Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Ainda a retenção das crianças no mesmo ano

por Jorge Soares, em 11.10.10

Por vezes é necessário dar um passo atrás para podermos dar dois em frente

 

Imagem minha do Momentos e olhares

 

Vai fazer um mês que  recomeçaram as aulas, tal como tinha dito aqui e aqui o N. está a repetir o 4º ano, uma nova escola, novos colegas, uma nova professora, novos hábitos... e sabem uma coisa, passado este tempo temos a certeza absoluta que tomámos a decisão certa.

 

Se calhar tivemos sorte com a professora que nos calhou, que apesar de ser bem mais nova, ou talvez por isso, mostra uma experiência de vida a tratar com situações como a do N. que simplesmente nos deixou espantados.  Uma professora que mais que interessada, se mostrou motivada em lidar com ele e em ajudar a superar as dificuldades.

 

Passou um mês e até hoje não tivemos uma única queixa, um único escritinho para casa, não é que não tenham acontecido coisas na escola, sabemos que logo na primeira semana houve uma luta no recreio, ele mesmo contou, mas o que na outra escola e com a outra professora teria sido um enorme problema, nesta escola e com esta professora foi um assunto resolvido com um  pedido de desculpas de lado a lado e um aperto de mãos.. e foi só isso. Quando a P. a semana passada foi falar com a professora esta disse que não havia queixas, que ele se portava bem, que para além de algumas dificuldades de aprendizagem que já estavam detectadas, ... não tinha a menor queixa dele ou do seu comportamento.

 

Um ano é muito tempo na vida de uma criança, nós sempre achamos que para além da hiperactividade, do défice de atenção, da dislexia, um dos maiores problemas era a falta de maturidade... passou um ano e ele cresceu, é claro que as dificuldades continuam lá, mas a forma como olha  para as coisas, vai mudando.. e isto aliado a ter uma professora que não se preocupa em ter as crianças formatadas e todas certinhas, que realmente se preocupa com as que têm mais problemas, parece que poderá fazer o milagre....esperemos que sim.

 

Ao dia de hoje, tenho a certeza absoluta que tomámos a decisão certa, que apesar de ter havido algum constrangimento e alguma tristeza  no final do ano passado, o facto de repetir o ano não o marcou minimamente e que neste momento a forma como estão a correr as coisas, funciona como algo positivo para ele...

 

Setúbal, Outubro de 2010

 

Jorge Soares

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:45


Ó pra mim!

foto do autor



Queres falar comigo?

Mail: jfreitas.soares@gmail.com


Posts mais comentados





Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D