Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



A esperança de uma Primavera risonha

por Jorge Soares, em 27.03.13

A promessa da primavera

Imagem minha do Momentos e Olhares

 

Se não tivéssemos inverno, a primavera não seria tão agradável: se não experimentássemos algumas vezes o sabor da adversidade, a prosperidade não seria tão bem-vinda.

 

Anne Bradstreet

 

Jardim do Bonfim

Março de 2012

Jorge Soares

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:18

A pequena borboleta

por Jorge Soares, em 07.07.10

Borboleta no pampilho

 

Borboleta no pampilho

 

Por vezes a natureza surpreende-nos completamente, eu andava à cata de insectos pelo sopé da Arrábida, perdida no meio de um mar de flores amarelas havia uma pequena borboleta de asas fechadas... era muito pequenina mesmo, peguei na máquina e foquei.. tirei várias fotografias tentando mexer-me o mínimo possível.. de repente abriu as asas.. e foi como se a tivessem trocado... era uma nova borboleta.. fantástica.

 

Adoro a Primavera.

 

Podem ver mais fotografias dela no meu picasa

 

Setúbal, Junho de 2010

Jorge Soares

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:55

Que falem as imagens

por Jorge Soares, em 30.05.10

Não sei se é da gripe, mas hoje não tenho tema, podia falar do Festival da canção... não vi e além disso só ia dizer mal, que aquilo todos os anos é igual e já não há paciência... podia falar da manifestação, não fui, podia falar de muitas outras coisas... mas não falo.... hoje, dou espaço às imagens

 

Borboleta

 

Flor azul

 

Abelha

 

 

A natureza é fantástica, não é?

 

Gostaram?, Há mais das minhas fotografias, aqui: Momentos e Olhares

 

Jorge Soares

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:35

A Abelha

por Jorge Soares, em 22.08.09

A abelha, fernando pessoa 

 

Fotografia minha de Momentos e olhares

 

A abelha que, voando, freme sobre

A colorida flor, e pousa, quase

Sem diferença dela

À vista que não olha,  

 

Não mudou desde Cecrops. Só quem vive

Uma vida com ser que se conhece

Envelhece, distinto

Da espécie de que vive. 

 

Ela é a mesma que outra que não ela.

Só nós - ó tempo, ó alma, ó vida, ó morte! -

Mortalmente compramos

Ter mais vida que a vida. 

 

Ricardo Reis

 

 

 

Apr 19, 2009,Câmara: SONY DSLR-A350,ISO: 160,Exposição: 1/320 seg.,Abertura: 5.6,Extensão focal: 200mm

 

Um daqueles momentos que dá nome a este blog, há coisas que só vejo quando passo as fotografias para o computador, eU foquei e fotografei a flor e a abelha maior, a outra foi um bónus da natureza, nem me lembro de a ver por lá.

 

Detalhes de uma primavera que já esteve em flor

Setúbal, Abril de 2009

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:53

Vem aí a primavera

por Jorge Soares, em 29.01.08

Para alguém que passou a adolescência na Venezuela, há duas coisas que custam muito quando voltamos a Portugal: a tristeza do povo e o Inverno. Quanto ao povo, não há muito a fazer, somos macambúzios ..... não é defeito é feitio!

 

Quanto ao Inverno....ao contrário da tristeza do povo, que nem o futebol consegue apagar, o Inverno tem intervalo, vai de Setembro a Janeiro, depois é o intervalo. O clima na Venezuela é tropical, mas Caracas está situada entre os 750 e os 1000 metros, num vale entre montanhas, portanto tem um clima moderado, está todo o ano entre os 20 e os 28 graus, é justamente apelidada de "A cidade da eterna primavera". Conseguem imaginar o que é vir de Caracas para Lisboa?, ainda por cima para viver num quarto num prédio antigo que no Inverno era um gelo e no Verão um forno? Acreditem, é difícil !

 

No mês de Janeiro os campos cobrem-se de amarelo, são as mimosas que florescem e as flores de trevo que se estendem como tapetes colocados ao sol. Normalmente eu apercebia-me destas mudanças na paisagem quando ia passar os fins de semana a casa dos meus pais, e para mim era como um renascer.  Os campos cobertos de amarelo significam que o fim do suplicio do inverno está próximo, essas flores amarelas são um renascer da natureza que sabe que a primavera está a chegar,...por isso é que eu digo que o Inverno vai de Outubro a Janeiro.

 

Amarelo Mimosa

 

Este ano o Inverno tem sido suave, os campos tornaram-se amarelos mais cedo, como vou todos os dias de Setúbal para Loures, posso sentir esse renascer dia a dia, para além do bónus de poder testemunhar a escala dos flamingos no Tejo no seu regresso ao norte.

 

A Primavera está aí!

 

A primavera adiantada

 

 

Fotografias originais  de João palmela, retiradas do Blog:

http://fotografiadejoaopalmela.blogs.sapo.pt

 

Jorge

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:19


Ó pra mim!

foto do autor



Queres falar comigo?

Mail: jfreitas.soares@gmail.com






Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D