Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Messi? Os senhores da FIFA viram outro mundial

por Jorge Soares, em 14.07.14

Messi

 

 

Messi foi considerado o melhor jogador do mundial, gostava mesmo de  saber como foi feita esta eleição, para mim ele nem sequer foi o melhor jogador da Argentina quanto mais do mundial.

 

De certeza que eles viram um mundial diferente do que eu vi, o que vi teve jogadores como Muller, Roben, Van Piersen, Cuadrado, James Rodrigues,  Fran Navas ou Ochoa, jogadores que mostraram classe e deram alegria ao futebol deste mundial...

 

Para a Fifa é Messi, vá lá a gente perceber estas coisas.

 

Jorge Soares

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:09

Alemanha é campeão mundial

 

 

Terminou o mundial, para mim o melhor mundial pelo menos de 82 para cá, muito espectáculo, muitos golos, muitas reviravoltas e jogos resolvidos nos últimos minutos, muitíssima emoção.

 

A Alemanha ganhou com muitisdsimo mérito, é verdade que podia ter sido eliminada pela Argélia, mas também é verdade que passeou classe e um futebol bastantes furos acima do resto das selecções participantes.

 

Hoje não tivemos uma grande final, a Argentina entregou o jogo aos alemães, como sempre defendeu muito bem com um Mascherano numa forma fantástica e depois ficou à espera de São Messi e dos seus coelhos tirados da cartola para resolver o jogo, mas hoje não havia Coelhos na cartola e sem eles, tal como já tínhamos visto antes, a Argentina não consegue marcar e sem golos não há campeões.

 

De resto Messi parece cada vez mais uma figura triste, alguém fora de ambiente e sem pachorra para o que o rodeia, sempre com ar de quem anda ali a fazer um frete e tem que suportar aquela gente toda à sua volta.

 

A Alemanha é uma equipa  muito bem construída que vale como um todo e que joga um futebol alegre, eficaz  e vistoso, não teve medo de pegar no jogo e de construir o seu futebol, teve a resistência e a paciência  suficientes para levar a água ao seu moinho e já quase no final do prolongamento, conseguiu marcar o golo que vale um titulo mundial.  

 

A Argentina deste mundial fez-me lembrar a Itália de outros mundiais.

 

Daqui a quatro anos há mais.

 

Jorge Soares

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:42

Nem (São) Messi nem futebol que se visse!

por Jorge Soares, em 09.07.14

Romero foi o herói Argentino do dia

 

 

Depois do espectáculo de futebol e golos alemães de ontem, hoje tivemos uma semifinal chata e com pouco futebol. A Argentina tinha chegado até este jogo com a Holanda sem mostrar futebol que convencesse, jogo sim jogo também São Messi ia tirando uns coelhos da cartola e com a ajuda de um Di Maria em excelente forma, foram vencendo os jogos mas sem nunca convencer.

 

Hoje com Di Maria a ver o jogo desde o banco e com um Messi muito apagado, não houve o golo habitual e a Argentina mostrou uma vez mais que é uma equipa recheada de excelentes jogadores mas que está longe de ser uma boa equipa. 

 

A Holanda que ao longo do mundial tinha mostrado um excelente futebol e proporcionado excelentes espectáculos, hoje mostrou pouca garra e iniciativa e muito pouco futebol.

 

Tudo isto resultou num jogo sem oportunidades, com a bola a andar sempre longe da baliza, com muito jogo para os lados e pouca eficácia.

 

Chegados aos penalties com a Holanda com a substituições esgotadas, não houve possibilidade de haver troca de guarda redes e ficamos a perceber porque é que Van Hal tinha optado por aquela troca de keepers no último minuto, a verdade é que Jasper Cillessen praticamente se limitou a ver as bolas entrar na baliza, ao contrário de Romero que defendeu dois dos quatro penalties apontados pelos holandeses.

 

Não houve São Messi, houve São Romero e a Argentina está na Final, mas quanto a mim ficaram pelo caminho umas três ou quatro selecções que mereciam mais... mas lá está, o futebol é isto mesmo.

 

Jorge Soares

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:52

É o futebol cara!

por Jorge Soares, em 08.07.14

Brasil

 

Ainda não falei aqui da prestação de Portugal no Mundial, fi-lo propositadamente, li tantas coisas, tantas opiniões, tanta gente que sabe tudo, que decidi deixar o assunto para depois do mundial... hoje o Brasil, ou a Alemanha, já nem sei, deram uma explicação mais que cabal de aquilo que nos aconteceu naquele primeiro e fatídico jogo dos 4-0.

