Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Afinal não são só os nórdicos....

por Jorge Soares, em 10.03.15

ministrodajustiçaholandês.jpg

 

Imagem do Público 

 

"O ministro da Justiça da Holanda, Ivo Opstelten, demitiu-se do Governo depois de se descobrir que forneceu informações erradas e mentiu no Parlamento"

 

Afinal não são só os nórdicos, há outros países com moral e decência..

 

Jorge Soares

 

PS:Sim, eu sei, eu não percebo nada de política e só vejo as coisas pelo lado da moral, não sei o que isso terá de mal.... mas ninguém é perfeito!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:09

Nem (São) Messi nem futebol que se visse!

por Jorge Soares, em 09.07.14

Romero foi o herói Argentino do dia

 

 

Depois do espectáculo de futebol e golos alemães de ontem, hoje tivemos uma semifinal chata e com pouco futebol. A Argentina tinha chegado até este jogo com a Holanda sem mostrar futebol que convencesse, jogo sim jogo também São Messi ia tirando uns coelhos da cartola e com a ajuda de um Di Maria em excelente forma, foram vencendo os jogos mas sem nunca convencer.

 

Hoje com Di Maria a ver o jogo desde o banco e com um Messi muito apagado, não houve o golo habitual e a Argentina mostrou uma vez mais que é uma equipa recheada de excelentes jogadores mas que está longe de ser uma boa equipa. 

 

A Holanda que ao longo do mundial tinha mostrado um excelente futebol e proporcionado excelentes espectáculos, hoje mostrou pouca garra e iniciativa e muito pouco futebol.

 

Tudo isto resultou num jogo sem oportunidades, com a bola a andar sempre longe da baliza, com muito jogo para os lados e pouca eficácia.

 

Chegados aos penalties com a Holanda com a substituições esgotadas, não houve possibilidade de haver troca de guarda redes e ficamos a perceber porque é que Van Hal tinha optado por aquela troca de keepers no último minuto, a verdade é que Jasper Cillessen praticamente se limitou a ver as bolas entrar na baliza, ao contrário de Romero que defendeu dois dos quatro penalties apontados pelos holandeses.

 

Não houve São Messi, houve São Romero e a Argentina está na Final, mas quanto a mim ficaram pelo caminho umas três ou quatro selecções que mereciam mais... mas lá está, o futebol é isto mesmo.

 

Jorge Soares

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:52

Keylor Navas

 

O senhor ali da fotografia chama-se Keylor Navas, e é de certeza de longe a pessoa mais famosa da Costa Rica, passou muito pelas suas mãos de ferro e que pareciam ter imanes que atraiam as bolas, a excelente carreira que levou a selecção deste pequeno país da América Central até aos oitavos de final do mundial do Brasil.

 

O percurso dos Ticos terminou ontem nos penalties contra uma selecção holandesa que na hora da verdade foi mais certeira nos remates à baliza. Navas foi enorme durante todo o jogo mas na hora decisiva não foi tão grande como o enorme guarda redes holandês que Van Gal, para espanto de meio mundo,  tirou da cartola no último minuto do jogo.

 

Ontem todos eramos Ticos, não tinha visto a minha filha tão nervosa num jogo de futebol nem quando joga Portugal, mas sendo justos, a Holanda  jogou mais e mereceu a classificação... 

 

Aproveitei aquele entusiasmo todo dela para uma pequena lição de história.. Sabiam que a Costa Rica é um dos poucos paises do mundo sem exército? 

 

Pois é, em 1948 e como forma de parar com os sucessivos golpes de estado militares, foi decidido acabar com o exército no país, foi o primeiro país do mundo a faze-lo, desde 1949 que essa decisão está inscrita na constituição. O resultado é que desde então o país vive em Democracia e é um dos 22 países com as democracias mais antigas do mundo.

 

É também um dos paises com melhor desempenho ambiental e propõe-se ser em 2021 o primeiro pais com desmepenho neutral em emissões de carbono. ... está visto que gastam bem o que poupam ao não terem forças armadas.

 

Quem disse que não se aprende nada com o futebol?

