Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



O País da Alexandra é o nosso país!

por Jorge Soares, em 09.04.14

Alexandra Lucas Coelho

 Imagem do Público

 

"Eu gostava de dizer ao actual Presidente da República, aqui representado hoje, que este país não é seu, nem do governo do seu partido. É do arquitecto Álvaro Siza, do cientista Sobrinho Simões, do ensaísta Eugénio Lisboa, de todas as vozes que me foram chegando, ao longo destes anos no Brasil, dando conta do pesadelo que o governo de Portugal se tornou: Siza dizendo que há a sensação de viver de novo em ditadura, Sobrinho Simões dizendo que este governo rebentou com tudo o que fora construído na investigação, Eugénio Lisboa, aos 82 anos, falando da “total anestesia das antenas sociais ou simplesmente humanas, que caracterizam aqueles grandes políticos e estadistas que a História não confina a míseras notas de pé de página”.

 

Este país é dos bolseiros da FCT que viram tudo interrompido; dos milhões de desempregados ou trabalhadores precários; dos novos emigrantes que vi chegarem ao Brasil, a mais bem formada geração de sempre, para darem tudo a outro país; dos muitos leitores que me foram escrevendo nestes três anos e meio de Brasil a perguntar que conselhos podia eu dar ao filho, à filha, ao amigo, que pensavam emigrar.

 

Eu estava no Brasil, para onde ninguém me tinha mandado, quando um membro do seu governo disse aquela coisa escandalosa, pois que os professores emigrassem. Ir para o mundo por nossa vontade é tão essencial como não ir para o mundo porque não temos alternativa.

 

Este país é de todos esses, os que partem porque querem, os que partem porque aqui se sentem a morrer, e levam um país melhor com eles, forte, bonito, inventivo. Conheci-os, estão lá no Rio de Janeiro, a fazerem mais pela imagem de Portugal, mais pela relação Portugal-Brasil, do que qualquer discurso oco dos políticos que neste momento nos governam. Contra o cliché do português, o português do inho e do ito, o Portugal do apoucamento. Estão lá, revirando a história do avesso, contra todo o mal que ela deixou, desde a colonização, da escravatura.

 

Este país é do Changuito, que em 2008 fundou uma livraria de poesia em Lisboa, e depois a levou para o Rio de Janeiro sem qualquer ajuda pública, e acartou 7000 livros, uma tonelada, para um 11º andar, que era o que dava para pagar de aluguer, e depois os acartou de volta para casa, por tudo ter ficado demasiado caro. Este país é dele, que nunca se sentaria na mesma sala que o actual presidente da República.

 

E é de quem faz arte apesar do mercado, de quem luta para que haja cinema, de quem não cruzou os braços quando o governo no poder estava a acabar com o cinema em Portugal. Eu ouvi realizadores e produtores portugueses numa conferência de imprensa no Festival do Rio de Janeiro contarem aos jornalistas presentes como 2012 ia ser o ano sem cinema em Portugal. Eu fui vendo, à distância, autores, escritores, artistas sem dinheiro para pagarem dividas à segurança social, luz, água, renda de casa. E tanta gente esquecida. E ainda assim, de cada vez que eu chegava, Lisboa parecia-me pujante, as pessoas juntavam-se, inventavam, aos altos e baixos.

 

Não devo nada ao governo português no poder. Mas devo muito aos poetas, aos agricultores, ao Rui Horta que levou o mundo para Montemor-o-Novo, à Bárbara Bulhosa que fez a editora em que todos nós, seus autores, queremos estar, em cumplicidade e entrega, num mercado cada vez mais hostil, com margens canibais.

 

Os actuais governantes podem achar que o trabalho deles não é ouvir isto, mas o trabalho deles não é outro se não ouvir isto. Foi para ouvir isto, o que as pessoas têm a dizer, que foram eleitos, embora não por mim. Cargo público não é prémio, é compromisso.