 

Hoje o jogo terminou 7-1, tal como contra Portugal, ficamos com a nítida sensação de que não fosse os Alemães terem desacelerado, podiam ter sido 9, ou 10, ou 14, tal parecia a superioridade teutónica ante uma selecção Brasileira completamente esfrangalhada e que não conseguia sequer manter a bola.

 

Não há duvidas nenhumas que hoje a Alemanha foi muito superior, mas acho que também não restam dúvidas de que o Brasil do resto do mundial não é este e apesar de eu achar que sim, a Alemanha é melhor equipa que o Brasil de Scolari, a diferença não é a que se viu hoje, nem a Alemanha vale assim tanto, nem o Brasil vale assim tão pouco, só que o futebol é assim.

 

Hoje aconteceu futebol, tudo parecia sair bem a uma equipa, parecia que bastava chutar para a frente para que a bola fosse directa ao fundo da baliza, e tudo saiu mal à outra, que não conseguia sequer respirar sem sofrer um golo.

 

O futebol é isto, o povo brasileiro teve uma vez mais uma enorme desilusão, não é fácil jogar um mundial em casa no país do futebol, e esta selecção já tinha dado mostras antes que não teria a força psicológica suficiente para aguentar a pressão de mais de 200 milhões de almas a sofrer por si. Nos penalties contra a Costa Rica todos tínhamos visto como são frágeis alguns dos jovens jogadores desta selecção, hoje tudo correu mal... muito mal, mas não deixa de ser futebol.

 

O mundial ainda não terminou, ainda faltam 3 jogos, para mim este está a ser de longe o melhor mundial de 1982 para cá, o melhor dos que já assisti, e não é esta derrota do Brasil que vai mudar isso ou apagar a imensa festa a que temos assistido, mas de certeza que amanhã voltam as manifestações e os problemas ao Brasil.

 

Eu também fiquei triste, queria muito que ganhasse o Brasil, mas é o futebol cara!

 

Jorge Soares

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:55

Keylor Navas

 

O senhor ali da fotografia chama-se Keylor Navas, e é de certeza de longe a pessoa mais famosa da Costa Rica, passou muito pelas suas mãos de ferro e que pareciam ter imanes que atraiam as bolas, a excelente carreira que levou a selecção deste pequeno país da América Central até aos oitavos de final do mundial do Brasil.

 

O percurso dos Ticos terminou ontem nos penalties contra uma selecção holandesa que na hora da verdade foi mais certeira nos remates à baliza. Navas foi enorme durante todo o jogo mas na hora decisiva não foi tão grande como o enorme guarda redes holandês que Van Gal, para espanto de meio mundo,  tirou da cartola no último minuto do jogo.

 

Ontem todos eramos Ticos, não tinha visto a minha filha tão nervosa num jogo de futebol nem quando joga Portugal, mas sendo justos, a Holanda  jogou mais e mereceu a classificação... 

 

Aproveitei aquele entusiasmo todo dela para uma pequena lição de história.. Sabiam que a Costa Rica é um dos poucos paises do mundo sem exército? 

 

Pois é, em 1948 e como forma de parar com os sucessivos golpes de estado militares, foi decidido acabar com o exército no país, foi o primeiro país do mundo a faze-lo, desde 1949 que essa decisão está inscrita na constituição. O resultado é que desde então o país vive em Democracia e é um dos 22 países com as democracias mais antigas do mundo.

 

É também um dos paises com melhor desempenho ambiental e propõe-se ser em 2021 o primeiro pais com desmepenho neutral em emissões de carbono. ... está visto que gastam bem o que poupam ao não terem forças armadas.

 

Quem disse que não se aprende nada com o futebol?

 

Jorge Soares

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:05

David Luiz marcou o golo decisivo

 

 

 

A imagem do dia é sem dúvida o fantástico golo de David Luiz, um golo só ao alcance de quem trabalha muito, não desiste e mesmo em jogos desta importância, não tem medo de assumir o risco, desde aquela distância não há muita gente com valor suficiente para tentar o remate directo e muito menos com a capacidade de colocar a bola com o efeito, a velocidade e a direcção certa para que ela entre ali, no canto,  fora do alcance de qualquer guarda redes.

