Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Mãe, o que é ir à missa?

por Jorge Soares, em 25.02.15

Imagem minha

 

Um destes dias, já não sei a propósito de quê, a D na sua infinita curiosidade saiu-se com o seguinte:

 

- Mãe, o que é ir à missa?

 

A minha meia laranja ia tendo um fanico, e a seguir teve mesmo quando olhou para mim e eu disse:

 

- Finalmente à terceira fizemos o trabalho como deve ser! 

 

Ela ainda tentou argumentar, mas eu como quem não quer a coisa, lembrei-lhe como tinha corrido a experiência do N. e a R. com os escuteiros e a catequese (ver este post), deve ter funcionado, não se voltou a falar do assunto.

 

Os meus filhos são os três baptizados, a mais nova já tinha sido baptizada quando chegou cá a casa e os mais velhos são porque a P. e uma parte da  família faziam questão, a mim tanto se me dá que o sejam ou não, a educação que sempre pensei para os meus filhos não tem nada a ver com religião. Sempre tentei educar com o exemplo e se possível ensinando os meus filhos a pensar por sí, se no fim eles por si e pela sua cabeça chegarem a uma religião qualquer, isso é problema deles, mas se for pelo meus exemplo, não irão de certeza absoluta precisar de igreja ou religião para nada.Eu não preciso mesmo.  Ninguém é melhor pessoa por acreditar ou não em deus, pessoas boas e más há em todas as religiões do mundo e evidentemente entre os ateus.

 

Porque é que me lembrei de tudo isto, porque hoje pelo meu facebook passou o seguinte artigo: Famílias sem religião estão fazendo um trabalho melhor do que as demais

 

Trata-se evidentemente de um artigo sobre vários estudos feitos nos Estados Unidos, vale o que vale, mas não deixa de ser interessante olhar para as várias conclusões, vejamos:

 

-apresentam muito mais solidariedade e proximidade emocional entre pais e filhos

 

-A maioria parecia viver vidas plenas caracterizadas por uma direcção moral e um sentido de que a vida possui um propósito.

 

-têm seus próprios valores morais e preceitos éticos, entre eles a solução racional de conflitos, autonomia pessoal, livre-pensamento, rejeição de punições corporais, um espírito de questionar tudo e, principalmente, empatia

 

- tratar os outros como gostaríamos que fôssemos tratados. Este é um imperativo ético antigo e universal, e não há nada nele que force a crença no sobrenatural

 

-Quando estes adolescentes se tornam adultos, eles tendem a apresentar menos racismo que seus colegas religiosos

 

-Os adultos seculares têm uma tendência maior a compreender e aceitar a ciência do aquecimento global, a apoiar a igualdade feminina e os direitos dos gays.

 

-No cenário internacional, países democráticos com os menores níveis de fé religiosa são também os que têm as menores taxas de crimes violentos e gozam de bem estar social relativamente alto

 

Ora, a mim parecem-me argumentos suficientes, mas muito mais importante que tudo isto é o facto de eu querer que os meus filhos aspirem a ser pessoas cultas e integras com consciência, não por medo às consequências do pecado ou aos castigos divinos e sim porque essa é a forma correcta de se viver.

 

Jorge Soares

publicado às 23:25

Palmas ... Fado, Fátima.. faltou o futebol

por Jorge Soares, em 07.07.13

Palmas para a vergonha

 

Imagem do Público 

 

É engraçado como são as coisas, depois da semana mais triste, ridícula e insólita da história da política portuguesa, num momento em que o país ainda não sabe quando terá governo e quem tomará conta do seu destinos, eis que os protagonistas de toda esta palhaçada se reúnem para ir à missa... e é velos todos sorridentes a cumprimentar-se. 

 

Tal como podemos ver na fotografia, Cavaco Silva, Paulo Portas, Passos Coelho e Assunção Cristas juntaram-se não para discutir o futuro do país, que isso não deve interessar muito nesta altura, juntaram-se para prestar vassalagem ao novo cardeal. E é claro que este tinha recados para dar a tão ilustres convidados, não sobre o que se passou na última semana, o senhor tinha recados sim, sobre a família e sobre a forma como esta deve ser gerida... como se fosse altura para falar de coisas destas.. mas pelo menos já ficamos avisado que também na igreja portuguesa só mudaram as moscas.

 

Mas o mais interessante de tudo isto é que pelos vistos, há quem ache que o que se passou esta semana em Portugal foi um espectáculo digno de se ver, é que rezam as crónicas que tanto Passos Coelho como Cavaco Silva foram aplaudidos à entrada para a missa nos Jerónimos... o que só pode significar que a malta do Fado Fátima e Futebol... continua a ir à missa... o resto do país com o calor que estava.. deve ter ido para a praia, que não há pachorra para aturar esta gente.

 

Gostava de perceber como é que convocar eleições era tão mau para o país e deixar esta situação arrastar-se por uma semana sem dar cavaco ao país, à Troika ou aos mercados pode ser bom, e como é que o Presidente da República tem tempo para ir à missa mas só durante a semana que vem tem tempo para ouvir os partidos sobre uma situação que pode decidir se o país vai ou não precisar de um segundo resgate... ou será que antes de decidir tem que se confessar e perguntar ao novo cardeal a sua opinião?

 

Também gostava de perceber como é que na Antena 1 há uma jornalista que diz que o candidato ao trono esteve presente... Candidato ao trono?, Mas nós temos candidatos ao trono? Viramos monarquia e ninguém me contou?

 

Jorge Soares

 

publicado às 22:33


Ó pra mim!

foto do autor



Queres falar comigo?

Mail: jfreitas.soares@gmail.com






Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D