 

Jorge Soares

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:05

Roben atira-se para a piscina e Proença apita penalti

 

 

Vinha ouvir o relato do Holanda-México da Rádio Mundial da Antena 1, para quem não sabe a rádio pública transmite via onda média e internet, todos os relatos dos jogos do mundial. Na altura foi unânime para todos os locutores e comentaristas da rádio, Roben atira-se para a piscina e Pedro Proença apita penalty. 

 

Era a terceira vez que Roben procurava o contacto dentro da área e se atirava para o chão, na primeira era penaltie, não foi uma mas duas faltas na mesma jogada,  Proença não viu, na segunda Roben atira-se para a piscina, Proença não se deixou enganar, à terceira foi de vez e o golo convertido já nos descontos por Huntellar,  mandou o México de volta a casa.

 

O México tinha começado melhor o jogo, foi superior à Holanda durante toda a primeira parte e no inicio da segunda marcou mesmo, com o golo em contra a Holanda tomou conta do jogo e o México, cedo demais, abdicou do meio campo, depois disso só deu Holanda, só na segunda parte foram 10 cantos a favor dos holandeses. Num desses cantos, já a menos de cinco minutos do fim do jogo,  a Holanda marcou, depois seguiu-se a queda de Roben na área e o golo Holandês.

 

Vi depois as imagens no noticiário da SIC, quem comentou o lance na televisão tentou ser simpático com Proença e deu como acertada a decisão do árbitro, quanto a mim não é penalti e não me estranharia nada que este tenha sido o último jogo de Pedro Proença neste mundial, não há dúvida que ele é um excelente árbitro mas é humano e portanto pode enganar-se.

 

Louve-se o querer Holandês, em quatro jogos eles começaram três a perder, nunca deixaram de acreditar, deram a volta ao resultado e já estão nos quartos de final.

 

No outro jogo dia joga-se ao mais improvável dos confrontos dos oitavos, consta que a Costa Rica tinha marcado os bilhetes de avião de regresso a casa para o dia a seguir ao terceiro jogo, a Grécia é uma selecção cheia de experiência e tem alguns jogadores de classe, mas durante a primeira fase mostrou muito pouco.

 

Talvez por isso o jogo tenha tido uma primeira parte chata e muito pobre a nível futebolístico, a Costa Rica marcou no inicio da segunda e depois, muito à imagem do que a Grécia fez no Euro 2004 wm que terminou campeã da Europa, limitou-se a defender. A Grécia que jogou uma boa parte do jogo contra 10, insistiu até ao fim e marcou o golo do empate já nos descontos.

 

O prolongamento não mudou o panorama, a Grécia atacou mais, a Costa Rica defendeu  o melhor que conseguiu mas sem deixar de tentar atacar. Mesmo no fim do prolongamento a Grécia podia ter marcado, Navas salvou a Costa Rica e o jogo foi a penalties.

 

Nos penalties, só à quinta alguém falhou e a Costa Rica classificou-se para os quartos de final onde irá enfrentar a Holanda. A Grécia de Fernando Santos, que terminou expulso, volta a casa.

 

Jorge Soares

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:09

Golo de Vilha de calcanhar na despedida da Espanha

Hoje começou a terceira jornada do mundial para os grupos A e B, não havia muito a decidir restava a escolha de primeiro e segundo lugar e pouco mais... O vencedor do Grupo A, a Holanda irá enfrentar o segundo do Grupo B, o México, o mais importante do dia era saber quem iria enfrentar o Brasil, calhou a fava ao Chile que perdeu com a Holanda.

 

Havia também um Espanha-Austrália para cumprir calendário já que ambas selecções estavam eliminadas. Vinha a caminho de casa à hora do jogo e a ouvir o relato via rádio nacional de Espanha. Os locutores espanhóis pouco discutiam as opções de Del Bosque e até o que se passava em campo, só pediam que a Espanha marcasse para não ser o primeiro campeão do mundo a ser eliminado sem marcar sequer um golo... 