 

Hoje finalmente e ao contrário do que tínhamos visto nos jogos anteriores, tivemos um Brasil sem medo de pegar e assumir o jogo, um Brasil que chegou ao jogo com a lição muito bem estudada, pegou no jogo desde o primeiro minuto e com a agressividade suficiente como para impedir que a Colômbia dispusesse de espaço para chamar ao jogo a magia de James Rodrigues.

 

Sem espaço e sem que a bola chegasse ao número 10 da Colômbia em condições de que este conseguisse pensar e distribuir o jogo, hoje os cafeteros não conseguiram mostrar o excelente futebol com que tinham encantado o mundo nos jogos anteriores.

 

Até hoje não tínhamos visto um Brasil com capacidade de ser campeão mundial, há muita gente, brasileiros incluídos, que dizem que se o mundial não fosse no Brasil, a canarinha já teria sido eliminada, a jogar da forma determinada e dominadora em que o fizeram hoje, talvez tenham ganho uma nova vida para o que resta do mundial

 

Não gostei do árbitro do jogo, não que tenham havido erros evidentes, mas achei que o espanhol teve uma atitude muito prepotente na forma como se dirigiu aos jogadores, principalmente com os jogadores da Colômbia... vai de aí e o choradinho do Scolari já teve algum efeito.

 

No outro jogo do dia, cumpriram-se os prognósticos, a Alemanha não teve a vida facilitada mas com maior ou menor dificuldade desenvencilhou-se de uma França que quanto a mim só chegou até esta fase porque nunca enfrentou adversários de valia real

 

Segue-se um Brasil Alemanha, que assim de repente e dado o pouco que tem mostrado a Argentina, soa a final antecipada.

 

Jorge Soares

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:18

Guarda Redes da Argélia

 

 

Foi um grande jogo de futebol, a Argélia vendeu muito cara a derrota que só aconteceu no prolongamento, durante toda a primeira parte puseram em sentido a defesa e o meio campo alemães e com um pouco mais de calma e discernimento podiam ter resolvido o jogo.

 

A Alemanha claramente não estava à espera de uma Argélia tão atrevida e teve muita dificuldade em controlar o meio campo, a jogar com 3 defesas deixava muitas vezes espaços por onde Slimani e companhia entravam com muita facilidade, por várias vezes teve que ser o guarda redes Neur a substituir os ausentes defesas centrais e a vir cortar bolas bem para fora da sua grande área. Neur que diga-se de passagem foi mesmo um dos homens do jogo.

 

No prolongamento, já com as duas equipas em claras dificuldades físicas, sobressaiu a classe das estrelas alemãs, mas a Argélia vendeu cara a derrota e nunca deixou de acreditar e de atacar. A equipa norte-africana pela forma como se apresentou ao jogo e por tudo o que fez, merecia melhor sorte.

 

No outro jogo do dia, a França foi sem surpresa muito superior à Nigéria e venceu por dois zero naquele que terá sido até agora o jogo mais desnivelado destes oitavos de final

 

Segue-se um interessante França - Alemanha nos quartos de final, o jogo de hoje com a Argélia  foi intenso e teve prolongamento, para o fim do jogo era visível que vários jogadores teutónicos se arrastavam pelo campo, a França teve hoje e nos jogos anteriores a vida bem mais facilitada que a Alemanha, a Alemanha, apesar de me parecer melhor equipa que a França,  vai chegar ao duelo com os franceses bastante mais desgastada.

 

 

Jorge Soares

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:35

James Rodrigues

 

Já o tinha dito aquando dos jogos anteriores, James Rodriguez está talhado para sair deste mundial reconhecido como um dos melhores jogadores do mundo. Para já foi nomeado o jogador mais influente da primeira fase do mundial, não só marcou três golos muito importantes como fez mais duas assistências para golos dos seus colegas.

 

Hoje foi sem dúvida nenhuma o homem do jogo, comandou o meio campo da Colombia e os seus dois golos foram decisivos para a chegada por primeira vez do seu país aos quartos de final de um mundial.

 

Quanto ao Uruguai, tal como já tinha sido notório na primeira fase, é Luís Suarez e mais dez, com este já de regresso a Montevideu, a equipa perde o sentido do jogo, deixa de ser uma máquina arrasadora e converte-se num lote de excelentes jogadores que não conseguem ter um jogo objectivo.

 

Vitória mais que merecida da Colombia, de longe a melhor equipa em jogo e uma das que pratica o melhor futebol que se tem visto neste mundial... o Brasil vai ter muito com que se preocupar daqui até ao jogo dos quartos.

