Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



caracois.jpg

 

Imagem do Facebook de Acção Directa

 

Antes de mais, eu sou um gajo do norte, nunca provei, não quero provar, caracóis não fazem parte do que eu poderia chamar um petisco, o que não quer dizer que não entenda que existam milhões de pessoas que gostam... também não fazia ideia que vão para o tacho vivos.

 

Quando a imagem acima me apareceu no Facebook eu fiquei a olhar para ela sem decidir se me ria ou não, há coisas que simplesmente não são para levar a sério, por muito séria que uma comunidade chamada Acção directa possa parecer.

 

Eu entendo que as pessoas se revoltem contra a forma como são criados os porcos ou os frangos de aviário, entendo e até concordo que achem que as vacas são um pesadelo a nível ambiental, entendo que exista quem lute contra o poder das multinacionais como a Monsanto e contra os vegetais transgénicos, não concordo com a maioria dos pontos de vista que eles defendem, mas entendo, agora os caracóis?

 

Pronto, eu sei, um caracol é tão ser vivo como um frango ou uma sardinha.... mas salvem os caracóis? a sério?

 

Aposto que a maioria das pessoas que participa nesta campanha nunca plantou nada no campo, bom, eu já plantei e a minha mãe continua a plantar e sabem uma coisa? Os caracóis são uma praga que se não for combatida é capaz de comer uma boa parte do que se planta lá na horta dos meus pais e nas hortas todas do país.

 

Couves, alfaces, ervilhas, tudo o que é vegetal, se não forem combatidos, aqueles bichinhos simpáticos são capazes de dizimar colheitas... ou seja, lá para o norte os caracóis não se comem, mas são dizimados de forma a que não destruam os vegetais que estes senhores que agora os defendem, comem todos os dias....

 

Eu gosto muito de carne, de peixe e gostava de marisco se tivesse dinheiro para ele, tenho amigos e conhecidos vegetarianos e respeito muito as convicções de cada um.... mas salvem os caracóis?... A sério? Então e as alfaces que são comidas vivas e frescas pelos ditos cujos e pelos seus defensores, quem as salva?

 

Jorge Soares

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:26

Imagem da SIC

 

Imagem da Sic 

 

Não, hoje não é o dia das mentiras, mas podia ser, segundo a SIC Vladimir Putin, que acaba de colocar o mundo em alerta ao mandar tropas Russas Invadir a Crimeia, uma província da Ucrânia, é um dos candidatos a receber prémio Nóbel da paz.

 

Para quem não se lembra, ele já tinha feito o mesmo na Geórgia há uns anos atrás, em 2008 a Rússia invadiu as províncias da Ossécia do Sul  e da Abcasia, após uma curta mas sangrenta guerra, as tropas da Geórgia foram esmagadas pelo poderio das armas Russas e nasceram dois novos países que estão sob protecção Russa e que só Moscovo reconhece.

 

Pena que Bin Laden, Sadam Hussein, Kadafi e Pinochet já tenham morrido, ficariam muito bonitos na fotografia dos nomeados ao lado de Putin.

 

Eu fui dos que achei que o a entrega do Nobel a Obama tinha sido muito antes de tempo e um claro exagero, continuo a achar que o senhor não fez grande coisa para o merecer, nem antes, nem depois.... mas convenhamos que ao lado de Putin, Obama é um santo.

 

E assim se vai destruindo o prestigio e a seriedade de um prémio que alguma vez já fez sentido.

 

Jorge Soares

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:31

Sexo, chocolate ou dinheiro?.. elas escolhem

por Jorge Soares, em 04.02.11

Mulheres preferem sexo a chocolate

Mulheres preferem sexo a chocolate... mas dinheiro ainda mais

Como não podia deixar de ser,  a coisa veio da América, e deu para saber que há 27% de mulheres americanas que entre ter garantia de sexo todas as semanas durante 5 anos ou garantia de chocolate durante o mesmo tempo...elas preferem chocolate... das duas uma, ou eles fizeram o inquérito numa igreja, ou isto explica porque é que há tantas americanas gordas e frustradas.