 

Portugal talvez não viva 100 anos, talvez o planeta não viva 100 anos, tudo corre para acabar, sabemos, Mas enquanto isso estamos vivos, não somos sobreviventes."

 

Alexandra Lucas Coelho

 

Discurso proferido na entrega do prémio APE pelo romance E a Noite Roda

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:15

Estamos a ficar mais sós ou mais acompanhados?

por Jorge Soares, em 25.03.09

O post de ontem saiu um bocado estranho, mas pronto, ultimamente posts estranhos é mesmo comigo.....  mas gostei dos comentários. Dizia a Smootha neste Post, que eu sou Jovens que pensamum jovem que penso ... não sei se me deixa mais feliz o prémio ou a parte do ser um Jovem... mas pronto... a Smootha é uma daquelas amigas.... Para mim o blog só faz sentido se for um espaço de partilha de ideias, se eu e quem por aqui passa, pudermos pensar e partilhar ideias...    hummm, onde é que eu ia?... Já sei.

 

Ia falar dos comentários ao post de ontem, dizia a Iris o seguinte:

 

A minha sobrinha apenas tem 7 anos e também recebeu um Magalhães e já faz tudo só. Utilizei só por isso mesmo, porque acho que com a tecnologia de hoje, os miúdos estão cada vez mais a só, todos nós estamos mais sós, mesmo quando escrevemos em blogs, mesmo quando respondemos às mensagens uns dos outros, mesmo quando nos ligamos através de twiters , e msn's , e facebooks , e hi5 , e outros que tais... estamos desesperadamente sós. 

Iludimo-nos que vivemos numa sociedade de comunicação e esquecemos simplesmente que essa comunicação é virtual, um conjunto de monólogos que se tentam fazer ouvir, porque não existe algo básico e primordial, o contacto humano, o toque...

 

Mundo virtualSim e não, sim, a tendência é a centrar cada vez mais a nossa vida à volta dos computadores e das tecnologias, como dizia ontem, a vida mudou muito nos ultimos anos, a forma como vemos e vivemos o mundo mudou radicalmente, e não me parece que a mudança fique por aqui ou tenda a abrandar... mas não acho que isso signifique mais solidão ou isolamento.

 

A tecnologia é como tudo na vida, irá influenciar-nos até ao ponto em que cada um de nós o permita. Ao contrário do que diz a Iris, eu não acho que estejamos cada vez mais sós, pelo contrário, estamos cada vez mais próximos. A comunicação pode ser tão real ou virtual como o desejemos, eu tenho conhecido excelentes pessoas por aqui, pessoas que valem porque pensam.... mas acredito que exista quem se refugie atrás das palavras e se esconda debaixo delas.

 

É claro que se não tivermos cuidado, as  coisas podem-se descontrolar, eu  já não tenho paciência para mais redes sociais, chegou um ponto em que disse basta. São os blogs, o messenger, o Hi5, o facebook, o netlog, o Linkedsis, o twiter, e vários mais... chega a um ponto em que temos que decidir.... eu decidi que ficava pelo messenger... não há pachorra para mais.... nem pachorra nem tempo... mas estou longe de me sentir só.

 

Quanto ao resto do Post, estou mais de acordo com  a Zaka, quando ela diz que só abrimos a porta da nossa vida até onde queremos, que com o Oscarito.... não sou assim tão pessimista, a natureza tem sempre tendência para o equilibrio e cada acção tem como resposta uma reação, mais tarde ou mais cedo o ser humanos tem tendência ao equilibrio...a sociedade está longe da decadência.

 

Ou seja, há que ser optimistas e aproveitar para pensar

 

Quanto á parte do tema SEXO, amiga Flor... pois, és uma querida 

 

Jorge

PS:O problema das comunicações cá em casa foi devido a que alguém decidiu desligar um cabo porque não estava marcado...e o contrato com o novo fornecedor de serviços já está tratado...e a carta para a Netcabo a explicar porquê...também.