 

No outro jogo do dia, o Brasil teve que suar e correr muito e mesmo assim só nos penalties eliminou uma aguerrida e moralizada equipa do Chile.

Este  é um Brasil à imagem de Filipe Scolari, não joga por aí além, não termina de convencer, mas ganha jogos e passo a passo já está nos quartos de final. 

 

Hoje para além do resto, teve a sua dose de sorte, os penalties são sempre uma lotaria que pode pender para um lado ou para o outro, hoje pendeu para o Brasil e o povo pode continuar a festa e o sonho do campeonato mundial.

 

Jorge Soares

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:54

O fim do sonho

 

Imagem do Público

 

As hipóteses não era muitas, mas no fim ficamos com a sensação de que seriam maiores que aquelas em que todos, incluindo os jogadores, acreditávamos. Não foi um jogo por aí além, mas foi um jogo em que na maior parte do tempo Portugal esteve por cima e criou oportunidades suficientes para ganhar pelos tais 4 golos de diferença.

 

Tal como aconteceu desde o primeiro dia, faltou sorte, aquela tal estrelinha de que tantas vezes se fala e que normalmente acompanha os campeões.... é claro que a sorte é muitas vezes o resultado de muito trabalho, mas não me parece que hoje tenha faltado vontade e trabalho.

 

Paulo Bento apostou de inicio num meio campo diferente e acertou em cheio, o Gana só a meio da primeira parte conseguiu ter algum controlo do jogo, de resto, Portugal foi superior, só não conseguiu traduzir em golos as oportunidades criadas.

 

Cristiano Ronaldo marcou finalmente um golo neste mundial, foi considerado o melhor em campo e Portugal foi eliminado com 4 pontos.

 

No outro jogo do grupo, a Alemanha entrou cheia de vontade de resolver, marcou um golo e ficou-se por aí, a vitória por um zero era mais que suficiente e até servia aos dois. Os Estados Unidos ficaram com os mesmos 4 pontos que Portugal, classificam-se graças aos 4-0 da Alemanha a Portugal.

 

Nos outros jogos do dia, a Argélia empatou com a Rússia 1-1 e com isso, surpreendentemente mandou os Russos de volta a casa.

 

A Bélgica, a jogar com 10 desde o meio da primeira parte por expulsão do portista Defour, ganhou por 1-0 a uma Coreia do Sul cheia de vontade mas muito pouco esclarecida.

 

Jorge Soares

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:49

Messi resolve

 

 

Hoje a Argentina deu finalmente um ar da sua graça, num jogo que pouco ou nada iria decidir e que terminou com ambas Argentinos e Nigerianos a festejar, Messi marcou dois dos três golos com que  a Nigéria foi brindada.

 

Uma vez mais não foi um grande jogo apesar dos 5 golos. Hoje Messi não esperou pelo fim do jogo para resolver, começou logo aos três minutos a marcar, a Nigéria que não tinha Messi mas tinha Musa, empatou no minuto a seguir. Messi marcou de livre mesmo ao cair do pano da primeira parte, mas Musa voltou a marcar logo no início da segunda... Rojo desempatou logo a seguir.

 

Apesar dos 3 golos de hoje, continuo a achar que a Argentina é Messi e pouco mais.... um conjunto recheado de excelentes jogadores nem sempre forma uma excelente equipa, vale São Messi.  

 

No outro jogo do grupo, a Bosnia despachou o Irão de Carlos Queiroz, que ainda tinha uma leve esperança de classificar, com um esclarecedor 3-1, ambas as equipas foram eliminadas. 

 

Nos jogos da noite, a França e o Equador proporcionaram um excelente espectáculo de futebol num jogo que terminou 0-0 mas em que os guarda redes, principalmente o do Equador mas também o da França, tiveram várias oportunidades para brilhar. A França confirmou a qualificação, o Equador precisava de ganhar para seguir em frente, com o empate ficou eliminado, mas deixou uma excelente imagem neste mundial.

 

No outro jogo, a Suiça despachou  as Honduras com um claro 3-0 e irá enfrentar a Argentina na fase seguinte.

 

À primeira vista a França tem a vida muito mais fácil que a Argentina, a Suíça vai ser um osso duro de roer.. veremos se são capazes de parar Messi e os seus repentes.

 

Jorge Soares

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:17


Ó pra mim!

foto do autor



Queres falar comigo?

Mail: jfreitas.soares@gmail.com






Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D