Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Quem disse que o tamanho não importa?

por Jorge Soares, em 09.04.13

quem disse que o tamanho não importa?

 

Imagem do Público

 

Há estudos para tudo, evidentemente faltava este, ora segundo um estudo de uma universidade na Austrália, a Universidade Nacional Australiana, em Camberra , elas sentem-se atraídas mesmo é porque quem é alto, tem os ombros largos, a cintura mais ou menos fina e... um pénis grande.

 

É claro que há explicações cientificas para isto tudo, na época pré-histórica, quando andávamos todos despidos, o que mais interessava mesmo eram os atributos físicos. Numa época em que valia tudo, um homem mais alto e mais forte era garantia de uma maior fortaleza na defesa da família, de aí a preferência pelos homens maiores, é claro que quando andamos despidos um pénis maior chama mais a atenção que um que mal se vê.

 

A questão é que o estudo foi feito na actualidade, e apesar dos milhares de anos de evolução, quando puseram a mais de uma centena de mulheres a escolher os seus preferidos entre umas dezenas de imagens masculinas, elas continuam a escolher os mais altos, de ombros largos e de preferência com um pénis maior, acho que não está na noticia do Público, mas eu ouvi numa rádio espanhola duas mulheres que falavam do mesmo estudo e segundo elas, os resultados diziam que as preferências médias iam para os 13 cms... em repouso.

 

Ou seja, apesar da já quase igualdade de sexos, do feminismo do século passado, dos desejos de liberdade e independência, há coisas que nunca mudam, lá muito no seu intimo, elas continuam mesmo a sonhar com um homem grande que as possa mimar, proteger e encher-lhes completamente as medidas...

 

Quem diz que o tamanho não importa?, quem o tem pequeno!

 

Jorge Soares

 

Ps: Já agora quando é que alguém faz um estudo sobre as preferências dos homens no que diz respeito a alguns tamanhos nas mulheres?

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:18

Os franceses tem a pila pequena!

por Jorge Soares, em 28.10.11

Os franceses tem a pila pequena

Imagem do Sol 

 

O que tem a ver as courgettes com o tamanho das pilas dos franceses?... pois, eu também gostava de saber, a imagem é do SOL e foi utilizada para ilustrar uma notícia que titulava o seguinte: 'França indica 'tamanho normal do pénis'

 

 

Eu já tinha lido coisas estranhas, mas isto de indicar por decreto o tamanho normal do dito cujo, só podia mesmo lembrar aos franceses. O que querem eles dizer com "Tamanho normal do Pénis"?... querem dizer o seguinte:

 

A Academia Francesa de Cirurgia divulgou um documento a indicar aquilo que entende ser o tamanho normal do pénis humano. O objectivo é dissuadir homens que desejam submeter-se a cirurgias correctivas desnecessárias.

Para o organismo fundado em 1731 por Luís XV, um pénis normal mede entre 9 e 9.5 centímetros quando flácido e 12.8 a 14.5 centímetros erecto.

 

hummmm.. 12.8 a 14.5 centímetros?... e eu que achava que eram os orientais que o tinham pequenino {#emotions_dlg.lol}. Está visto que pelo menos a julgar pela amostra padrão, os franceses tem a pila pequena. 

 

Para quem estiver interessado, ou quem sabe marcar o próximo destino de férias, pode ir espreitar o  The Penis Size Worldwide (country).. que diz que no Congo a média é de 17.7 cm...  e que na Coreia do Sul é de 9,6 cm ....  está visto que aquilo de que o tamanho não interessa é mesmo uma invenção oriental {#emotions_dlg.happy}

 

Agora que já nos estávamos a habituar aos estudos parvos, chegou a hora das noticias parvas... e sempre gostava de saber quem foi o caramelo que escolheu as courgettes para ilustrar a noticia... , sim, porque uma senhora de certeza que tinha escolhido outra imagem qualquer.