 

Pelo meio comentava-se o facto de a equipa ter ido do 80 ao 8, de campeão do mundo a eliminado na primeira fase, achei curioso um comentário de um dos locutores:

 

- Se há quatro anos antes do mundial alguém me tivesse pedido para assinar um papel em como aceitava ser campeão mundial em 2010 e eliminado na primeira fase em 2014, assinava de cruz... se alguém quiser que eu assine para 2018 e 2022, assino já de olhos fechados.... pois.

 

Hoje a selecção da Austrália já não era a mesma dos jogos anteriores e a Espanha lá foi marcando, até deu para um golo de Villa marcado com um toque de calcanhar, para alegria dos nuestros hermanos da rádio...

 

Para muitos dos jogadores que fizeram história foi o último jogo por uma selecção que marcou uma era e que ficará na história do futebol ao ser bicampeã da Europa e campeã mundial.

 

No outro jogo do grupo, como era mais ou menos previsível, a Holanda ganhou ao Chile pela diferença mínima.

 

No grupo A, Brasil e México venceram os seus jogos e classificaram-se para a fase seguinte. Vi o jogo do Brasil e uma vez mais não gostei, o resultado é muito melhor que a exibição, valeu  à equipa da casa um Neymar muito acima da média e uns Camarões muito brandos. A primeira parte foi muito pobre, os Camarões conseguiram empatar o jogo e em certos momentos silenciar o estádio. 

 

Na segunda parte apareceu Neymar e resolveu o jogo... mas este Brasil, tal como todas as equipas de Scolari, não termina de convencer... que não quer dizer que não seja capaz de vencer.

 

No outro jogo o México carimbou o passaporte de volta a casa à Croácia com um convincente 3-1... vou querer ver o Holanda-México, aposto que vai ser um daqueles jogos de encher o olho.

 

Jorge Soares

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:59

Espanha Eliminada do mundial

 

 

E ao sétimo dia o destino ficou traçado para duas selecções, a Austrália e surpresa das surpresas, a campeã mundial Espanha, que mostrou que o acontecido contra a Holanda não tinha sido só um acidente de percurso e sim o principio do fim do famoso Tiki Taka que nos últimos anos tantas alegrias deu aos nuestros hermanos .

 

O dia começou com uma ameaça de supresa, a Holanda, que havia humilhado a selecção campeã do mundo com uma derrota por 5-1, teve que suar muito para vencer a Austrália por 3-2. 

 

O jogo, como quase todos os do meio do dia, começou morno e só aqueceu quando a Holanda marcou aos 20 minutos em mais uma arrancada de Roben, a Austrália empatou com um grande golo de Tim Cahill aos 21 e tudo voltou a acalmar.

 

Os Australianos saíram para a segunda parte com vontade de colocar a Holanda em sentido e conseguiram mesmo virar o jogo. A Holanda que tão boa imagem tinha dado de si contra a Espanha estava em sérias dificuldades, mas com o aproximar do fim do jogo veio ao de cima a qualidade dos jogadores holandeses, um golo de Van Persie e outro de Menphis Depay sentenciaram o jogo e retiraram qualquer esperança  aos Australianos de seguir em frente no mundial.

 

No segundo jogo do dia, a Espanha campeão mundial e europeia, foi derrotada por um Chile muito mais esclarecido e activo em campo. Com Casilhas a titular e só com duas alterações ao onze que tinha sido goleado pela Holanda, a Espanha entrou em campo sem rastos da famosa fúria espanhola, com um futebol trapalhão e atrapalhado que raramente conseguia incomodar a sólida defesa Charrua.

 

O Chile que nunca tinha ganho à Espanha, mostrou-se muito mais forte a meio campo,, marcou dos seus dois golos na primeira parte e depois controlou o jogo sem deixar que a Espanha incomodasse verdadeiramente.

 

Com zero pontos em dois jogos, sete golos em contra e um a favor, a Espanha marcou hoje o regresso prematuro a casa, o jogo com a Austrália vai servir para cumprir calendário.

 

Com esta derrota chegou ao fim  a melhor geração de futebolistas espanhóis de todos os tempos, uma geração que foi campeã mundial e bicampeã europeia e que com o famoso Tiki Taka marcou uma época no futebol mundial.

 

Ontem pelos vistos era o dia dos empates, no último jogo do dia, a Rússia e a Coreia do Sul empataram a 1.

