Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Partos em casa? sim ou não?

por Jorge Soares, em 12.03.09

Barriga de grávida

Retirada de aqui

 

Um comentário da Su, no post sobre a presença do pai no parto de há dois dias, deixou-me a pensar, dizia ela:

 

bem... eu sou um ser estranho... eu quero ser mãe - medicamente acompanhada é claro - mas em casa. E para tornar a coisa ainda mais bizarra para o comum dos mortais, eu quero dar à luz dentro de água.

 

Susana, não és um ser assim tão estranho, na realidade, como podemos ler no site da associação Portuguesa de Famílias Numerosas, em Portugal o numero de partos em casa está a aumentar muito, já tinha lido sobre isso algures. Para as famílias bem,está a virar moda ter os filhos em casa.

 

Eu, assim como muita gente da minha geração, nasci em casa, com a assistência da parteira do lugar, que não imagino que formação teria, mas que seria de certeza  muito pouca para além da experiencia de vida e uns conhecimentos de ervas. Diz a minha mãe que eu dei muito trabalho para nascer, e que quando finalmente cheguei cá fora já vinha azul e mais para lá que para cá. As coisas foram complicadas mas felizmente para mim terminaram por correr bem... porque caso corressem mal .... não havia muito a fazer, e as probabilidades de ter assistência médica rápida eram muito poucas.

 

Eram tempos complicados, Portugal era um país atrasado, a mortalidade infantil era enorme e imagino que uma grande parte se ficava a dever ao facto de não haver assistência médica adequada no momento do parto.

 

É evidente que vivemos noutros tempos, a assistência está mais próxima e imagino que uma boa parte das pessoas que decide ter os filhos em casa terá posses para ter um médico a assistir, mas mesmo assim.... eu tenho as minhas duvidas. Todos já ouvimos falar que por vezes até nos hospitais privados com assistência médica de primeira e com partos que custam os dois olhos da cara, as coisas correm mal e as grávidas terminam num hospital publico e muitas vezes já é tarde.

 

Quando a R. nasceu, a nossa duvida foi se optávamos por um hospital publico ou privado e nunca nos passaria pela cabeça escolher que os nossos filhos nascessem em casa.... mas admito que haverá muita gente a pensar como a Susana... ainda que me custe entender... porque para mim isso é colocar a vida dos nossos filhos em risco.

 

Ia falar das Doulas..... mas fica para amanhã... que eu não gosto de posts longos.

 

Jorge

PS:Aconselho a leitura do artigo da associação Portuguesa de famílias numerosas...é de veras interessante

publicado às 21:20


Ó pra mim!

foto do autor



Queres falar comigo?

Mail: jfreitas.soares@gmail.com


Posts mais comentados





Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D