Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Passos Coelho e a prova do Mito

por Jorge Soares, em 09.06.15

 

 

Por exemplo, aos professores excedentários que temos, e temos muitos, aconselharia a abandonarem a sua zona de conforto e a procurarem emprego noutro sítio?

- Em Angola e não só. O Brasil também tem uma grande necessi-dade, ao nível do ensino bási-co e secundário, de mão--de-obra qualificada. Sabemos que há muitos professores em Portugal que não têm, nesta altura, ocupação. E o próprio sistema privado não consegue ter oferta para todos. Estamos com uma demografia decrescente, como todos sabem, e, portanto, nos próximos anos haverá muita gente em Portugal que, das duas uma, ou consegue nessa área fazer formação e estar disponível para outras áreas ou, querendo manter-se sobretudo como professores, podem olhar para todo o mercado de língua portuguesa e encontrar aí uma alternativa.

 

 

Pois.. o mito

 

Jorge Soares

publicado às 20:10

Todas as cartas de amor são ridículas

por Jorge Soares, em 28.04.13

 

 

Todas as cartas de amor são
Ridículas.
Não seriam cartas de amor se não fossem
Ridículas.

Também escrevi em meu tempo cartas de amor,
Como as outras,
Ridículas.

As cartas de amor, se há amor,
Têm de ser
Ridículas.

Mas, afinal,
Só as criaturas que nunca escreveram
Cartas de amor
É que são
Ridículas.

Quem me dera no tempo em que escrevia
Sem dar por isso
Cartas de amor
Ridículas.

A verdade é que hoje
As minhas memórias
Dessas cartas de amor
É que são
Ridículas.

(Todas as palavras esdrúxulas,
Como os sentimentos esdrúxulos,
São naturalmente
Ridículas.)


Álvaro de Campos, 21/10/1935



Todas as cartas do Governo são rídiculas


Jorge Soares

publicado às 22:12

Doentes diabéticos passam 12 horas sem alimentação no hospital de Viseu

 

Imagem do DN 

 

O mesmo estado que assume as dívidas de Victor Baia e Duarte Lima ao BPN, é o que insiste nos cortes no orçamento da saúde que já levaram a que no Hospital de Viseu tenha sido retirado aos doentes diabéticos o suplemento alimentar que lhes era fornecido todos os dias por volta das 23 horas de forma a garantir que não entrassem em hipoglicemia.

 

Segundo os profissionais de saúde do Hospital, sem este reforço alimentar muitos dos doentes passam perto de 12 horas, desde as 8 da noite  às 8 da manhã, sem se alimentarem, sendo que já houve casos em que foram encontrados doentes descompensados. Para além da comida, foi também retirada a água engarrafada que era fornecida pelo hospital.

 

A diabetes é uma doença caracterizada pela incapacidade do organismo produzir insulina, ou de utilizá-la adequadamente, e pela presença de concentrações elevadas de glicose no sangue, uma vez que a insulina é a "chave" que abre a "porta" por onde a glicose entra nas células. Se houver falta de insulina a glicose permanece no sangue em vez de fornecer energia às células.

 

Para além dos tratamentos, uma alimentação cuidada e adequada é fundamental para reduzir os riscos das complicações a longo prazo.

 

Imagino que estas medidas estejam enquadradas no "Custe o que custar" a que se referia Pedro Passos Coelho quando garantia que seriam cumpridas as medidas da troika... 

 

Update: Segundo um comentário deixado neste post, nada disto é verdade, espero sinceramente que assim seja, tenho o DN por um jornal credível, mas prefiro dar o beneficio da dúvida ao hospital.

 

Jorge Soares

publicado às 21:22


Ó pra mim!

foto do autor



Queres falar comigo?

Mail: jfreitas.soares@gmail.com






Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D