Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Choco frito

Imagem de aqui

 

Já aqui falei das maravilhas naturais, foi neste post.. e neste, em ambos se falava da Arrábida e do que não mudou com uma eleição que para pouco mais terá servido que para gastar uns milhões de Euros.

 

Não sei se sou só eu, mas para mim esta coisa das sete maravilhas já virou praga e então quando chegamos à gastronomia, raia a estupidez. Num país que só de bacalhau tem mais de 365 receitas, a maioria delas verdadeiras delicias gastronómicas, como é possível eleger sete maravilhas?, como é que alguém acha que se vai chegar a um consenso?

 

Se há algo que é maravilhoso neste país é a comida, do Minho ao Algarve, do mar à serra, dos restaurantes mais caros das grandes cidades às mais humildes tascas de qualquer aldeia, os pratos típicos estão sempre presentes. Eu conheço restaurantes onde seria difícil escolher os sete melhores pratos... todos eles dignos de serem eleitos maravilhas gastronómicas... ora, tenham juízo.

 

Só esta semana li a Suspeita a reclamar sobre a Açorda escolhida a concurso.. eu cá prefiro a de camarão, no Expresso a Câmara do Fundão reclama e ameaça processar os responsáveis do concurso isto a propósitode uma Perdiz de Escabeche, li algures que pela Bairrada andam de candeias às avessas porque o Leitão é de muitas terras e propriedade de nenhuma.

 

Resumindo, o raio do concurso não tem ponta por onde se lhe pegue, 90% do país vai ficar chateado porque faltam lá pratos importantes, a promoção dos sete candidatos já está a custar bem caro às Câmaras Municipais que se digladiam e pagam muito dinheiro para que seja a sua terra a escolhida para aparecer no programa diário da RTP.

 

No fim vamos ter mais um espectáculo do estilo daquele das maravilhas naturais que quem sabe quanto irá custar e quem irá pagar, tudo para saber que a maior maravilha é um prato qualquer de que nem gostamos e que aquele prato que adoramos nem foi a concurso.

 

Alguém lá viu o choco frito? as bem alentejanas migas com entrecosto? as pataniscas com arroz de feijão e coentros?, a vitela assada de lafões?, o bacalhau com broa? e aqueles rojões de porco que a minha mãe faz num tacho de latão e que cozem a fogo lento durante horas na lareira lá de casa? e aquelas amêijoas à bulhão pato que comi naquela tasca portuguesa de Macau? e as espetadas em pau de Louro? e o polvo à lagareiro? e o peixe espada preto com maracujá que comi na Calheta? e.... aposto que cada um tem uma lista maior que esta.

 

Jorge Soares

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:26

As 7 maravilhas naturais de Portugal

por Jorge Soares, em 07.03.10

Serra da Arrábida e o portinho

 

Imagem minha do Momentos e olhares

 

Eu estava indeciso entre voltar a falar do Bullying, até porque o comentário da Marta ao Post de sexta merece que lá volte e eu vou voltar, ou da adopção em Cabo Verde, que não tem nada  a ver com o que estamos habituados por cá e bem merece que se fale do assunto, entretanto decidi dar uma olhadela pelo Público online e encontrei o seguinte:

 

Revelados os 21 finalistas do concurso Sete Maravilhas Naturais de Portugal

 

Sou só eu que já estou farto desta história das sete maravilhas? Quando alguém diz as 7 maravilhas, já sejam elas do mundo antigo ou moderno, parece que limita o termo maravilha para estas sete coisas, fazendo com que tudo o resto seja desvalorizado e passe para uma segunda divisão, uma classe inferior com menos valor.  Ora se para as sete maravilhas do passado isto já poderia ser questionável, quando falamos de maravilhas actuais é completamente questionável, porque maravilhas da ciência e da tecnologia há aos milhares pelo mundo inteiro e qualquer eleição que escolha só sete pecará de certeza absoluta por deixar de fora sete mil.

 

Se tudo isto é válido para maravilhas construídas pelo homem, quando falamos de maravilhas naturais a situação piora de modo exponencial. O nosso país é todo ele uma maravilha natural de norte a sul, como é que alguém pode classificar mais ou menos maravilhosa uma parte da natureza fantástica que temos?

 

Olhando para a lista dos finalistas que copio abaixo, logo no primeiro item, florestas e matas,  e apesar de considerar realmente maravilhosas as 3 candidatas, já estive nas 3, eu pergunto, e então a Mata do Gerês? então e a serra da Freita?, e nas zonas Marinhas ou não Marinhas a Ria de Aveiro? e então e as Dunas de São Jacinto? e então as praias fantásticas e a perder de vista de Tróia?, e então e a Baia de Setúbal?, membro com direito de uma outra coisa que se chama as mais belas baías do mundo. E então alguém pode aceitar uma lista em que não esteja o vale do Douro?,e  o Douro internacional?..e de certeza que cada um de vós se irá lembrar de  mais sítios maravilhosos...

 

Maravilhas naturais é o que há mais no nosso país e quanto a mim, estão todas ao mesmo nível e qualquer tentativa de colocar rótulos vai sempre pecar por injustiça, porque vai desvalorizar tudo o resto.

 

 

Lista dos 21 finalistas:

 

“Florestas e Matas”:

Floresta Laurissilva

Mata Nacional do Buçaco

Paisagem Cultural de Sintra – Património da Humanidade

 

“Grandes Relevos”:

Paisagem vulcânica da ilha do Pico

Parque Natural da Arrábida

Vale Glaciar do Zêzere

 

”Grutas e cavernas”:

Algar do Carvão

Furna do Enxofre

Grutas de Mira de Aire

 

”Praias e Falésias”:

Pontal da Carrapateira

Portinho da Arrábida

Praia do Porto Santo

 

”Zonas Marinhas”:

Arquipélago das Berlengas

Ponta de Sagres

Ria Formosa

 

”Zonas Não Marinhas”:

Lagoa das Sete Cidades

Portas de Ródão

Vale do Douro

 

”Zonas Protegidas”:

Parque Nacional da Peneda-Gerês

Parque Natural do Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina

Reserva Natural da Lagoa do Fogo

 

Eu não penso votar, até porque não conseguiria escolher, mas para quem quiser, o site é aqui

 

Agora vou ali responder a uns comentários, que tenho umas dezenas em atraso.

Jorge Soares

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:53


Ó pra mim!

foto do autor



Queres falar comigo?

Mail: jfreitas.soares@gmail.com






Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D