Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Jornalista é pontapeado na sede do PSD


Ia colocar uma daquelas imagens de "Vai estudar ò Relvas", mas o assunto é demasiado sério como para brincar com ele.


Miguel Relvas acaba de regressar à política activa, não ao PSD como já li por aí, ninguém regressa ao sitio de onde nunca saiu, e mal chegou já causou os primeiro estragos... 


O Vídeo é da CMTV e mostra como um assessor do PSD, agride a pontapé o repórter fotográfico Paulo Spranger simplesmente porque este estava a fazer o seu trabalho, no caso fotografar a chegada de Relvas ao conselho nacional do PSD.


Supostamente o repórter estaria colocado num lugar não permitido, mas não me parece que isso seja motivo para que alguém, já seja assessor do PSD ou outra coisa qualquer, o agrida da forma em que se pode ver nas imagens.


O que será que deixa tão nervosos os senhores da São Caetano à Lapa que até já vale agredir quem só tenta fazer o seu trabalho?





Jorge Soares

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:08

Vai estudar ó Relvas!

por Jorge Soares, em 12.09.13



Aposto que já estavam com saudades do homem... agora ele tem um tacho.. perdão, um cargo no Brasil .. o que quer que isso seja. Ontem foi homenageado algures no Rio de Janeiro.. mesmo por lá há quem não se esqueça do seu papel neste governo e das polémicas à volta do seu suposto curso superior.


Jorge Soares

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:36

Miguel Relvas, só agora porquê?

por Jorge Soares, em 04.04.13

Miguel Relvas pede a demissão

 

Imagem do Público

 

Estava à vista que a demora do ministro da educação em divulgar o relatório sobre as licenciaturas por créditos tinha a ver com os factos apurados sobre a licenciatura do Miguel Relvas, esta demissão só peca por tardia, a sua passagem pelo governo para pouco mais serviu que para arrastar a sua imagem e a dos políticos em geral pela lama.

 

A forma como ele concluiu a sua licenciatura é só uma pequena parte, há coisas bem mais graves como a tentativa de censura aos jornalistas do Público , a sua ligação à existência de empresas fantasmas que só existiram como forma de captar financiamentos ou a forma como por sua ordem foram terminados programas na Antena 1.

 

Relvas demitiu-se hoje, no fim diz que a história se encarregará de o julgar, eu diria que sim, que ele terá direito a um pé de página em que será catalogado como um dos piores ministros que alguma vez tivemos. Devia ter pedido a demissão há muito tempo, logo da primeira vez em que mentiu ao país, agora só falta mesmo o resto do governo.

 

Jorge Soares

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:24

Miguel Gonçalves

 

O rapazinho ali da fotografia, Miguel Gonçalves de seu nome,  já por cá tinha passado há uns tempos, na altura meio mundo lhe bateu palmas e o vídeo da sua participação no Prós e contras fez furor, como na altura deixei claro no meu post, a mim não me impressionou nada... falar é fácil, e há quem como ele só viva de falar... depois há o mundo real e nem sempre se vai lá só com palavras.


Hoje ele apareceu a falar ao lado do Miguel Relvas, que depois de o ver no Youtube a bater o punnho e a debitar assuas  palavras fáceis, o contratou para ser a imagem do programa Impulso Jovem, um programa até agora completamente falhado para o impulso do emprego aos jovens.


Como não podia deixar de ser quando juntamos estes dois, a coisa não podia ser menos que hilariante, se não veja-se a resposta do rapaz a uma questão sobre o abandono das universidades por parte dos jovens que não tem posses para continuar a estudar:

 

“Amigo, se tu com 20 anos não consegues arranjar 100 euros por mês para pagar os estudos, então vais ter muitos problemas na vida, porque até a vender pipocas se arranja cem euros por mês”

 

Segundo o Miguel bastam 1200 Euros por ano para se ser estudante universitário em Portugal,  se  calhar para tirar o curso através de equivalências até é verdade, mas gostava de perceber como é que com 100 Euros por mês alguém consegue pagar as propinas, um quarto, os livros, o passe, a alimentação, o vestuário... mas pronto, pelos vistos o Miguel consegue...

 

Também não percebo como é que com tanta facilidade em arranjar emprego, nem que seja a vender pipocas, o desemprego jovem está quase nos 40%... está visto que a nossa juventude não quer é trabalhar.... se não perguntem ao Miguel.

 

Também foi brilhante a sua resposta sobre as medidas de austeridade do governo:

 

“Estais a tentar apanhar-me de um lado e do outro. Eu não sei. Faz perguntas importantes, as pessoas têm pouco tempo, as pessoas que estão em casa têm que perceber ‘olha uma boa ideia, rapaz!'”


