Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Roben atira-se para a piscina e Proença apita penalti

 

 

Vinha ouvir o relato do Holanda-México da Rádio Mundial da Antena 1, para quem não sabe a rádio pública transmite via onda média e internet, todos os relatos dos jogos do mundial. Na altura foi unânime para todos os locutores e comentaristas da rádio, Roben atira-se para a piscina e Pedro Proença apita penalty. 

 

Era a terceira vez que Roben procurava o contacto dentro da área e se atirava para o chão, na primeira era penaltie, não foi uma mas duas faltas na mesma jogada,  Proença não viu, na segunda Roben atira-se para a piscina, Proença não se deixou enganar, à terceira foi de vez e o golo convertido já nos descontos por Huntellar,  mandou o México de volta a casa.

 

O México tinha começado melhor o jogo, foi superior à Holanda durante toda a primeira parte e no inicio da segunda marcou mesmo, com o golo em contra a Holanda tomou conta do jogo e o México, cedo demais, abdicou do meio campo, depois disso só deu Holanda, só na segunda parte foram 10 cantos a favor dos holandeses. Num desses cantos, já a menos de cinco minutos do fim do jogo,  a Holanda marcou, depois seguiu-se a queda de Roben na área e o golo Holandês.

 

Vi depois as imagens no noticiário da SIC, quem comentou o lance na televisão tentou ser simpático com Proença e deu como acertada a decisão do árbitro, quanto a mim não é penalti e não me estranharia nada que este tenha sido o último jogo de Pedro Proença neste mundial, não há dúvida que ele é um excelente árbitro mas é humano e portanto pode enganar-se.

 

Louve-se o querer Holandês, em quatro jogos eles começaram três a perder, nunca deixaram de acreditar, deram a volta ao resultado e já estão nos quartos de final.

 

No outro jogo dia joga-se ao mais improvável dos confrontos dos oitavos, consta que a Costa Rica tinha marcado os bilhetes de avião de regresso a casa para o dia a seguir ao terceiro jogo, a Grécia é uma selecção cheia de experiência e tem alguns jogadores de classe, mas durante a primeira fase mostrou muito pouco.

 

Talvez por isso o jogo tenha tido uma primeira parte chata e muito pobre a nível futebolístico, a Costa Rica marcou no inicio da segunda e depois, muito à imagem do que a Grécia fez no Euro 2004 wm que terminou campeã da Europa, limitou-se a defender. A Grécia que jogou uma boa parte do jogo contra 10, insistiu até ao fim e marcou o golo do empate já nos descontos.

 

O prolongamento não mudou o panorama, a Grécia atacou mais, a Costa Rica defendeu  o melhor que conseguiu mas sem deixar de tentar atacar. Mesmo no fim do prolongamento a Grécia podia ter marcado, Navas salvou a Costa Rica e o jogo foi a penalties.

 

Nos penalties, só à quinta alguém falhou e a Costa Rica classificou-se para os quartos de final onde irá enfrentar a Holanda. A Grécia de Fernando Santos, que terminou expulso, volta a casa.

 

Jorge Soares

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:09


Ó pra mim!

foto do autor



Error running style: Style code didn't finish running in a timely fashion. Possible causes: