Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Pessoas que fazem a diferença

 

 

Imagem do Facebook Senhor da Portagem

 

 

Na cabine da portagem há um homem que sorri, o que faz dele um herói. Basta um simples sorriso, um piropo, uma frase amável, para mudar a indiferença que pauta o corropio dos dias. Do alto de uma cabine da portagem da ponte 25 de Abril, um homem toca a vida de milhares. Que agora lhe agradecem.

 

Há pessoas que nascem para fazer a diferença, ser portageiro deve ser das coisas mais chatas e monótonas que há, passar o dia  a respirar o fumo dos milhares de carros, a dar e receber dinheiro e trocos, não deve ser  a profissão de sonho de muita gente... Nas portagens da ponte 25 de Abril há alguém que mesmo nesta profissão à primeira vista tão chata, consegue fazer a diferença.

 

E nem é preciso muito para fazer uma enorme diferença, são pequenos gestos: um olá, um sorriso, uma palavra alegre, um piropo... tudo pequenas coisas que para quem todos os dias começa o seu dia enfrentando enormes filas de trânsito, podem fazer toda a diferença.

 

Estas pequenas coisas fazem a diferença ao ponto de que há quem se preste a estar mais tempo na fila da portagem, ou a pagar mais só para ter a sorte de passar pela sua cabine e começar o dia com um desses gestos.

 

Há quem vá pelo mundo a fazer grandes coisas que não fazem diferença nenhuma para ninguém e há pessoas, como o senhor da portagem, que com pequenos gestos fazem a diferença e tocam no coração milhares de pessoas todos os dias.

 

Na realidade todos deveríamos ser como o senhor Samuel, numa sociedade cada vez mais fechada e individualista são pessoas como ele que nos recordam que ao contrário do que tantas vezes sentimos, não estamos sós... e que basta um sorriso, um olá, um bom dia, para fazer alegrar o dia a alguém. Pagar a portagem demora alguns segundos, pelos vistos é o tempo suficiente para deixar uma marca perdurável.

 

Como seria melhor o mundo se todos fossemos como ele.

 

Alguém se deu ao trabalho de criar uma página no Facebook sobre ele, é aqui.

 

Jorge Soares

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:00

Quem tem medo da Ponte 25 de Abril?

por Jorge Soares, em 15.10.13

Ponte 25 de Abril

Imagem de aqui

 

Passei uma boa meia hora à procura de imagens do que se passou à entrada da praça das portagens no dia  24 de Junho de 1994, eu tenho frescas na memória as imagens de uma A2 completamente cheia de carros parados atrás dos camiões que vemos ali na fotografia. É dificil esquecer as imagens das cargas policiais que durante horas e até bem entrada a noite tentaram calar a revolta que era ali mais que evidente.

 

O que se passou na ponte naquele dia e nos dias seguintes terá sido o fim de uma época no PSD, foi o inicio do fim do cavaquistão, nas legislativas seguintes o país deu a maioria ao PS e só passados quase 10 anos o PSD voltaria a levantar cabeça.

 

Em 1994 a internet ainda era pouco mais que um projecto de rede global, talvez por isso seja tão difícil encontrar as fotografias do que se passou naqueles dias, mas pelos vistos há muita gente com essas memórias bem frescas principalmente dentro do PSD.

 

O governo pode dar as explicações que quiser, pode deitar a culpa para a Polícia, para a Lusoponte, para o conselho de segurança da ponte, pode dizer o que bem entender, até que nunca houve manifestações na ponte, a verdade é que a manifestação não vai atravessar a Ponte 25 de Abril porque há pessoas dentro do PSD com a memória bem fresca daqueles dias de há 19 anos atrás.

 

Depois de não sei quantas marchas e maratonas, algumas com mais de 10000 participantes, que se realizaram na ponte sem nenhum tipo de problema, não há forma de entender que alguém alegue a falta de segurança para a realização desta manifestação. 

 

Hoje a CGTP decidiu trocar a marcha na ponte por uma concentração em Alcântara, acho que foi uma decisão sensata, uma coisa é uma manifestação surpresa de camiões que consegue bloquear completamente o trânsito, outra muito diferente é tentar forçar a passagem pela policia de choque com uma marcha que se deseja pacifica.

 

Resta saber quem no governo tem medo da Ponte 25 de Abril e do que ela siginifica na memória do povo Português.

 

Jorge Soares

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:50


Ó pra mim!

foto do autor



Queres falar comigo?

Mail: jfreitas.soares@gmail.com






Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D