Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



O Gonçalo , os dadores de medula e os boatos

por Jorge Soares, em 17.01.13

O Gonçalo

 

 

Deve haver pouca gente que nos últimos dois dias não tenha visto esta fotografia, já seja no Facebook, em algum blog ou no Twiter, supostamente é o Gonçalo, um jovem que está à espera  de um dador de medula óssea, segundo o texto que acompanhava a imagem teria sido encontrado um dador que à última hora teria recusado a dávida.

 

Não percebo o que levará alguém a inventar uma história assima, mas também não percebo como é que milhares de pessoas reenviam coisas como esta uma e outra vez sem tentar sequer perceber se o que está escrito é verdade ou não...

 

Hoje no Correio da Manhã, aqui, podíamos ler o seguinte:

 

"Gonçalo Franco, de 15 anos, tem dois potenciais dadores de medula óssea em estudo, revelou Manuel Abecassis, diretor do Serviço de Transplantação do IPO de Lisboa.

 

"Um é português e o outro americano. Os resultados serão conhecidos em breve", afirmou o responsável, negando que um dador tenha desistido à última da hora de ajudar Gonçalo.

 

A informação foi avançada nas redes sociais, inclusive pela própria mãe. Ao CM, Ana Cláudia garante que a informação era falsa. "Não foi de nós que a a mãe recebeu a informação. Não é verdade", afirmou ao CM Manuel Abecassis, dando conta que ,"em cinco anos, só por duas vezes um potencial dador desistiu de ser estudado" para aferir a percentagem de compatibilidade."


Podia dar muitos exemplos de coisas parecidas que andam a circular há anos, desde crianças desaparecidas há tanto tempo que neste momento já devem ser adultos e nada tem a ver com as fotografias que acompanham os textos, a supostos radares da Brisa na Via Verde, há um pouco de tudo,.. na maior parte dos casos basta ir ao google e escrever uma ou duas palavras para se perceber que tudo não passa de uma invenção de alguém... mas não, 99,5% das pessoas limita-se a reencaminhar.

 

Para terem uma ideia de como isto pode ser um problema, calcula-se que neste momento quase 90% do mail que circula é lixo ou Spam,  imaginam o que se poderia poupar em recursos de rede se tudo isto não andasse por aí a circular?

 

A próxima vez que lhe chegar uma coisa destas, antes de reenviar para todos os seus conhecidos, pare uns segundos a pensar, será que o que está a ver é real? e mesmo sendo real, tem algum interesse para as pessoas a quem o vai enviar? vai ver que na grande maioria dos casos a resposta a uma ou a ambas as perguntas é não... então para que enviar? poupe-se a si e aos seus amigos e conhecidos... o boato é uma coisa muito feia.

 

Jorge Soares

publicado às 22:31

As muitas formas de conjugar o verbo ajudar

por Jorge Soares, em 25.06.12

A diferença entre ser pobre e ser rico 

Página de Vamos ajudar o Francisco 

 

Curiosamente desde que esta imagem começou a circular o número de fãs já vai nos 20000, não sei como é que isso se irá materializar em ajudas reais, mas não deixa de ser um exemplo do poder de uma imagem.

 

Não vejo esta imagem como uma crítica e sim como uma chamada de atenção à forma como a nossa sociedade funciona, mas não seria a primeira vez que via uma critica à forma como a sociedade respondeu aos pedidos de ajuda para o pequeno Gustavo. Há quem diga que toda aquela gente só se inscreveu como dador de medula porque se tratava do filho de um jogador de futebol, até pode ser verdade, mas isso não tem porque ser mau.

 

A primeira grande campanha de dávidas de medula que se organizou no país nasceu deste Post e de um apelo que eu fiz à Jonas aqui para que falasse no assunto. Ela fez muito mais que isso, colocou o post em destaque, criou um blog para a pequena Marta e organizou recolhas de medula que segundo ela contava há poucos dias num post, já serviram para salvar pelo menos duas vidas.

 

Ao contrário do que se possa pensar não é necessário ser-se rico ou jogador de futebol para se conseguir mover o mundo, basta que existam pessoas como a Jonas  com garra e força de vontade suficientes.