PS2:Todas as pessoas que costumam comentar por aqui.... são jovens que pensam...sintam-se à vontade para levar o prémio.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:07

A espera:O que mudaria na adopção em Portugal?

por Jorge Soares, em 20.02.09

 

todos diferentes...todos iguais

http://img138.imageshack.us/img138/8826/3multi6id2.jpg

 

Esta semana foi meio complicada por estes lados, aconteceu um pouco de tudo, desde uma miuda que espetou um alfinete num pé até ao osso, até um carro que decidiu não pegar mesmo....  

 

A meio da tarde reparei que a Mieepe me deixou um prémio lá no Mieepe Koud, recebi o recado aqui e fui lá espreitar, fiquei meio sem jeito e completamente sem palavras..... com isto:

Jorge - um homem que luta por direitos que tanto me tocam: a Adopção

 

Obrigado Mieepe, eu costumo dizer que as pessoas que adoptam são especiais..... pessoas como tu e a Susana, fazem-me pensar que as adoptadas também.

 

Ao fim da tarde, enquanto esperava o reboque, a P. contava-me que ligou para a Segurança Social de Setúbal, passou mais uma semana e o nosso relatório para a adopção internacional que está pronto há um mês e já deveria estar a caminho de Cabo Verde, continua em cima da secretária da responsável para assinatura.... um mês para assinar um relatório? Agora percebo porque recebemos no fim de Janeiro, um documento que tinha data de Novembro. A responsável da segurança social de Setúbal demora meses a assinar um simples documento...e entretanto as pessoas esperam....e o que é pior...as crianças esperam.

 

No Sábado passado estive em Sesimbra numa conversa sobre adopção promovida pelo Bloco de esquerda, a dada altura uma das pessoas perguntou o que mudariamos nos processos de adopção para que as coisas funcionassem.....a minha resposta foi imediata.... AS PESSOAS. O problema da adopção me Portugal está em primeiro lugar nas pessoas, nas assistentes sociais, nos responsáveis da Segurança Social, nos responsáveis dos centros de acolhimento, nos juizes de familia.....

 

O problema não está na lei, nem na burocracia, ao contrario do que as pessoas pensam, o processo de adopção é uma coisa simples e lógica, ... mas é evidente que não há lei ou processo simples que resista a assistentes sociais que continuam a falar  dos seus candidatos e das suas crianças, ignorando completamente as listas nacionais. Não há lei que resista a responsáveis que demoram meses a colocar uma simples assinatura num documento. E sobretudo, as crianças continuarão institucionalizadas a vida toda enquanto toda esta gente dê primazia às familias biológicas, mesmo que estas se estejam a marimbar para os filhos e não apareçam nunca.

 

Talvez a minha seja uma luta inglória e um pouco egoista, afinal eu estou a lutar pelos meus filhos,.... mas faço o que posso, pelo menos enquanto me restarem blogs e letras...e a vocês que me leem, vos restar paciência para me aturar.

 

Jorge

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:14

Prémio

http://www.20minutos.es/data/img/2006/04/06/399847.jpg

 

 

Sabem aqueles dias em que por mais que tentemos as coisas não saem?...as letras teimam e em lugar de frases com jeito e sentido só formam palavras que juntas não dizem nada?... bom, hoje é um desses dias, não sei bem porquê, mas as ideias vão e vem e no fim...todos aqueles temas que dariam uns fantásticos posts...hoje parecem-me simplesmente parvoíces. É claro que qualquer bom escritor transforma uma parvoíce qualquer num post com centenas de comentários.....deixo isso para eles.... hoje, vou falar de blogs.

