Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Para que servem realmente as petições online?

por Jorge Soares, em 03.02.11

Para que servem as petições online?

 

Alguma vez se perguntaram o que acontece com as petições que assinam online? Recebemos um apelo, achamos a coisa justa, carregamos num link e vamos a um site, preenchemos uma serie de informações, .. nome, mail, código Postal, Bilhete de identidade, data de nascimento... Para que serve toda esta informação? Sabiam que para a assinatura ser válida unicamente é necessário o nome e o bilhete de identidade? e que sem este ultimo ela não é válida?

 

Até ao advento da internet recolher assinaturas era complicado, havia que andar de folhas  e caneta em mão a pedir às pessoas para assinarem, um dia alguém se lembrou que com um computador a coisa era mais simples, basta um servidor, uma base de dados simples e alguns conhecimentos de programação... e as petições nascem como cogumelos. Tudo é motivo para se lançar uma petição pública, desde os assuntos mais sérios até aos mais inverosímeis.

 

É claro que a maior parte das vezes a coisa nem sai dali, assinamos e esquecemos o assunto, é claro que no meio disto tudo tem que haver alguém que ganha com o assunto, ninguém gasta tempo e dinheiro a montar um esquema de petições online se não existir algures uma forma de ganhar com isso,... então, quem ganha com as nossas assinaturas?

 

Olhando para qualquer um destes sites o primeiro que salta à vista é que há imensa publicidade, publicidade na internet é dinheiro.. pouco, mas dinheiro,  mas não é só isto. Voltando à pergunta inicial, para que acham que serve o resto da informação que preenchemos quando vamos assinar uma petição? Para muitas coisas, hoje em dia os dados pessoais são uma informação valiosa, as listas de mails pagam-se a bom preço, ora, se essa lista de mails vem com nome e código postal... vale ainda mais... nem imagino quanto valerá uma lista de nomes com mail e bilhete de identidade.

 

Mas há mais, de há uns tempos para cá junto com o muito spam que recebo, chegam-me uns mails que me vem dirigidos pessoalmente, com nome e apelido, publicidade dirigida e pasme-se, patrocinada por um dos sites de asinaturas online.

 

Por norma eu nunca autorizo a divulgação dos meus dados, e muito menos em sites online, estes senhores estão a utilizar os meus dados para enviar publicidade, foram retirados de alguma petição online que assinei e sem a minha autorização, coisa que é no mínimo ilegal.

 

Pronto, agora já sabem porque é que as petições Online nascem como cogumelos?, é um negócio lucrativo.. raramente dão no que quer que seja, mas são um negócio lucrativo, por isso, antes de assinar petições online, pense se o assunto é realmente sério... e tenha atenção aos dados que fornece.

 

Jorge Soares

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:39

O Spam já é mais de 90% do mail que recebemos

Imagem da internet

 

Lá no emprego o meu mau feitio é sobejamente conhecido, uma grande parte da minha (má) fama vem da época em que ainda não havia filtros no servidor de mail da empresa e entrava o lixo todo. Desde as latas com mijo de ratos,  até ao dos telemóveis da Nókia, passando pelas criancinhas doentes, os pedidos de sangue, o dos radares na via verde, passando por todos os que davam má sorte se não enviares para não sei quantas pessoas, são milhares e milhares de mails, gigabytes e gigabytes de lixo digital que entope os servidores de mail em todo o mundo. Neste momento mais de 90% do mail que chega a qualquer empresa é lixo, é incrível a largura de banda que é ocupada com mail que nunca pedimos e que na maior parte dos casos (se os servidores estiverem bem configurados) ninguém vai saber sequer que existe.

 

Houve uma altura em que cada vez que recebia um desses mails, ia directamente ao google e passados dois minutos enviava de volta com a explicação de porque era falso, com o tempo deixei de receber, não porque as pessoas deixassem de reenviar, mas sim porque passaram a não enviar para mim. Há coisas que não consigo entender, o que faz alguém acreditar que se não enviar um mail que na maior parte das vezes é parvo, ou lamechas, ou idiota, ou impossível, ou qualquer combinação de tudo isto, lhe poderá acontecer algo mau?

 

Uma vez questionei uma das secretárias porque o fazia, a resposta foi: - Eu sei que não faz sentido, mas não consigo evitar! .. esclarecedor!.. pensando bem, há vícios bem piores.

 

Tudo isto não passaria de bytes perdidos e redes mais lentas se por trás não existissem coisas bem mais graves, nem tudo o que vem com eles é inocente, desde pessoas que se dedicam a compilar listas de endereços de mail para vender a bons preços, até emails que tem claramente um intuito de marketing negativo para denegrir o bom nome de pessoas ou empresas, há de tudo. Mas há utilizações que entram claramente pelo domínio da ilegalidade, como o envio de vírus e de programas zombies para caçar passwords, ou programas que abrem portas que facilitam a espionagem industrial, ou.... tantas outras coisas, o Spam há muito que se converteu num negócio de muitos milhões.

 

Mas há coisas que me espantam mesmo, hoje, mais de 10 anos depois, voltei a receber um dos primeiros mails que me chegaram, diz assim:

 

Aparentemente, Bill Gates está a partilhar uma porção da sua fortuna. O MS WINDOWS continua a ser o sistema operativo mais utilizado, e isto não é mais do que um teste para a Microsoft e a AOL avaliarem isso pelo nº de envios/reenvios deste mail.

 

Esta frase não mudou nada em mais de 10 anos, lembro-me de que na altura este mail gerou uma discussão e não consegui convencer a pessoa que mo enviou que não há nenhuma forma em que o Bill gates possa saber quem reenviou isto ou não. Na altura a discussão terminou quando eu perguntei ao colega se ele também acreditava no pai natal.. e ele furioso e com copia para umas 20 pessoas, respondeu que sim.

 

Faça como eu, cada vez que receber um destes mail em cadeia, antes de reenviar vá ao google, coloque o titulo do mail, e veja o que encontra, quase de certeza algures está a explicação sobre o porquê é falso... acredite, funciona em mais de 99% dos casos.

 

Jorge Soares

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:57


Ó pra mim!

foto do autor



Queres falar comigo?

Mail: jfreitas.soares@gmail.com






Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D