 

Jorge Soares

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:46

 

Iker Casilhas

Imagem de Marca.es

 

Não é coincidência que dois dos jornais espanhóis que espreitei tenham esta mesma fotografia no topo dos seus sites, na reedição da final do último mundial, a Espanha foi humilhada por uma Holanda enorme, 5 - 1 é um resultado que não é nada habitual num mundial e muito menos quando o derrotado é o campeão Mundial e da Europa.

 

Casillas não será o único culpado, na segunda parte toda a equipa caiu como um baralho de cartas, mas os falhos do Guarda redes são sempre mais notados e hoje Casillas falhou redondamente em pelo menos dois dos golos e teve culpas em e dos 5.

 

Hoje a Holanda foi muito superior à Espanha, com menos posse de bola mas com um futebol directo que apostou nas transições, deixou a Espanha sem velocidade e sem argumentos para se defender ante o caudal ofensivo, ou muito me engano ou entrou directo na bolsa de apostas como uma das principais candidatas ao titulo.

 

Não é a primeira vez que a Espanha perde no jogo de abertura de um mundial, mas o que está em questão não é tanto a derrota como a forma como esta aconteceu, com a Espanha a mostrar falhas enormes ao nivel defensivo e com dois centrais que para além de parecerem lentos, parece que não se conseguem entender no centro da defesa e ainda por cima não podem confiar no guarda redes.

 

É muito cedo para se fazerem apostas, mas esta Espanha cheira a fim de ciclo, dos 23 escolhidos por Del Bosque, 17 estiveram no mundial anterior na África do Sul. São jogadores que já ganharam tudo mas alguns dos que hoje foram titulares já estão na curva descendente das suas carreiras,  veremos se Del Bosque será capaz de fazer a necessária revolução e se terá entre os que não foram titulares jogadores à altura.

 

Para não variar também este jogo teve um caso de arbitragem, o golo da Espanha foi resultado de um penaltie inexistente.

 

No primeiro jogo do dia, o México que claramente jogou contra 14, para além de dois golos mal anulados ficou um penaltie por marcar, ganhou um zero aos camarões. Uma vitória mais que merecida, os Aztecas perfilam-se como candidatos ao segundo lugar no grupo do Brasil.

 

O Chile-Austrália está neste momento com 20 minutos de jogo, os chilenos vencem por 2-0 e dominam claramente uma selecção australiana que é sem duvida a mais fraca das que actuaram até agora.

 

Em suma, foi um dia marcado pela humilhação da Espanha, pelos frangos do Iker Casilhas e pelos erros arbitrais.

 

Jorge Soares

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:35

Bruno Alves festaja golo com Cristiano Ronaldo

Imagem do Público

 

Há uma semana eu disse aqui que: Perdemos com a Alemanha, mas mostramos que temos equipa para ganhar, acho que hoje isso deve ter ficado claro para o resto do mundo.

 

A Holanda não é uma selecção qualquer, apesar de neste Euro de 2012 eles não o terem demonstrado por aí além, eles são só os vice campeões do mundo e eram à partida, até pelo que fizeram na classificação,  apontados como uma das equipas candidatas á vitória final... bom, se hoje tivessem regressado a casa com 3 ou 4 golos em contra acho que ninguém tinha ficado escandalizado, tivemos jogo e oportunidades para isso.

 

Hoje não só tivemos o bom jogo e a segurança dos outros jogos, como tivemos um dos melhores jogadores do mundo a quem as coisas correram finalmente de forma mais normal. Hoje Ronaldo fez finalmente jus à fama e ao proveito que tem, e para além de marcar dois golos, teve duas bolas nos postes da baliza da Holanda e algumas excelentes jogadas. E se é verdade que uma equipa são onze e ninguém joga sozinho, ter um super Ronaldo em campo ajuda mesmo muito.

 

Segue-se a república Checa com quem temos umas contas a acertar desde o Euro de 1996, República Checa que começou este campeonato com uma derrota por 4-1 com a Rússia que também já voltou para casa. Como achava que tínhamos equipa para a Dinamarca e para a Holanda, acho que somos muito melhores que a República Checa.

