Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Pai solteiro

 

Imagem de aqui

 

A conversa começou a propósito do Cristiano Ronaldo e do seu "aparecido" filho, a minha amiga acreditou na historia da barriga de aluguer e achava incrível que alguma mulher se submetesse a tal coisa.... estávamos no messenger a a coisa estendeu-se, a páginas tantas estava assim:

 

M. diz: pensei que se fazia por capricho..estilo..quero ter uma criança

Jorge diz: não,  é claro que há homens solteiros que o fazem

M. diz:como se fosse a mesma coisa que querer um carro ou uma casa

Jorge diz: mas é porque acham que não vão ter com quem ter filhos

M. diz: são doidos..se não sabem relacionar-se com uma mulher, achas que vão saber fazê-lo com um filho?

Jorge diz: hahahahahahaha.. e achas que a vida é assim tão fácil?

M. diz: não é para ninguém, mas o melhor da vida são os desafios esses são comodistas...mas esquecem-se que os filhos crescem e também terão problemas com eles o melhor treino é viver com alguém

Jorge diz: mas nem sempre se consegue esse alguém e por vezes as pessoas escolhem viver sozinhos

M. diz: Se querem viver sozinhas também acho estranho quererem um filho, agora..se não encontraram ninguém, aí já é diferente

Jorge diz: são coisas diferentes

M. diz: conheço muita gente que optou por viver sozinha e nunca lhes passaria pela Cabeça terem um filho, são do género de não quererem chatices

Jorge diz: Pois eu conheço muita gente que vive sozinha e quis ter filhos e são excelentes pais

M. diz: pois...eu nunca conheci caso desses mas acredito que os haja, acho até que já li num comentário um homem sozinho com filhos..estou enganada?

Jorge diz: claro que há, eu conheço dois que adoptaram, um já adoptou dois, conheço mais que querem adoptar e  estão à espera

 

Curiosamente no dia a seguir saiu um enorme artigo no DN em que se falava dos 43000 homens que são pais solteiros em Portugal, podem ler aqui uma parte.

 

Conheço a M. há relativamente pouco tempo, mas do pouco que vou conhecendo, não a tenho por preconceituosa, bem pelo contrário, é uma pessoa de mente aberta. Só posso concluir que esta visão pessimista sobre os pais sozinhos tenha a ver com os preconceitos que a sociedade ainda tem sobre este assunto.

 

Curiosamente os dois únicos pais solteiros que conheço são ambos por adopção, são-no portanto por verdadeira opção, eles escolheram ser pais e criar os seus filhos sozinhos. Sendo que no caso do que tem dois filhos, foi em processos separados, não só decidiu que queria ser pai solteiro, como depois de já ter o primeiro há uns anos, decidiu que queria ter outro....e acho que é um dos melhores pais de família que alguma vez conheci.

 

Os dois tem filhos rapazes, nunca me vou esquecer de um mail delicioso em que o Luís explicava o motivo pelo que tinha limitado a sua candidatura à adopção de um menino, ele tinha pensado em tudo...  "Como é que um pai vai com a sua filha à casa de banho numa estação de serviço?" ... Ouvi dizer que o Luis também vai adoptar o segundo, vamos ver se ele consegue vencer os preconceitos de muita gente na segurança social... porque tenho a certeza que mais uma criança será muito feliz.

 

No nosso país a adopção singular é olhada de lado, ainda há pouco tempo uma candidata do Norte do País nos contava que a equipa de adopção lhe tinha dito que o facto de ser solteira a atirava directamente para o fundo da lista. Agora imaginem como serão tratados os candidatos homens.

 

Este facto faz com que os candidatos singulares terminem por adoptar as crianças que sobram, crianças com problemas de saúde, crianças mais velhas, crianças de outras etnias. As próprias equipas de adopção, utilizam o facto de estes serem os candidatos  que para elas estão no fim da lista, para lhes propor os casos mais complicados, não será isto um contra-senso?  Porque propor os casos mais difíceis precisamente aos candidatos que pela sua condição de solteiros, terão menor apoio?, não deveria ser ao contrário?

 

O sentimento de querer ser pai ou mãe é muito difícil de explicar, até porque varia de pessoa para pessoa, mas quem já passou por ele sabe que é real..e não amiga M., não é por capricho...

 

Gostei especialmente desta parte do artigo no jornal:

 

Mas será que existem diferenças na forma de educar dos homens e das mulheres? Sim. "Os pais tendem a ser mais descontraídos do que as mães", aponta Catarina Mexia. A especialista elogia também o "equilíbrio bastante bom" na forma de educar dos pais. "Sabem impor regras, e na hora de brincar são mais companheiros do que a mãe", ....

 

Quanto ao Cristiano Ronaldo e ao seu "filho"... quem sabe e um destes dias é assunto aqui neste mesmo canal 

 

Jorge Soares

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:24

Ainda o dia internacional da mulher

por Jorge Soares, em 09.03.10

 

A fazer pela vida

 

Imagem minha do Momentos e Olhares

 

 

Ontem e a propósito do dia da mulher, a conversa no messenger com uma amiga da blogosfera, foi mais ou menos assim:

 

Jorge says:

há mesmo quem festeje não é?

