Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



sacosplásticos.jpg

 

Imagem de aqui 

 

Lembro-me que durante os anos que vivi na Venezuela raramente vi sacos de plástico dos supermercados, em frente há linha de caixas dos grandes supermercados havia sempre caixas de cartão vazias das que vinham com os produtos à venda e era nessas caixas que eram transportadas as compras para minha casa.

 

Já em Portugal durante anos quando as compras eram no LIDL, onde os sacos plásticos sempre foram pagos, as coisas saiam da caixa registadora para a caixa de cartão que eu ao passar pela zona onde estavam os amendoins tinha posto para dentro do carrinho, entretanto os sacos de amendoins do LIDL deixaram de vir para as lojas naquelas caixas com o tamanho certo para carregar as compras cá de casa e passamos a utilizar os sacos de ráfia, que custam 50 cêntimos em qualquer supermercados e duram anos e anos.

 

Como raramente vou a hipermercados, há anos que me habituei que os sacos de supermercados se pagam, era assim desde que me lembro  no LIDL, no Pingo Doce e no Dia e desde que deixei de usar as caixas de amendoins que passei a andar com sacos de ráfia no carro, que nos camompanham até para as férias.... os sacos do Pingo Doce com aquelas cores todas fazem um figurão nas Astúrias.

 

Dito isto, não percebo porque é que há tanto alarido com esta história dos sacos plásticos passarem a ser pagos, parece que as pessoas não estavam habituadas a isso há anos, qual é o problema? 

 

Um destes dias estava a ouvir uma reportagem sobre o assunto na rádio e só me apetecia bater na jornalista, a senhora insistia em que as pessoas vissem isso como um problema, quando a maioria até nem via problema nenhum e até concordam que ecologicamente é uma enorme vantagem.... No fim, como já não havia nada para perguntar, ela lá insistiu em que nos sacos mais caros, os tais de ráfia ou parecidos, que existem há anos, o governo não leva nem um cêntimo e vai tudo para o supermercado e a industria... santa ignorância, então o IVA do saco não vai para o estado?

 

E qual é o problema dos sacos mais fortes não pagarem o imposto especial? Eu há anos que os compro e os utilizo, são super práticos, super resistentes, duram anos e ecologicamente são o ideal, melhor só as caixas de cartão...

 

É assim tão difícil perceber que o plástico é um enorme problema para a natureza, há milhares de animais que morrem todos os anos devido à forma negligente em que o utilizamos e ao pouco cuidado que temos com a forma como nos desfazemos dele

 

Este vídeo já aqui passou uma vez, mas nunca está demais, são só quatro minutos, não deixem de ver e pensar se qualquer motivo que contribua para haver menos plástico na natureza, não será um bom motivo, será que 10 cêntimos é assim tanto dinheiro? Quanto vale o mundo que conhecemos? Que mindo queremos deixar para os nossos filhos?

 

 

Jorge Soares

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:52

Agora foi o azeite, um país contrafeito!

por Jorge Soares, em 27.08.13

Azeite contrafeito

 

Imagem do Público 

 

Começou pela carne de cavalo, depois foi o bacalhau, agora foi o azeite, quando serão as  análises à água, ao leite, ... o que se seguirá? A imagem com que ficamos disto tudo é que somos um país contrafeito... longe vai o tempo em que se ia à Feira do relógio ou de Carcavelos para comprar roupa ou malas com os símbolos das marcas... agora parece que basta ir ao hipermercado da esquina para sermos enganados.

 

Assim de repente parece que viramos um país contrafeito, até agora havia a desculpa que a carne de cavalo era importada da Roménia, o peixe caracol vestido de bacalhau vinha algures do pacífico, mas não há produto mais nacional que o azeite....

 

Há pouco num dos telejornais o responsável de uma das marcas apanhadas pela Deco a vender óleo por azeite mostrava a sua indignação... curiosamente até agora foi único que vi indignado, o resto do mundo parece que se limita a encolher os ombros.. o facto de uma das marcas mais caras do mercado aparentemente nos estar a impingir óleo vegetal  a preço de azeite de primeira qualidade não parece ser um grande problema, aliás, como não pareceu grande problema que vendessem carne de cavalo em lugar de vaca.. ou peixe caracol em lugar de fiel amigo... 

 

Alguém ouviu falar das sanções que resultaram destas fraudes?, alguém sabe se foi encontrado algum responsável pelas fraudes? Não, claro que não, limitamo-nos a ouvir dizer que nada disto constituía um perigo para a saúde... depois basta deixar passar o tempo, o povo tem memória curta e não vai deixar de comprar nos supermercados onde até estava a ser enganado.

 

Já alguém reparou que em todos os casos publicitados havia marcas dos diferentes hipermercados envolvidas nas fraudes?  Que há alguns que foram apanhados em mais que uma fraude? mas isso importa a alguém?

 

Há muita gente que ainda se queixa da existência da ASAE.. depois disto tudo eu acho que eles pecam sim, mas é por defeito, pelos vistos para não sermos enganados todos os dias, para não virarmos definitivamente um país contrafeito, faz falta muito mais ASAE.

 

Jorge Soares

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:48


Ó pra mim!

foto do autor



Queres falar comigo?

Mail: jfreitas.soares@gmail.com






Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D