Pois, ele disso não sabe nada, ele só percebe de palavras, mas não dessas

 

Entretanto no mesmo jornal em que saiu a noticia do Miguel, saiu também outra sobre o Alcides Santos, 46 anos, desempregado, casado, pai de dois filhos que andam a estudar e que anda há dois anos a tentar encontrar um emprego. Não consegue, por isso agora decidiu que não vai pagar impostos, porque antes do estado estão os seus filhos, a sua mulher e o seu bem estar.... 


Tenho pena do Alcides, porque a menos que alguém se apiade dele e lhe arranje um emprego, mesmo que seja a vender pipocas, não tarda nada tem todo o peso do estado em contra e não lhe restará mais que pagar... mesmo que isso signifique que os seus filhos tenham que abandonar os estudos, porque para o estado do Miguel Relvas só interessam os números, as pessoas não interessam nada.


O problema do Alcides é que ele não conhece o Miguel.. talvez agora que também ele apareceu no Youtube possa ser convidado a jantar pelo Relvas... e quem sabe também lhe arranjam um tacho, como o do Miguel....


Hoje não é o dia das mentiras... mas olhem que com noticias destas, eu fico na dúvida.

 

Para quem não viu, aqui fica a história do Alcides.. no Youtube, façam chegar ao Relvas.

 

 

Jorge Soares

Update: Segundo noticias de vários Jornais, o Alcides entretanto arranjou emprego... bem haja por ele

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:55

Miguel relvas

 

Imagem do Pontos de Vista 

 

 

Quem semeia ventos termina sempre por colher tempestades, os últimos dias tem sido pródigos em protestos contra este governo, parece que finalmente o povo português, pelo menos uma parte dele, se apercebeu que só mostrando o seu desagrado de uma forma mais veemente poderá ter uma palavra a dizer no que ao seu futuro diz respeito.

 

Hoje não se ouviu o Grândola Vila Morena, dificilmente os estudantes a saberão, mas ouviram-se muitas vozes de protesto, tantas que conseguiram calar o Ministro Miguel Relvas e fazer com que este quase tivesse que fugir do ISCTE e sem ter proferido uma única palavra.

 

O protesto de hoje é muito significativo, não só pela sua veemência mas também pelo facto de ter sido um protesto de estudantes, algo que até agora pouco se tinha visto... esperemos que não seja exemplo único... e que Miguel Relvas, Passos Coelho e todos os políticos deste país tirem as devidas ilações.

 

O povo está a ficar farto, já não era sem tempo.

 

Vídeo dos protestos no ISCTE

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:04

O auto da Barca do Relvas

por Jorge Soares, em 06.01.13

O auto da Barca do relvas

 

O seguinte texto é uma adaptação do «Auto da Barca do Inferno» de Gil Vicente, feita por três alunos do 9º D da Escola EB23 Dra. Maria Alice Gouveia, de Coimbra numa aula de Português. Gonçalo, Filipe e Carolina estão no 9º ano e tiveram direito a uma publicação na biblioteca digital da escola  que merece ser partilhada:

 


Vem Miguel Relvas conduzindo aos zigue zagues o seu Mercedes banhado a ouro e sai do carro com o seu diploma na mão. Chegando ao batel infernal, diz: 

 

RELVAS – Hou da barca!
DIABO – Ó poderoso Doutor Relvas, que forma é essa de conduzir?
RELVAS – Tirei a carta de scooter e deram-me equivalência. Esta barca onde vai hora?
DIABO – Pera um sítio onde não hai contribuintes para roubar!
RELVAS – Pois olha, não sei do que falais… Quantas aulas eu ouvi, nom me hão elas de prestar?
DIABO – Ha Ha Ha. Oh estudioso sandeu, achas-te digno de um diploma comprado nos chineses ao fim de três aulas?
RELVAS – Um senhor de tal marca não há de merecer este diploma?
DIABO – Senhores doutores como tu, tenho eu cá muitos.


Miguel Relvas, indignado com a conversa, dirige-se ao batel divinal.


RELVAS – Oh meu santo salvador, que barca tão bela, porque nom eu dir eu nela?
ANJO – Esta barca pertence ao Céu, nom a irás privatizar!
RELVAS – Tanto eu estudei, que nesta barca eu entrarei.
ANJO – Tu aqui não entrarás, contribuintes cortaste, dinheiro roubaste e um curso mal tiraste.


Relvas, sem alternativa, volta à barca do Diabo.


RELVAS – Pois vejo que não tenho alternativa. Nesta barca eu irei…Tanto roubei, tanto cortei, não cuidei que para o inferno fosse.
DIABO – Bem vindo ao teu lar, muitos da tua laia já cá tenho e muitos mais virão. Entra, entra, ó poderoso senhor doutor magistrado Relvas. Pegarás num remo e remarás com a força e vontade com que roubaste aos que afincadamente trabalharam.

