Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Portugal ou Guantanamo?

 

Imagem do Público

 

 

Há coisas que damos por adquiridas, coisas que eu dou por adquiridas, vivi alguns anos em Caracas ao lado de uma favela, a entrada da minha casa era no fim da rua, mesmo ao lado da entrada para o bairro, havia um cesto de basquete e normalmente havia jovens a jogar ou simplesmente por ali a conversar, pessoas do bairro e pessoas das casas, porque ali éramos todos amigos ou conhecidos.

 

Assisti muitas vezes à chegada de algum carro com policias que invariavelmente e sem qualquer motivo, mandavam tudo encostar à parede, revistavam um a um, e ai daquele que não tinha ali os documentos...  Vi vários amigos meus serem agredidos só porque perguntavam porquê.. tudo aquilo me chocava, porque não fazia sentido, e não servia para absolutamente mais nada que para criar sentimentos de aversão contra a autoridade... esse foi um dos motivos  que na hora de pesar os prós e contras, me fizeram voltar a Portugal.

 

Hoje de manhã ao ouvir a noticia na rádio,  voltei a sentir esse choque, voltei a sentir essa aversão a algo que para mim não faz o menor sentido... porque não faz. A mim não me importa o crime que aquela pessoa tenha cometido, o que eu vejo ali é um ser humano com problemas graves, um ser humano que à primeira vista me parece assustado e submisso, um ser humano que é simplesmente agredido de uma forma bárbara e completamente desajustada.

 

Eu sei que a esta hora há muitíssima gente que acha que o senhor é um criminoso e que portanto merece todo aquele tratamento, sei porque li alguns dos comentários que foram deixados nas noticias dos jornais online, há muitíssima gente que acha um exagero todo este barulho por algo assim... bom, eu não acho. Não há justificação nenhuma para a forma como estes guardas actuaram, nenhuma. Tem que haver uma diferença entre a forma como actuam os criminosos e a autoridade, tem que ser claro para a sociedade quem são os bons e quem são os maus, e desculpem lá, mas nesta cena, naquilo que se vê no Vídeo, eu tenho sérias dúvidas sobre quem deveria estar de um e outro lado das grades... mas é que tenho mesmo.

 

Acho muito estranho que esta cena tenha sido gravada, ouvi alguém justificar a gravação com o facto de gravarem sempre estas acções de modo a que não restem dúvidas... é pá... desculpem lá, mas não acredito, mas há algum guarda que aceite ser gravado numa situação destas?... agora vou-me pôr a adivinhar, mas era capaz de apostar que por exemplo, aqueles senhores tivessem um brinquedo novo e tenham aproveitado para o testar.. daí a gravação.. não será?, repito, estou a adivinhar.

Ver o Vídeo, aqui

 

Jorge Soares

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:27


Ó pra mim!

foto do autor



Queres falar comigo?

Mail: jfreitas.soares@gmail.com


Posts mais comentados





Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D