Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



A luta desceu ao nível do humor parvo

por Jorge Soares, em 22.03.11

 

A luta não passa de humor barato

 

A noticia é do Público e diz que os Homens da Luta ridicularizam o Miguel Sousa Tavares, já disse aqui que não vou à bola com o trabalho destes senhores, não sei se é da minha falta de sentido de humor ou da falta de humor deles, o defeito será meu, o mundo não pode estar errado e eu certo.

 

O que penso sobre o vídeo está plasmado em parte num comentário que alguém deixou na página do Público e que entre outras coisas diz o seguinte:

 

"1) A dupla Jel-Vasco tinha piada, mesmo muita piada. Foram uma autêntica lufada de ar fresco no humor em Portugal, com o seu característico humor negro, sem contemplações. Desde que venceram o festival da canção (o que já era de resto provável, já no ano passado tinham tentado concorrer), entraram numa espiral de soberba e arrogância que chega a dar pena. Perderam a piada toda porque passaram a levar-se a sério. E tornaram-se numa caricatura, semelhante àquelas que representam;

 

2) Tanta conversa de democracia e de liberdade e depois não são capazes de aceitar e respeitar uma opinião diferente das suas. Afinal que tipo de liberdade de expressão é que defendem?

 

3) Miguel Sousa Tavares tem toda a razão quando defende que os homens da luta têm um discurso demagógico. Eu digo mais, o discurso é completamente vazio. Basta ver as exibições ridículas que o Jel tem andado a fazer nos telejornais. É impressionante a capacidade do homem em falar imenso e não dizer nada;

 

Nem sempre concordo com o que diz o Miguel Sousa Tavares, mas há algo que gosto nele, é frontal, diz o que pensa... isso leva a que muitas vezes diga coisas que não deve?, leva,.. mas ele também já mostrou que consegue reconhecer que errou e se for necessário faz o mea culpa.

 

Há muita gente que vê nos Homens da Luta contestação e reivindicação, eu não vejo nada disso, só vejo aproveitamento da situação, manifestação de 13 de Março incluída,  para fazer render o peixe deles, ou seja vender o seu suposto humor .... humor que ainda por cima não tem piada nenhuma.

 

 

 

 

 

Jorge Soares

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:26

Fórum de gerações

 

Imagem do Público

 

Hoje falta-me o tema e a inspiração... há dias assim, há pouco estava a dar a volta pela vizinhança e deparei-me com este post da Marta, concordo com ela em quase tudo, excepto na importância que se dá às músicas e em especial ao JEL. A mim quer-me parecer que mais que fazer andar o que quer que seja, ele soube aproveitar muito bem o andamento da carruagem.

 

Ouvindo tudo o que ele diz no vídeo fico a pensar que já ouvi tudo aquilo, mas isso sou eu, que costumo dar atenção ao que se diz nos discursos da festa do avante, ou ao que dizem os deputados do bloco de esquerda no parlamento. Não, ele não diz nada de novo, ele não inventou nada, nem anda a ler livros que outros não tenham lido antes... mas é muito triste que num país como o nosso, tenha que aparecer um palhaço para que as palavras façam sentido.. com todo o respeito pelo profissional da comunicação que é o JEL.

 

 

 

 

 

Jorge Soares

 

PS: Acabo de ver uma nova petição do Facebook que pede 1 Milhao no facebook para DEMISSÃO DO GOVERNO... se calhar era melhor darem uma palavrinha ao Passos Coelho antes, não vá a ser que ele não esteja interessado em ficar com o menino e o tenham que dar para adopção...sabe-se lá de quem.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:52

A luta é uma alegria .. ou uma tristeza!

por Jorge Soares, em 08.03.11

A luta é uma legria

 

A última vez que vi o festival RTP da canção foi, pasme-se, em 1979, o ano de Manuela Bravo e de Sobe Sobe Balão Sobe, sobre o que se passou nos últimos 32 anos não sei muito. É claro que sei o suficiente para reconhecer que tirando o caso honroso da Sara Tavares, todas as nossas participações no Eurofestival estiveram bastante abaixo de sofrível, sendo que nos últimos anos casos houve, em que nem da pré-eliminatória conseguimos passar.

 

Também não vi este , cheguei perto do televisor no momento exacto em que se iniciavam as votações, na altura os comentários da minha filha, os dois anos de conservatório dão-lhe algum crédito, eram que o nível teria sido na generalidade abaixo de mau. 

 

Como não ouvi as restantes músicas não vou afirmar aqui se acho ou não justa a vitória do Jel e do seu irmão, não acho evidentemente que aquilo seja uma música para um festival internacional, mas também não achei que a do ano passado o fosse, ou a maioria das anteriores que ouvi.

 

A mim sempre me fez confusão porque é que um país que tem ou teve bandas e músicos como: GNR, Xutos e Pontapés, Trovante, Mão Morta, Silence Four, Oioai, Orquestrada, Rita Red Shoes, Rui Veloso, etc, etc, etc, tem festivais da RTP onde em 99% dos casos só aparecem coisas abaixo de sofrível.

 

Porque é que há tanta gente indignada com a música da luta?, por acaso ouviram o que nos representou o ano passado?..e acham melhor?..e a de há dois anos? não os deixou indignados?.. a mim deixou.. muito indignado mesmo.

 

Para ser sincero, não gosto do estilo de humor dos senhores, não lhes consigo ver graça e tenho até algumas dificuldades em entender qual o objectivo, mas quanto a mim eles ganharam justamente, não só com os votos do povo, mas também com votos do Júri da RTP, logo, tem toda a legitimidade para nos representar.  Assim seriam de más as restantes músicas para que em Bragança e noutro distrito, profissionais da música tenham dado o primeiro lugar ao Jel. 

 

Para quem está preocupado com a figura que vamos fazer na Alemanha, descansem, de certeza que não será pior que as anteriores, aposto que os restantes paises não vão dar por nada..e não seria nada estranho que eles conseguissem melhor que o 18º lugar do ano passado.

 

Então e que tal acabarem de vez com esta sombra de Festival da RTP?, não?

 

Já agora, dêem uma olhadela a este artigo do Ionline onde se fala do Gel 

 

 

 

Jorge Soares

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:37


Ó pra mim!

foto do autor



Queres falar comigo?

Mail: jfreitas.soares@gmail.com






Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D