamento, já com as duas equipas em claras dificuldades físicas, sobressaiu a classe das estrelas alemãs, mas a Argélia vendeu cara a derrota e nunca deixou de acreditar e de atacar. A equipa norte-africana pela forma como se apresentou ao jogo e por tudo o que fez, merecia melhor sorte.

 

No outro jogo do dia, a França foi sem surpresa muito superior à Nigéria e venceu por dois zero naquele que terá sido até agora o jogo mais desnivelado destes oitavos de final

 

Segue-se um interessante França - Alemanha nos quartos de final, o jogo de hoje com a Argélia  foi intenso e teve prolongamento, para o fim do jogo era visível que vários jogadores teutónicos se arrastavam pelo campo, a França teve hoje e nos jogos anteriores a vida bem mais facilitada que a Alemanha, a Alemanha, apesar de me parecer melhor equipa que a França,  vai chegar ao duelo com os franceses bastante mais desgastada.

 

 

Jorge Soares

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:35

Messi resolve

 

 

Hoje a Argentina deu finalmente um ar da sua graça, num jogo que pouco ou nada iria decidir e que terminou com ambas Argentinos e Nigerianos a festejar, Messi marcou dois dos três golos com que  a Nigéria foi brindada.

 

Uma vez mais não foi um grande jogo apesar dos 5 golos. Hoje Messi não esperou pelo fim do jogo para resolver, começou logo aos três minutos a marcar, a Nigéria que não tinha Messi mas tinha Musa, empatou no minuto a seguir. Messi marcou de livre mesmo ao cair do pano da primeira parte, mas Musa voltou a marcar logo no início da segunda... Rojo desempatou logo a seguir.

 

Apesar dos 3 golos de hoje, continuo a achar que a Argentina é Messi e pouco mais.... um conjunto recheado de excelentes jogadores nem sempre forma uma excelente equipa, vale São Messi.  

 

No outro jogo do grupo, a Bosnia despachou o Irão de Carlos Queiroz, que ainda tinha uma leve esperança de classificar, com um esclarecedor 3-1, ambas as equipas foram eliminadas. 

 

Nos jogos da noite, a França e o Equador proporcionaram um excelente espectáculo de futebol num jogo que terminou 0-0 mas em que os guarda redes, principalmente o do Equador mas também o da França, tiveram várias oportunidades para brilhar. A França confirmou a qualificação, o Equador precisava de ganhar para seguir em frente, com o empate ficou eliminado, mas deixou uma excelente imagem neste mundial.

 

No outro jogo, a Suiça despachou  as Honduras com um claro 3-0 e irá enfrentar a Argentina na fase seguinte.

 

À primeira vista a França tem a vida muito mais fácil que a Argentina, a Suíça vai ser um osso duro de roer.. veremos se são capazes de parar Messi e os seus repentes.

 

Jorge Soares

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:17

Itália- Costa Rica

 

Imagem do La Nacion 

 

É nestas alturas que vemos a beleza do futebol,  o grupo D era o grupo da morte, 3 Golias ex-campeões mundiais e a Costa Rica, o pequeno David para o que estaria reservado o papel de bombo da festa.

 

Itália, Inglaterra e Uruguai são ex-campeões mundiais, o Uruguai onde joga Luís Suarez, uma das estrelas maiores da liga Inglesa, ficou em quarto lugar no último mundial, a Itália e a Inglaterra são selecções recheadas de estrelas maiores do universo futebolístico e estão sempre entre os candidatos em todas as competições em que participam. Tudo isto na teoria, porque a realidade vê-se dentro do campo e  dentro do campo quem até agora se mostrou enorme foi a Costa Rica, dois jogos, duas vitórias e a classificação para os oitavos de final garantida.

 

Com a vitória de hoje dos Ticos sobre a Itália, a Inglaterra, que desde 1958 não era eliminada na primeira fase de um mundial, deixou de ter hipóteses matemáticas de se classificar e vai regressar a casa  muito mais cedo do que estaria à espera.

 

Na última jornada deste grupo vai haver um duelo de titãs, Itália e Uruguai vão jogar entre si para decidir quem acompanha a Costa Rica nos oitavos de final.

 

No outro jogo do dia, a França presenteou a Suíça, que no primeiro jogo tinha deixado alguns apontamentos muito positivos, com uma mão cheia de golos, 5-2 foi o resultado final  num jogo de um único sentido em que marcou um golo, falhou um penaltie e marcou outro que não valeu quando o árbitro já tinha apitado para o fim do jogo. Com esta vitória os franceses ainda não garantiram a classificação para os oitavos, mas deram um passo enorme nesse sentido.

 

Ontem no último jogo do dia, a Grécia de Fernando Santos, que jogou quase 70 minutos com 10,  empatou com o Japão a zero e manteve-se à tona da água. 

