Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



MIMA House

 

Imagem do Publico 

 

Não tem sido fácil manter a promessa de ter pelo menos um post positivo por semana, primeiro porque nem sempre é fácil encontrar o assunto certo, segundo porque ao tentar manter o hábito de só escrever um post por dia, há sempre muitas coisas de que falar... bom, hoje é dia.

 

No público encontrei o seguinte:

 

Em poucos meses, o projecto da premiada MIMA House, de dois jovens arquitectos de Viana do Castelo, passou da fase experimental para a de comercialização. 

 

Uma das coisas que costumo dizer é que ao contrário do que muita gente insiste em pensar, a solução para o futuro do nosso país não pode nem deve passar por tentar que o tempo volte para trás. Raramente tivemos, não temos e dificilmente teremos capacidade de competir com países com muitos mais recursos e com muita mais mão de obra que o nosso.  E isto é válido para a industria, para a agricultura e para muitas outras áreas.

 

A solução terá sempre que passar por olhar em volta, ver quais as nossas capacidades e recursos e tentar tirar o melhor proveito deles, ver em que podemos ser tão bons ou melhores que os outros e apostar nisso. 

 

É claro que quando falo de recursos, estou a incluir as pessoas. Estes dois jovens de Viana do Castelo conseguiram transformar uma ideia num projecto de sucesso e mostraram ao mundo que no nosso país existem ideias e pessoas com a capacidade de produzir coisas úteis. É claro que terem sido premiados com o Building of the Year do site de arquitectura ArchDaily ajudou, mas sem ideias e sem trabalho não há prémios.

 

Quem diz que não há futuro para o nosso país?, o futuro somos nós que o construímos.

 

Jorge Soares

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:04

Olhar para o futuro com alguma esperança III

por Jorge Soares, em 23.02.12
Olhar para o futuro com alguma esperança

 

Imagem minha do Momentos e Olhares

 

Por vezes temos aa tendência a olhar para o lado negro das coisas e esquecer que para além do que vemos existe muito mais para ver, não é fácil ser optimista nos tempos que correrm, mas não há forma de olharmos para este vídeo sem colocar um sorriso nos lábios e sentir orgulho do sitio onde nascemos e/ou vivemos.

 

Quando olhamos com olhos de ver o que descobrimos é que somos um país rico, porque um lugar assim, não pdoe ser um lugar pobre... só temos é que aprender a explorar a nossa maior riqueza, o sitio abençoado pela natureza em que vivemos.... 

 

 

 

Eu tinha prometido que ia trazer para cá posts positivos.... este é o terceiro, vamos lá acreditar em nós e no futuro...

 

Jorge Soares

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:27

Olhar para o futuro com alguma esperança II

por Jorge Soares, em 26.01.12

Portugueses distinguidos nos estados Unidos

Imagem do Público 

 

Este era o post que ia escrever ontem,  como a maioria, estou cansado de más noticias, de crise, de políticos, de medidas de austeridade, não é fácil hoje em dia encontrar coisas positivas das que falar ...se já éramos vistos como um povo triste e melancólico, não sei como nos verão agora....

 

Ontem decidi que não quero fazer parte de  tudo isto, não será fácil, mas quero propor-me ainda que seja uma vez por semana falar de algo positivo, de algo bom, de algo que nos distinga como seres humanos, como cidadãos, como país.....

 

A noticia de hoje diz o seguinte:

 

Cinco cientistas portugueses e uma investigadora norte-americana que trabalha em Portugal foram premiados pelo Instituto Médico Howard Hughes, dos Estados Unidos, com montantes no valor de 518.000 euros para a sua investigação, numa lista internacional de 28 premiados reconhecidos por serem “futuros líderes científicos nos seus países”. Os prémios vão ser utilizados na investigação em parasitologia, neurociências, comunicação entre bactérias, metabolismo celular e envelhecimento.

 

 

E assim de repente ficamos a pensar que apesar de tudo, há esperança...mesmo que pareça que a luz ao fundo do túnel está cada vez mais distante, sabemos que há entre nós gente capaz de fazer as coisas andarem, gente capaz de construir um futuro melhor para este país.... e quero acreditar que haverá muitos mais como estes, quero acreditar que apesar de tudo, algo de bom saiu de tanto que se investiu em educação e formação nos últimos anos... e que um dia, esta gente será capaz de pegar neste país e fazer dele algo muito melhor para nós e os nossos filhos.

 

Jorge Soares

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:45

Não desistas, por Portugal

por Jorge Soares, em 26.10.11

 

Eu ia falar de mais coisas tristes, estas por exemplo, mas acho que hoje preciso de algo positivo... vamos pensar positivo.... vamos acreditar que podemos construir um país positivo... sim?

 

E sim, eu sei que para quem não está na posição daquelas pessoas, para quem não tem emprego e/ou salário, não é fácil pensar positivo... mas só hoje, vamos pensar positivo....  porque mesmo esses, se não acreditarem, não vão conseguir lutar para conseguirem ter um futuro... vamos pensar positivo.. ok????

 

Jorge Soares

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:30


Ó pra mim!

foto do autor






Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D