 

A pergunta seguinte era se preferiam mil dólares semanais durante 5 anos ou chocolate grátis todas as semanas durante o mesmo período, está visto que os 9% que prefere o chocolate são as que ainda não perceberam que com 1000 dólares se compra muito chocolate...

 

A lógica diz-nos que a seguir deveriam ter perguntado qual seria a escolha entre sexo e os mil dólares... não perguntaram... se calhar porque é evidente que com mil dólares por semana... arranja-se muito sexo grátis e a resposta seria óbvia... ou, tratando-se de americanos... talvez não.

 

Gostava de saber quem nos Estados Unidos inventa tantos estudos parvos..e de onde sai tanto dinheiro para os financiar.... já sabe, o dia dos namorados está à porta... em caso de duvida, ofereça sexo, ... pelos visto é o que elas preferem mesmo.

 

Vai uma musiquinha? Uma que tem tudo a ver com a actualidade, Cairo!

 

 

 

 

 

Bom fim de semana a todos

 

Jorge Soares

PS:Sexta é dia de parvoíce.. não liguem

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:16

Referendar o quê? a discriminação!

por Jorge Soares, em 05.11.09

 Referendar a discriminação!

 

Já fez um ano que sobre casamentos disse, neste post, o seguinte:

 

"Para mim o facto de viver em sociedade significa que os meus direitos terminam exactamente onde começam os das pessoas que me rodeiam e evidentemente  espero que o resto do mundo se comporte assim quando olha para mim. Dito isto, a mim faz-me alguma confusão que a discussão da lei do casamento entre pessoas do mesmo sexo levante tanta poeira. Do meu ponto de vista, a pessoa com quem nos queremos casar é algo do foro pessoal, quando eu me casei com a P. só lhe perguntei a ela se  queria casar comigo, porque só  ela e a mim nos interessava o assunto, não me passou pela cabeça perguntar a mais ninguém e muito menos que haveria uma lei que permitiria ou não o casamento."

 

Esta semana dei por mim incrédulo a ler noticias em que alguém sugeria um referendo para decidir sobre este assunto, desculpem?... um referendo???!!!!!...  mas estamos parvos ou quê?

 

Sempre achei todo este assunto uma questão de discriminação, cada vez me faz mais confusão porque é que o facto de duas pessoas se casarem pode incomodar tanta gente? E acho ainda mais ridículo aqueles que dizem que essas pessoas até podem viver juntas e ter direitos, mas não se podem casar... afinal, que diferença faz um papel? O que os incomoda é o facto de as pessoas assinarem um papel? E querem fazer um referendo para ver se eles podem ou não assinar o papel?, mas estão todos parvos ou quê?

 

Nestes dias nos comentários deste post  do Pedro no Vilaforte, alguém falava da perca do  conceito de família,  repito aqui o que disse lá:

 

Para mim o conceito de família não tem nada a ver com casamento, sempre existiram famílias muito antes de existirem casamentos, o casamento é só um papel, um contrato assinado entre duas pessoas, que é perfeitamente dispensável para qualquer família. O que define o conceito família não é o papel que as pessoas assinaram, é a partilha e a convivência e para isso não é preciso papel nenhum assinado.

 

Toda esta discussão à volta dos direitos das pessoas a casarem-se ou não, não passa de conservadorismo triste e de um enorme sinal de que existe neste país muita gente que se escuda em supostos valores para discriminar quem não pensa ou age de acordo como eles. E pensava eu que tudo isso tinha acabado há 35 anos atrás, há coisas que demoram mesmo muito tempo a mudar.

 

Evidentemente esta sugestão de referendar este assunto é de quem já esgotou os argumentos válidos para poder discutir e se tenta socorrer do suposto conservadorismo do povo para impor os seus pontos de vista.

 

Aceitam-se sugestões para  coisas que não interessam a ninguém para serem referendadas.

 

Jorge Soares

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:33


Ó pra mim!

foto do autor



Queres falar comigo?

Mail: jfreitas.soares@gmail.com






Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D