 

Estou a dever posts com agradecimentos e encaminhamentos de prémios e desafios a muita gente, assim de repente lembro-me de:

 

 

A  Inês do Assim me encontro,

A Fátima do Estou estupefacta

A Pessoinha do Riscos e Rabiscos

A Paola do Ponto de Admiração

A Caracolinho do Simplesmente meu

A Sónia do Os livros que ninguém quis dar a ler

A Dona Flor do A Alma da Flor e do Florbytes

A Smootha do Lua Secreta

A Mieepe do Mieepe Koud

A Xana do Blue Eyes

O Taz de A quinta do taz

O Carlos do Um breve olhar

 

Tenho a certeza que me esqueci de alguém..... se assim for, por favor avisem... que eu faço o update do post... não quero ninguém chateado. Deixo a todos o meu enorme agradecimento e  carinho, porque para além de mais, são blogs que leio todos os dias com um enorme prazer. Já há algum tempo que decidi que não vou entrar em correntes, nem em selos, mas é com um enorme orgulho que vejo que as pessoas se lembram de mim, isso significa que algo fica do que aqui vou escrevendo, ... e que algo de tudo isto faz sentido. 

 

 
Vou ser sincero, nunca percebi muito bem o objectivo dos prémios e selos que pululam pela blogosfera, é claro que é sempre bom saber que alguém acha que o meu blog é de Ouro, ou que eu sei comentar, ou que..., mas eu termino sempre por ter muitas dificuldades em nomear 5, ou 6, quando leio 15 ou 20..e se os leio é porque os acho todos bons.... depois terminamos sempre por ser injustos, ou por deixar alguém triste.....e para quê?
 
Imagino que a primeira pessoa que inventou um selo para blogs, o fez porque achou que era uma excelente forma de ter links....e na verdade funciona, se eu for ali ao Technorati vejo que uma grande parte dos links vem de prémios e desafios...mas vem de pessoas que por norma já tem o link no blog....lá se foi a utilidade... de modo que eu recebo de todo o coração todos os prémios que me dão... são sinal de carinho e amizade...mas peço desde já desculpa..não os vou passar.
 
Quanto aos desafios, bom.... aqueles que realmente sirvam para que as pessoas me conheçam, aqueles que de verdade puxem pela minha imaginação, esses vou fazer.... no dia em que me mandarem abrir um livro na página X e ler a linha Y....e pá, desculpem lá.... mas é para ignorar...  não.
 
Ia falar sobre as tags... mas fica para outro dia... digo é que as utilizem, porque principalmente no caso dos blogs do SAPO as tags são uma excelente ferramenta para a arrumação dos blogs e se bem utilizadas, para trazerem leitores... que é o que todos queremos... ou não?
 
E para quem não tinha nada a dizer neste dia.... já falei de mais.
 
De novo o meu muito obrigado a todos os que se lembram de mim..e em especial aos que gastam uns segundos das suas vidas a ler as parvoíces que eu para aqui despejo.
 
Tenho dito
 
Jorge
PS:Era engraçado que o corrector ortográfico do SAPO funcionasse de vez em quando, não acham?
 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:50

Desafio e prémio

por Jorge Soares, em 04.10.08
A Pepita lançou-me um desafio... é engraçado, portanto aqui está.
 
Comida: Grelhados, peixe ou carne, mas grelhado.. please!
 
Clube: Porto
 
Estação do Ano: Primavera
 
Música: muita e todos os estilos
 
Animal preferido: Gato
 
Escritor: Miguel Sousa Tavares, Isabel Allende, Gabriel Garcia Marquez, Mário Vargas Llosa, João Aguiar e ultimamente Anita Shreve.... mas se o livro for bom... pode ser qualquer um.
 
Vinho: Os da península de Setúbal e os verdes.
 
Árvore: Castanheiro
 
Filme: 9 semanas e meia
 
Monumento:O mundo é um monumento... gosto dele
 
País: Portugal
 
Cidade: Setúbal, Caracas, Aveiro, Praga, Helsinkia, Paris, Ribadesella, A Corunha....etc,etc...
 
Livro: A tia Julia e o escrevedor, a Casa dos espiritos, A Voz dos Deuses.
 
Perfume: às vezes
 
Fruto: Pêssego
 
Flor: Silvestres
 
Cor: Azul
 
Peça de roupa: t´shirt + jeans
 
Programa TV:  Todos as série de investigação criminal... JAG
 
Carro: Qualquer um desde que seja Toyota!
 