 

A partir de agora as coisas resolvem-se em 90 minutos, somos melhores que os Checos, esperemos que a sorte nos acompanhe e que Ronaldo, Nani e companhia continuem com a pontaria afinada.... que não resolve os jogos, mas ajuda.

 

Para quem acha que tudo isto é só circo para esquecer a falta de pão, é pá, deixem lá  a malta ter uns momentos de felicidade, já basta a desgraça do resto do ano... tenham lá paciência que isto acaba lá para o fim do Mês.

 

Jorge Soares

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:19

Manuais escolares caros

Imagem do Expresso

 

Há coisas que não terminam de me fazer confusão, lembro-me de há uns anos atrás o anterior governo ter feito um despacho que obrigava os manuais escolares a serem utilizados pelo menos em 3 anos consecutivos... imagino que terá sido mais uma daquelas leis que são feitas na hora porque ficam bem na fotografia, mas que não são para levar a sério... mais uma de tantas outras.

 

Cá em casa há duas crianças com meses de diferença de idades, durante muito tempo andaram na mesma escola com um ano de diferença, agora são dois anos, certo é que não me lembro de alguma vez algum dos manuais escolares ter servido de um para o outro. Mesmo na mesma escola, todos os anos os livros e manuais são diferentes do ano anterior e não há forma nenhuma de se evitar ter de comprar novos e de se gastar centenas de Euros.

 

Eu e o meu irmão levamo-nos 4 anos de diferença, mesmo assim, lembro-me perfeitamente de que a maioria dos meus livros do secundário na Venezuela deram para mim e para ele.. .porque apesarv dos 4 anos de diferença, eram os mesmos.

 

Estes dias alguém me fez chegar o link para uma noticia que alguém relata em primeira mão como são as coisas na Holanda, chamou-me a atenção o seguinte:

 

"Em primeiro lugar, os livros são gratuitos. São entregues a cada aluno no início do ano lectivo, com um autocolante que atesta o estado do livro. Pode ser novo ou já ter sido anteriormente usado por outros alunos. No final do ano, os livros são devolvidos à escola e de novo avaliados quanto ao seu estado. Se por qualquer razão foram entregues em bom estado e devolvidos já muito mal tratados, o aluno poderá ter de pagá-los, no todo ou em parte.

 

Obviamente que as lojas estão, a partir de Julho/Agosto, inundadas de artigos apelativos mas nas escolas a política é a de poupar e aproveitar ao máximo." 

 

Ora, por cá faz-se precisamente o contrário, todos os anos as escolas escolhem manuais escolares diferentes, todos os professores fornecem listas intermináveis de materiais que para além de serem diferentes para cada disciplina, numa pedem uma régua de 30 cms e noutra uma de 40, em muitos casos nem chegam a ser utilizados. Será que era assim tão difícil que no início do ano os professores se juntassem e fizessem uma lista razoável de materiais que pudesse servir para todas as disciplinas e permitisse poupar dinheiro aos pais?

 

O Caso dos livros e manuais escolares é gritante, se pegarmos num manual de há dois anos da R. e o compararmos com o actual do N., que até são de editoras diferentes, o que verificamos é que o conteúdo e até muitas das imagens são os mesmos, mas é claro que o professor exige o novo e aí do aluno que não o comprar.. porquê? e o que foi feito da lei que exigia a manutenção dos manuais em anos consecutivos?

 

Como diz o artigo, em Portugal cada início de um ano escolar é uma dor de cabeça para os pais que sabem que uma boa parte do seu salário terá que ser guardado para livros e material escolar, mas será que tem mesmo que ser assim?, não digo que se passe para um sistema como o Holandês, eu já ficava contente com o da Venezuela, será que com o país em crise não haverá forma de obrigar escolas e editoras de livros a cumprir a lei? Senhor ministro da educação, em nome da poupança, em nome da austeridade, não haverá forma de enfrentar os lobys e toda a gente que ganha muito dinheiro com a educação dos nossos filhos?

 

Jorge Soares

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:13


Ó pra mim!

foto do autor



Queres falar comigo?

Mail: jfreitas.soares@gmail.com






Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D