Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Músico de rua multado por não ter licença

 

Imagem do Facebook

 

A noticia anda a circular há uns dias nas redes sociais, há uns dias Guilherme Águas Rodrigues músico violoncelista, estava a tocar na rua para tentar arredondar a vida quando foi surpreendido pelo senhor da fotografia que para seu espanto e o do resto do mundo, o multou em cerca de 39 Euros porque não tinha licença de músico de rua.

 

Ao Guilherme não lhe tinha passado pela cabeça que para se tocar na rua fosse necessária uma licença, mas é .. e pelos vistos não a ter é um crime que se paga caro.

 

Fico na duvida que outras profissões também precisam de licença, será que os arrumadores de carros que insistem em que estaciones onde eles dizem mesmo quando estás num parque de estacionamento pago e há muitos outros lugares livres também precisam de licença? não devem precisar já que nunca vi nenhum policia a incomodar arrumadores... E será que os vendedores de artigos falsificados que insistem em chatear quem em Setúbal espera o barco para Tróia, tem licença?

 

Hoje a noticia foi a saída limpa, e é claro que meio mundo está muito feliz por isso, de Cavaco a Barroso passando pelos partidos da maioria, todos  enaltecem o bom trabalho do governo... gostava de ver as televisões irem entrevistar o Guilherme e perguntar-lhe o que pensa ele da saída limpa, ou se isso significa algo para ele... 

 

O que importa a saída limpa se o desemprego jovem continua a aumentar? O que interessa se a saída é limpa ou não se os jovens como o Guilherme tem que emigrar para poderem sonhar com um futuro minimamente decente? O que interessa se a saída é limpa se ficamos desde já  a saber que uma vez mais o nosso presente de natal será um aumento de impostos e a redução do poder de compra?

 

O que interessa se a saída é limpa ou não se a cultura neste país chegou ao ponto que os músicos nem na rua podem tocar? A sério que há quem ache que este programa foi um sucesso e que há motivos para festejar?

 

Jorge Soares

publicado às 22:25

Ele há dias assim!

por Jorge Soares, em 07.04.08

Não utilize o telemovel

 

Hoje está a ser um dia daqueles para o estranho.....

 

Fui almoçar tarde em virtude de mais uma daquelas reuniões surreais... enfim, uma das minhas colegas volta do almoço e a conversa foi assim:

 

-Jorge, ouvi dizer que no Sábado foste capa de Jornal!

-.... Desculpa?

-Sim, estavam a dizer na cantina que no Sábado saíste no Jornal.

-Eu?, de certeza?

-Sim, tu!

 

Durante a semana passada eu recebi dois ou três emails de jornalistas, o tema adopção está em voga, mas não dei entrevista nenhuma e muito menos fotografias.. lá fui ao site do jornal em questão.. e era mesmo eu.... utilizaram uma  fotografia da única entrevista que aceitamos dar há uns anos atrás, para ilustrar um artigo sobre adopção.. e lá estava eu!

 

Tinha uma consulta em Setúbal  da parte da tarde , portanto pirei-me a seguir ao almoço, ia na auto-estrada , toca o telemóvel, não conheço o numero, atendi, era uma das jornalistas de que falei antes.... conversa para cá, conversa para lá. De repente reparo que do carro da frente me estão a dizer adeus... hummm , reparo melhor, um carro verde...umas letras.. brigada terri .. Fonix! ...., despachei a jornalista, não era adeus, era encoste!

 

Encostei, coloquei a minha cara de culpado numero 33, amaldiçoei o canal de televisão... e preparei-me para a multa.

 

-Boa tarde

-Boa tarde senhor guarda, tenho consciência de que está errado, era uma jornalista sobre um programa de televisão e eu atendi, está errado e sei isso.

 

O homem ficou a olhar para mim uns segundos.. depois disse:

 

-Para mim é mais importante a sua consciência de que estava a fazer algo errado que passar uma coima... vá-se lá embora.

-Obrigado senhor guarda.

 

:-)

 

Sobre a consulta... é outro post .

 

Jorge

PS:Imagem retirada da internet

 

publicado às 16:49


Ó pra mim!

foto do autor



Queres falar comigo?

Mail: jfreitas.soares@gmail.com


Posts mais comentados





Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D