Maior qualidade: amigo do meu amigo
 
Maior Defeito: Alguém diga!
 
Nome Feminino: Raquel
 
Nome Masculino: Nuno
 
Sonho para a Vida: viver até ver os meus filhos encaminhados na vida (Boa Pepita!)

  

 

A Gaja com o nome do blog mais original da blogosfera, digam lá que Perfume das palavras não é o nome certo para um blog?.... e a minha amiga que é a unica flor com  Alma amargurada que conheço, deixaram-me este prémio:

 

 Prémio

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Bom, como sempre a malta toda que está ali na lista da esquerda, está nomeada e desafiada.... façam favor

 

Jorge

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:22

Dia de vídeo..e prémio!

por Jorge Soares, em 20.06.08

Diz o Taz, do Só porque me apetece, que eu sou um gajo que sei comentar...e que isso merece um prémio... bom, há pelo menos mais uma pessoa que já me disse o mesmo.... portanto, eu acho que deve ser verdade

 

 

Hoje vou fazer uma excepção, e vou passar mesmo o Prémio a:

 

*Curtas Metragens*, (João)

Alma da Flor (Flor)

A espuma dos dias

A opinião (Ana)

Assim me Encontro ( inês)

A Vidinha da S@rit@(Sara)

Blue Eyes (Xana)

C911eUtopias

Cigana

Crisalida (LU)

Dedicado aos meus Anjos(Patricia)

Estou estupefacta

Maracujá(Antonio)

O incrivel Diário da Carochinha

 Os livros que ninguém quis dar a ler (Sónia)

Pepita

Ponto de admiração

Riscos e Rabiscos (Pessoinha)

Salpicos de Luz (Mia)

Sorriso da Lua (sofia)

Simplesmente meu...em Espanha (Leuviah)

Teia d'Aranha (Beta)

Cometa (Duas ideias)

 

Espero não me ter esquecido de ninguém.... e sei que há pessoas nesta lista que não gostam destes prémios, mas eu gosto dos seus comentários :-)

 

Agora vamos ao vídeo.. que plagiei ao Taz.,  há que tempo que não ouvia esta musica:

 

Inner Circle - Sweat (A La La La La Long)

 

 

 

Taz, obrigado pelo prémio e pela musica.

Jorge

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:20

Excelente?... Eu? .. nã.....

por Jorge Soares, em 11.06.08

A amiga Leuviah, no seu blog Simplesmente meu, atribui-me um prémio, diz ela que este é um blog Excelente.....Ora, é claro que ela é uma exagerada, mas não há duvida que é um amor de pessoa. Aliás, eu não sei se o blog é excelente ou não, mas certo, certo, é que graças a ele tenho conhecido uma serie de pessoas fantásticas.

 

Excelente

 

Agora é suposto passar o prémio a  10 blogs...10?... desculpem mas não dá...é que eu conheço muitos que merecem este prémio...... a começar por todos os que estão ali ao lado donde diz  "Os que costumo cuscar".... todos esses merecem este prémio.. portanto, considerem-se premiados.

 

Jorge

PS:Hoje não há PS

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:30

You Make My day Award

por Jorge Soares, em 18.02.08

A minha amiga Pessoinha  (Obrigadoooooooooooooooo!) atribuiu-me um prémio.... é este:

 

Prémio

 

Depois da chuva de hoje, das inundações em Loures, das inundações de Setúbal, de toda a lama que tive que passar para ir buscar os miúdos à escola a meio da tarde...este prémio soube mesmo bem.

 

Tenho que indicar 10 nomes não é?.. epa ... dedico o prémio a todos as pessoas que de uma maneira ou outra cá vem parar e que perdem alguns segundos da sua vida a ler todas as parvoíces que me vão ocorrendo.... vocês são a razão da existência deste cantinho. ...

 

Jorge 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 21:58


Ó pra mim!

foto do autor



Queres falar comigo?

Mail: jfreitas.soares@gmail.com






Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D