 

Jorge Soares

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:55

Crónicas das férias - Os comboios franceses

por Jorge Soares, em 17.09.13

Crecy La Chapelle

Imagem de aqui 

 

Uma das condições para se escolher o Parque de campismo na Eurodisney é que seja próximo de uma estação de comboios, no programa estavam pelo menos dois dias em Paris e não me passava pela cabeça levar o carro. Tínhamos escolhido um que tem uma estação de comboio à porta, infelizmente estava cheio, ficamos noutro que estava a uns cinco minutos da estação que se vê na fotografia.

 

E fomos a Paris logo no dia a seguir à chegada. Na recepção do camping não tinham os horários, mas garantíram que havia comboios frequentes... Chegados à estação, que estava completamente encerrada, verificamos que a frequência era uma vez por hora... e tinha sido há 15 minutos... além disso não era directo, havia que mudar de comboio em Esbly.

 

A única forma de comprar bilhetes era naquela máquina azul que se vê na fotografia... lá atacamos a máquina, feitas as contas, o mais barato era comprar um pack de 10 bilhetes, quase 70 Euros... ora nós éramos 5.. era mesmo ida e volta.

 

Escolhemos a opção, meto o cartão multibanco , a máquina diz o preço, meto o código  e começam a sair os bilhetes.. 1, 2, 3, 4, 5, 6..... um recibo que é um bilhete impresso como recibo..e mais nada.

 

Pânico, então mas pagamos um balúrdio pelos 10 bilhetes e agora só saem 6? Demos 20 voltas à máquina, mas nada, nem piou... e para além de nós não havia vivalma na estação.

 

Chegou o comboio, falamos com o condutor, quando mudamos de comboio falamos com o responsável da estação, ninguém conseguia fazer nada,... finalmente em Paris na Gare del Este,  alguém nos explicou que era normal isso acontecer, quando acabava o rolo a máquina não dava mais bilhetes nem dizia nada... mas também só cobrava os bilhetes impressos.... 

 

Lá fomos passear para Paris, andamos de metro e a pé. À volta compramos os bilhetes que faltavam e apanhamos o comboio de volta para Esbly, que chegava 5 minutos antes da partida do outro que nos levaria de volta ao camping.

 

Quando faltava uma estação para o nosso destino, dizem qualquer coisa em francês e todo o mundo sai do comboio... 

 

- Mas o que é que se passa?

- Acho que temos que sair...

- Sair como?, a nossa estação não é esta

- Pois, mas acho que temos que sair.

 

E saímos, num apeadeiro qualquer e ficamos a ver como o comboio vazio se afastava na direcção da estação para onde íamos... finalmente encontramos alguém que falava inglês e que nos explicou que aquele comboio estava com um problema técnico... mas que não havia problema, dali a 25 minutos passava outro... e passou, só que o outro que íamos apanhar não esperou e uma viagem de 35 minutos de Paris a Crecy La Chapelle, demorou quase duas horas.

 

Na segunda vez decidi retirar uma das variáveis ao problema, fomos de carro para Esbly, eram uns 10 kms, as estações tem estacionamento gratuíto e lá passavam mais comboios, sempre evitávamos possiveis desencontros de horários.

 

Lá chegados fomos direitos à bilheteira, que fechou na nossa cara... a partir daquele momento, bilhetes para Paris só na máquina... ó sorte. Lá fomos para a a máquina.. que decidiu que não nos vendia bilhetes... devia ser amiga da outra.

 

Voltamos à bilheteira onde ainda estava o funcionário... mas não nos vendeu os bilhetes, mandou alguém ver a a máquina. Veio um senhor com ar de chefe de estação de outros tempos... boné incluído. Abriu a máquina, resolveu o problema...

 

- Já está, agora é só esperar 10 minutos a que reinicie.

-10 minutos?

-Oui

- Mas o comboio é daqui a 5.

 

Encolheu os ombros e foi-se embora.

 

Ficamos a olhar para a a máquina a arrancar... era um computador com windows XP, devia ter uns 15 anos.. vi uma coisa que não via há anos, o checking da memória e o windows a arrancar lentamente.

 

Entretanto chegou o comboio e nada de bilhetes, voltamos a falar com o senhor que nos mandou ir para Paris, comprávamos os bilhetes lá e ele falava com o revisor....

 

Percebem que a estas alturas eu já odeio o raio das máquinas azuis e começo a odiar os comboios franceses.

 

O problema é que em Paris e ao contrário das outras estações é necessário passar os bilhetes pelas máquinas para se conseguir sair da estação... fomos ter a um guichet onde nos deram bilhetes para sair e nos mandaram comprar bilhetes às bilheteiras do outro lado... já estava pelos cabelos...  compramos bilhetes sim, mas para o metro.

 

Curiosamente já da outra vez nos tinhamos deparado com uma estação onde ainda não havia máquinas e ao Domingo não estava ninguém para vender bilhetes...e também tinha resultado que tinhamos ido de borla a Paris.

 

Por vezes falamos do mal que funcionam as coisas por cá... mas não fiquei com grande impressão dos caminhos de ferro franceses... nem das máquinas, nem dos seus funcionários... mas pronto, não vamos ser muito exigentes.

 

Jorge Soares

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:43


Ó pra mim!

foto do autor






Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D