Gonçalo, Filipe e Carolina 
Turma 9º D
Escola EB23 Dra. Maria Alice Gouveia
Coimbra

 

Quem diz que a juventude está perdida? com jovens como estes algo resta de esperança para o futuro deste pais.

 

Jorge Soares

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:29

 

Miguel relvas

 

Retirado do HenriCartoon

 

 

O vídeo abaixo contém uma entrevista dada por Miguel Relvas em 2011 quando ainda era oposição, é interessante ouvir o que são as opiniões das pessoas quando estão de um ou do outro lado da barricada do poder.

 

 

 

 

"Não se pode continuar impunemente a aumentar a gastar dinheiro atrás de dinheiro com esta ideia de que quando não há dinheiro se aumenta os impostos, temos de ter uma politica fiscal de exigência, não podemos continuar a achar que o caminho é sempre o de aumentar os impostos porque a partir desse principio as empresas ficam mais pobres e os cidadão ficam com mais problemas."


Fantástico como basta chegar ao poder para se esquecer todas as convicções e se fazer precisamente o contrário daquilo que se advogava quando se era oposição.


Jorge Soares

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:04

Nuno Santos demitido da direcção de informação da RTP

Imagem do Público 

 

Confesso, não consigo ter uma opinião formada sobre o caso das imagens em bruto que terão, ou não, sido visionadas pela polícia.

 

Imaginemos por um momento que em resultado das pedradas lançadas pelos idiotas mascarados, tinha morrido um polícia ou um jornalista... ou que no resultado da carga policial tinha morrido um dos manifestantes. Será que nesse caso todas as pessoas que se mostram contra o visionamento das imagens teriam a mesma opinião?

 

Que diferença há entre as imagens que em muitos casos passaram em directo nas diferentes televisões e as que foram captadas pelos operadores de camara e que por algum motivo não foram para o ar?

 

No dia em que Nuno Santos foi demitido, uma das explicações que ouvi na Antena 1 para a existência dos dois DVDs com as imagens em bruto, foi que estas foram compiladas porque um dos carros da RTP foi danificado e as imagens poderiam ser utilizadas como prova para se encontrar os culpados.... então as imagens podem servir como prova para a acusação da RTP e não  para utilização da PSP em sua defesa e/ou do estado?

 

Já agora, porque é que o pedido às televisões foi feito directamente pela PSP e não através de um pedido judicial?

 

Entendo perfeitamente a posição dos jornalistas em defesa do seu código deontológico e da protecção das fontes... mas comparar as imagens captadas em frente ao parlamento com um caderno de notas ou a protecção das fontes não será em manifesto exagero?

 

Como disse, não consigo ter uma opinião formada.. mas há algo que me parece claro, a tutela, leia-se Miguel Relvas e o seu ministério, aproveitaram para na sequência do que já vinham fazendo na televisão e rádios Públicas, movimentar mais um peão e darem a direcção de informação do canal público a alguém mais da sua confiança.

 

Jorge Soares

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:42

Miguel Relvas

Imagem de aqui 

 

 

Segundo noticia do Público, o Ministro Nuno Crato admite que nos casos em que se detectem irregularidades, o ministério poderá obrigar a Universidade Lusófona a anular as licenciaturas.

 

Como sabemos o Ministro Miguel Relvas foi um dos que beneficiou do sistema de atribuição de créditos pelo currículo profissional, terá inclusivamente sido um dos alunos a quem foi atribuído mais créditos por esta via.

 

O cúmulo dos cúmulos é que na ânsia de bater todos os recordes de menor tempo e menor vergonha para se ter uma licenciatura, Miguel Relvas teve equivalências em 4 licenciaturas que na altura nem existiam, ou seja, parece que a universidade preparou uma licenciatura especial só para ele.

 

Vai uma aposta que muita gente vai ter que voltar à universidade mas que Miguel Relvas não será um deles?

 

Jorge Soares

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:00

Passos Coelho e Miguel Relvas

Imagem do Público


A Tecnoforma, empresa de que Passos Coelho foi consultor e depois gestor, conseguiu fazer aprovar na Comissão de Coordenação Regional do Centro (CCDRC), em 2004, um projecto financiado pelo programa Foral para formar centenas de funcionários municipais para funções em aeródromos daquela região que não existiam e nada previa que viessem a existir 

 

Pouco a pouco vamos percebendo porque é que eles dizem que vivemos acima das nossas possibilidades, eles sabem mesmo do que falam, dar formação a funcionários de aeródromos que poderão existir no futuro é isso mesmo, viver acima das possibilidades de qualquer país.

 

A próxima vez que alguém perguntar para onde foi o dinheiro, já podem responder, foi para as muitas Tecnoformas deste país.

 

Jorge Soares

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:50


Ó pra mim!

foto do autor



Queres falar comigo?

Mail: jfreitas.soares@gmail.com






Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D