 

Jorge Soares 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:42

Sem pénis... mas com alguma inveja

por Jorge Soares, em 05.07.10

As mulheres mijam de pé sim senhor

 

Já lá vão quase dois anos, era um daqueles dias em que não tinha mesmo nada para dizer, já tinha dado o post e o dia por perdidos ... até que a Cigana apareceu no messenger ...  saiu um daqueles posts escritos de rajada e em 5 minutos, Mijam de pé sim era o titulo ... hoje  um post da Sofia Rijo no A vida de saltos altos fez-me lembrar esse dia .. o essencial do meu post era o seguinte:

 

... esta conversa toda fez-me lembrar um livro que li de uma só vez numa noite de natal, comecei  a seguir ao jantar e terminei por volta das 5 da manhã... acho que foi o único livro que li de uma só vez, de fio a pavio. O amor dos tempos de cólera, de Gabriel Garcia Marquez. Há uma parte da historia em que o protagonista fala das coisas que fez por amor, começou por falar dos concursos de urinar mais longe ou com mais pontaria, da forma como conseguia acertar  no gargalo de uma garrafa a dois ou três metros de distancia, e sem deixar cair um pingo para fora... e terminou a dizer, que por amor, quando a idade fez com que essa pontaria e precisão começassem a falhar, e porque a sua amada não gostava dos pingos na sanita, ele mijava sentado.

 

Como podemos ver, gajo que é gajo mija de pé, mas por amor fazemos qualquer coisa, até mijar sentado..e estamos a falar de um qualquer macho latino-americano.... e de uma das mais belas histórias de amor que já se escreveram.

 

Mas dizia a Cigana, que gaja que é gaja mija sentada.... foi aí que me lembrei da dona Alzira, que morava numa casa muito velha e que alguma vez fora pintada de um cor de rosa escuro. A Dona Alzira era uma mulher dura, sozinha amanhava todo o quintal à volta da casa, batatas, cebolas, favas, tremoços, milho, feijão, abóboras.. tudo. No Outono víamos a Dona Alzira chegar do monte, carregada com troncos que ela mesma converteria nas achas que assegurariam o calor  para combater o frio inverno que só nas casas antigas se consegue sentir.

 

Frente à velha casa de rosa desbotado, havia um largo onde com improvisadas balizas jogávamos à bola, um dia, quando a meio do jogo a bola fugiu para o quintal da dona Alzira, calhou-me em sorte subir ao muro para a ir buscar. Subi e olhei, a Dona Alzira preparava os regos para plantar as batatas, de repente parou, abriu as pernas e por entre as longas saias que chegavam quase até ao chão, ouvi a longa cascata..... amiga Cigana, talvez fossem outros tempos, os tempos em que se utilizavam sete saias mas não se utilizavam cuecas, mas ao menos nesse tempo, as mulheres mijavam de pé!

 

Os comentários são simplesmente deliciosos, muito mais divertidos que o post em si... mas destaco este da Smootha:

Ó Jorge... Tu e a Cigana devem ler pensamentos... (bem, ela deve ter bola de cristal )

Sempre que está frio, é quando mais vontade tenho de fazer visitinhas ao wc.
E como é de calcular, quem se senta para fazer o seu xixizito, tem de expôr o rabiosque à temperatura exterior... 
Ora hoje, após a 3ª ou 4ª mija, lembro-me de estar sentada na sanita e pensar: "Que inveja dos gajos... mijam de pé!"

 

Ao contrário do que diz a Sofia Rijo no seu post... pelo menos no inverno... há quem tenha alguma inveja.

 

Mas há quem tenha pensado no assunto, aposto que foi uma mulher....e  para que deixem mesmo de ter frio... alguém inventou isto:

 

 

Há ideias mesmo para tudo, haja imaginação...e quem compre!
Jorge Soares

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:38


Ó pra mim!

foto do autor



Queres falar comigo?

Mail: jfreitas.soares@gmail.com






Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D