Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



... um carinho no momento preciso ....

por Jorge Soares, em 09.06.11

 

Valorizar as pequenas coisas

 

Imagem Minha do Momentos e Olhares

 

No fim tu hás de ver que as coisas mais leves são as únicas
que o vento não conseguiu levar:
um estribilho antigo
um carinho no momento preciso
o folhear de um livro de poemas
o cheiro que tinha um dia o próprio vento...

 

Mário Quintana

 

E de que é feita a vida senão de pequenas coisas?

 

Setúbal, Maio de 2011

Jorge Soares

 

PS:Quando estiver a ler isto estarei algures a gozar os feriados... bom Feriado e bom fim de semana

publicado às 21:03

O país das pequenas coisas.

por Jorge Soares, em 29.06.08

Dar sangue

 

Na sexta fui dar sangue, o médico que fez a consulta obrigatória, estava bem disposto e era filosofo, a conversa foi mais ou menos assim:

 

-Alguma coisa importante a declarar?
-Não, eu sou uma pessoa que não tenho grandes problemas
-Só coisas pequenas?
-Sim! - disse eu, a pensar nas raras gripes.
-Sabe, somos um país de pequenas coisas. Você por exemplo, tem a tensão um bocadinho alta, está ali no limite,.. de certeza que tem um bocadinho de colesterol, não muito, mas um bocadinho, está um bocadinho obeso, nada de mais, mas um bocadinho, e de certeza que é um bocadinho sedentário...
-Eu pratico Karaté duas vezes por semana.
-Muito bem, mas sabe, somos assim, só pequenas coisas, se  o seu colesterol estiver nos 350 é tratado, como está nos 220,.... vai andando, a sua tensão está no limite, se estivesse mais alta, era tratada, o seu peso não é muito alto.. mas é alto.... é como eu digo, só pequenas coisas, que vamos deixando andar.

 

Lá terminou a consulta e eu fui para  maca dar sangue, enquanto lá estava fiquei a pensar, realmente somos o pais das pequenas coisas, das muitas coisas sem importância, que no fundo, nos tornam num país pequeno, que não avança.

 

O combustível aumenta um bocadinho de cada vez, muitas vezes, e nós vamos pagando, se pudermos todos fugimos um bocadinho aos impostos, é só um bocadinho, não faz mal. Todos devíamos pedir sempre factura de tudo, mas lá vamos facilitando um bocadinho,e muitas vezes não pedimos, é só um bocadinho, não faz mal. Todos devíamos respeitar a velocidade, mas não respeitamos.....

 

Podia dar muitos mais exemplos, todos achamos que somos só nós e não faz mal, que não é aquilo que faz a diferença, mas na realidade, faz, porque todos juntos, tornamos os nossos bocadinhos num enorme todo, que faz a diferença entre um país desenvolvido e moderno e o país que somos.

 

Já agora, dar sangue é um acto de amor, dê sangue!

 

Jorge

PS:Imagem retirada da internet

publicado às 21:44


Ó pra mim!

foto do autor



Queres falar comigo?

Mail: jfreitas.soares@gmail.com






Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D