 

Nunca saberemos quantas vidas se irão no futuro salvar graças à campanha que se formou em volta do pequeno Gustavo, mas serão de certeza muitas.

 

Há muitas formas de conjugar o verbo ajudar, há pouco passei na página do Facebook e alguém estava a oferecer a cadeira para o Francisco, mas de certeza que ele necessitará de muitas outras coisas... passem lá e se puderem ajudem, mesmo que não carreguem no Gosto

 

Página de Vamos ajudar o Francisco 

 

Jorge Soares

publicado às 21:18

Ajudem a Nidia, seja dador de Medula Ossea

por Jorge Soares, em 06.09.09

Dadores de medula Ossea

 

A Escondida (obrigado pelas tuas simpáticas palavras) deixou-me um apelo que me levou até este post do Eu, tu e os meus sapatos, a verdade é que ajudar não custa ....

 

Este é o post:

 

Se a Nídia ultrapassar a quimioterapia, se o organismo dela reagir e entrar em remissão, se encontrarmos dador, se ela resistir ao transplante, se...


Neste momento sentimos-nos verdadeiramente impotentes e inúteis. A única coisa que podemos fazer é pedir ao maior n.º de pessoas possível que se inscrevam como dadores de medula, aumentando dessa forma a possibilidade de se encontrar um dador compatível para a Nídia (ou para tantas outras Nídias por aí...).


Custa alguma coisa para o dador? Nada! Só os 10 minutos que se perde na inscrição, em que são recolhidas amostras de sangue como para as análises sanguíneas banais. 


Em todo o processo o risco para o dador é inexistente.


Encontrando-se um dador compatível, o processo de transplante é simplíssimo. Durante 2/3 dias o dador recebe injecções de Factor de Crescimento, um químico que irá provocar o aumento de células-mãe (as células que se encontram na medula e dão origem às várias células sanguíneas). 


No dia do transplante, é retirado sangue ao dador como para uma doação de sangue e numa máquina exterior separam-se essas células-mãe em abundância do restante sangue. Dói? O mesmo que uma picada para fazer análises... Que irá salvar a vida de alguém. 


Como podem fazer: 


Inscrição como dador: http://www.chsul.pt


COLHEITAS LISBOA:


Centro de Histocompatibilidade do Sul


Hospital Pulido Valente, Alameda das Linhas de Torres, 

1171769-001 LISBOA 


Telf:: 21 750 41 00


HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO

Segunda a Quinta-feira das 8 às 16 horas

Sexta-feira das 8 às 15 horas


COLHEITAS COIMBRA:


Centro de Histocompatibilidade do Centro


Praceta Prof. Mota PintoEdifício S. Jerónimo - 4º piso 

Apartado 9041 3001-301 COIMBRA


Tlf: 239 480 700


COLHEITAS PORTO:


Rua Dr. Roberto Frias Pav. Maria Fernanda 

4200-467 Porto 


Tlf: 225 573 470 


Horário: Aberto das 9 às 17 de 2ª a 6ª feira. 


Postos Móveis PORTO:


07-09-2009 - Pingo Doce, Valadares (manhã)

10-09-2009 - Axa Seguros, Porto (todo o dia)

12-09-2009 - Junta de Freguesia de Joane, Famalicão (manhã)

12-09-2009 - Hospital Agostinho Ribeiro, Felgueiras (todo o dia)

14-09-2009 - Pingo Doce, Canidelo (manhã)

15-09-2009 - Yves Rocher Portugal, Maia (manhã)

15-09-2009 - Pingo Doce, Armazéns (manhã)

16-09-2009 - Pingo Doce, S. Pedro da Cova (manhã)

17-09-2009 - Empresas Salgado & Neto, SN2 Confecções, Lda, Lousada (todo o dia)

18-09-2009 - Pingo Doce, S. João da Madeira (manhã)

19-09-2009 - Farmácia Cruz Maia, Gondomar (manhã)

24-09-2009 - Cabelte, Arcozelo (todo o dia)

 

Jorge Soares

publicado às 11:47


Ó pra mim!

foto do autor



Queres falar comigo?

Mail: jfreitas.soares@gmail.com






Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D