Amiga says:

 aqui os restaurantes estão à pinha

Jorge says:

 não consigo perceber

Amiga says:

 nem eu..grrrrrrr

 acho uma palhaçada

Jorge says:

 é mesmo

 porque amanhã volta tudo ao normal

 e ninguém mais se lembra

Amiga says:

 é um dia em que as mulheres aproveitam para se soltarem

 aquelas que vivem presas

 e quando mete sTripers masculinos,,,ui ui

Jorge says:

 lol

 mas isso não há o tempo todo?

Amiga says:

 mas hoje para aquelas que raramente saiem é uma maravilha

 em situações normais nunca iriam

Jorge says:

 estranho este mundo, em que as pessoas precisam de ter dias para se soltarem

 hummm..belo tem para um post

 

Já disse aqui que sou contra os dias, contra este e contra a maioria, porque na maioria dos casos as pessoas além de que não fazem ideia do que está na sua origem, terminam por desvirtuar o seu significado e estes convertem-se em mais um dia de incentivo ao consumo.

 

O dia da mulher foi instituído porque durante muito tempo o papel da mulher na sociedade era menosprezado pelo homem, durante séculos a mulher estava condenada a ter um papel secundário que a remetia para a cozinha e os fundos da casa. Durante a revolução industrial a mulher foi incorporada na mão de obra activa nas grandes fábricas, mas quase sempre em condições insalubres com jornadas de trabalho intermináveis e salários de miséria.

 

Estas condições levaram a que no inicio do século XX nos Estados Unidos surgisse um movimento de protesto que levou a que o primeiro dia da Mulher fosse festejado a 28 de Fevereiro de 1908. Em 1910 celebrou-se a primeira conferência internacional da mulher e foi determinada a existência do dia internacional da mulher. Mas é só em 1975 que o dia é oficializado pela ONU e passa  a ser festejado a 8 de Março.

 

Eu entendo que as  mulheres queiram ter o seu dia, sou totalmente contra qualquer tipo de discriminação e tenho consciência de que ainda há muito por fazer até que seja atingida uma verdadeira  igualdade. Agora pergunto, durante o dia de ontem aconteceu alguma iniciativa que contribua para a diminuição destas desigualdades? O dia contribuiu em algo para melhorar as mentalidades?, Alguém fez algo para lutar contra um dos piores flagelos da nossa sociedade actual que tira a vida a dezenas de mulheres todos os anos, a violência doméstica? Alguém pensou sequer no assunto? 

 

Como bem diz a minha amiga,  este dia está convertido em mais um dia para o consumo...e é pena, porque há tanto por fazer... mesmo.

 

Jorge Soares

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:37

Quantos filhos querias ter?

por Jorge Soares, em 06.10.09

 

Quantos filhos querias ter?

Imagem da internet

 

 

No outro dia, depois de uma  conversa que entrou pela  noite dentro, que começou por Virus informáticos, passou por fotografia e por não sei quantas coisas mais, dei por mim a pensar no estranha que pode ser a vida.

 

A dado ponto a coisa foi assim:

 

Amiga says:qtos filhos querias?

Jorge says:

nunca pensei nisso

Amiga says:

nã ooo

Amiga: says:

então?

Amiga: says:

vá confessa-te

Jorge says:

não... tu não leste aquele meu post sobre os sonhos?

Jorge says:

eu não faço essas contas

Amiga: says:

devo ter lido 

Jorge says:

aquele em que eu falava do jipe e da casa com jardim

Amiga: says:

sim

Jorge says:

é o que eu dizia lá

Jorge says:

isto vai dar um belo post

Amiga: says:

ai valha-me a santa

Jorge says:

amiga.. eu não faço essas contas

Amiga:. says:

olha que eu estou a falr com a tua orelha amigo

Amiga: says:

não com o teu blog

Jorge says:

nunca fiz..a minha vida nunca durou o tempo suficiente na idade dos sonhos

 
É claro que a conversa continuou, falamos de muitas coisas, mas no fim não pude deixar de olhar para mim e sentir-me estranho, acho que assim como nunca tive jeito para sonhar, também nunca consegui ser pessoa de grandes planos. Nunca na vida pensei em quantos filhos queria ter... nem em se queria ter filhos ou não, simplesmente aconteceu, assim como nunca tinha pensado em ter um blog... até que um dia criei um. 
 
Há várias formas de ir pela vida, nunca fui um sonhador, talvez porque nunca tive muito tempo para isso, ou porque nunca achei que tivesse direito a sonhar. Comigo as coisas simplesmente acontecem... ou não. Imagino que pessoas como eu nunca farão o mundo avançar mais rapidamente, afinal é o sonho que comanda a vida....... eu não sei sonhar... limito-me a fazer com que a vida aconteça...
 
Felizmente, para além de tudo sou uma pessoa de sorte...e a vida encarregou-se de me juntar a alguém que sonha por mim e por ela.... depois, basta empurrar.. que a vida corre.
 
Entretanto a minha amiga também deve ter ficado a pensar no assunto, porque quando ontem voltei a ligar o computador depois de um fim de semana sem olhar  para ele, tinha a seguinte mensagem:
 
"Jorge um homem que não sonha porque se bem os pensa logo os realiza e por isso não perde tempo com sonhos ou fantasias."
 
 
Nem tanto ao mar nem tanto à terra...mas digam-me lá, sou mesmo só eu que nunca pensei em quantos filhos queria ter?
 

Jorge Soares

 

PS:Nunca tinha pensado no assunto.. mas agora que perguntas.... ganhasse eu o euromilhões.... e enfeitaria a minha casa com muitas fotografias como a que preside a este post... um arco-íris de filhos!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:56

Amigos são ....

por Jorge Soares, em 06.09.08

Só

 

Estava eu em casa com a perna levantada como mandaram os médicos e a Ana apareceu no messenger, a conversa foi mais ou menos assim:

 

Ana:Olá Jorge

Eu:Olá Ana

Ana:Como estás?

Eu:Optimo, e tu?

Ana:Viste a minha frase do messenger?

 

A frase de que se fala é a seguinte:

"Amigos são aquelas pessoas raras que nos perguntam como estamos e depois ficam à espera da resposta"

 

Acho que a Ana pensou que eu não estava a ser sincero com ela, se eu estou em casa com um pé aparafusado, como é que posso estar óptimo? ela não disse, mas acho que foi isso que pensou.  

 

Na verdade a Ana tem alguma razão, todos temos uma pergunta e uma resposta padrão para quando encontramos alguém. Na realidade quando perguntamos "como estás", o ultimo que estamos à espera é ouvir um rol de lamentações, o "estou bem obrigado", é mesmo o que pretendemos ouvir.

 

Por outro lado, quantos de nós somos capazes de despejar os nossos problemas à primeira pessoa que nos pergunta "Como estás?", mesmo que seja um amigo?

 

Vivemos numa sociedade em que cada vez estamos mais voltados para o nosso interior, não estamos dispostos a dar ou a receber de modo a que o "Como estás hoje" seja mais que uma mera formalidade.

 

E quantas vezes o nosso estado de espirito é tal que o que queremos é que nem nos perguntem nada, o silêncio e a companhia são o que pretendemos mesmo?

 

Sabes Ana, tens toda a razão.... mas naquele dia, eu estava mesmo óptimo....dadas as circunstancias.

 

Jorge

 PS:Imagem retirada da internet

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:03

Ai o MSN..ou eu tenho um nome comum!

por Jorge Soares, em 03.08.08

Imagem retirada da internet

 

Eu tenho o meu MSN escarrapachado no BLOG, de vez em quando há quem me adicione e tenho conhecido excelentes pessoas por este meio, normalmente são autores de blogs donde costumo comentar ou que me costumam comentar.

 

A semana passada recebi de repente 3 ou 4 pedidos de pessoas que não conhecia e cujos emails não me diziam nada. Estive um ou dois dias sem noticias e de repente apareceram, vou deixar aqui uma parte de uma conversa com uma delas:

 

htak.. - says:
oi Jorge qm é vc?
htak.. - says:
de onde te conheço?
Jorge says:
Olá
Jorge says:
Eu ia perguntar o mesmo
htak..- says:
vc tem orkut?
Jorge says:
Não
htak.. - says:
qnts anos vc tem?
Jorge says:
40
htak.. - says:
hum
htak..- says:
aonde vc pegou o meu msn?
Jorge says:
não fui eu
Jorge says:
a mim apareceu-me um pedido para aceitar
htak.. - says:
mora em BSB?
Jorge says:
Não, eu sou de Portugal
htak.. - says:
para mim tbm
Jorge says:
hum... isto é estranho
htak.. - says:
pois é
htak..- says:
aiai viu 

 

A conversa continuou, ela ia perguntando coisas e contando, mas não pude deixar de dar uma gargalhada quando chegamos a esta parte:

 

htak.. - says:
seus pais são brasileiros?
Jorge says:
Não
Jorge says:
Portugueses mesmo
htak..  - says:
ahh sim
htak.. - says:
pq vc tem um nome muito comum

 

Pois é Jorge é um nome muito comum no Brasil......e parece que para ela era estranho que em Portugal também se utilizasse... mas para ser sincero, fiquei na duvida se ela sabia onde é Portugal.

 

Tive outra conversa muito parecida com esta com uma outra menina, curiosamente não voltei a ter noticias de nenhuma delas....acho que foi aquela parte dos 40 anos.....uma delas fartou-se de insistir para que eu colocasse a minha fotografia no perfil......

 

Enfim, coisas do messenger

 

Jorge

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:22


Ó pra mim!

foto do autor



Queres falar comigo?

Mail: jfreitas.soares@gmail.com






Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D