Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



touradartp.png

 

Imagem do Facebook 

 

Por acaso passou ao lado daqui do blog, mas não me passou ao lado a mim, há duas ou três semanas um vídeo em que em Mourão  em nome de uma qualquer tradição se podia ver como alguém tentava pegar fogo a um gato deixou as redes sociais em polvorosa, virou noticia nos meios de comunicação e levou inclusivamente a que a GNR tomasse conta do assunto.

 

A semana passada, via RTP 2, milhares de pessoas puderam ver em vivo, em directo e a cores, não um mas vários touros a serem perseguidos, picados com ferros e vitimas de outros maus tratos de uma crueldade evidente, curiosamente para além dos (poucos) mesmos de sempre, não vi mais ninguém escandalizado com tamanha crueldade com os pobres animais.

 

Há alguma diferença entre a crueldade com gatos e a crueldade com touros? A tradição de prender fogo a um gato é menos importante do que a tradição de espetar ferros e até matar os touros? (pelo menos em Barrancos mata-se o touro).

 

Porque é que a GNR toma conta da ocorrência e promete levar à justiça quem maltrata um gato e não faz o mesmo para com quem completamente identificado e via televisão, maltrata não um mas vários touros?

 

E por fim, onde andam os milhares que se indignaram, fizeram e/ou assinaram petições online e levantaram tanta poeira nas redes sociais com o que alguém fez ao pobre gato? Os touros não lhes merecem a mesma indignação? Ou tudo não passa de indignação e hipocrisia momentânea?

 

Jorge Soares

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:11

Cáritas

 

Imagem do Facebook

 

O calendário em que aparecem alguns bombeiros de Setúbal, para além de se ter tornado num dos principais assuntos das redes sociais, está-se a tornar um sucesso de vendas e até já virou noticia de telejornal. À partida o objectivo está cumprido e está garantida uma verba apreciável para solidariedade, objectivo final da iniciativa.

 

A ideia, muito bem conseguida, era angariar fundos para numa época em que todas as ajudas são poucas, doar algum dinheiro à Cáritas diocesana de Setúbal. Acontece que esta instituição decidiu que não aceita o dinheiro, pelos vistos alguém achou que as fotografias não são decentes e portanto o dinheiro não é bom.

 

Os valores e princípios das pessoas  não se discutem, pelos vistos para os responsáveis da Cáritas Diocesana bombeiros em tronco nu representam uma indecência, mas touros a serem perseguidos por cavalos, a serem massacrados com ferros e em sofrimento para deleite de uns quantos, já não representam problema nenhum. 

 

Para mim é ao contrário, os bombeiros são sem dúvida nenhuma das pessoas que merecem mais respeito e admiração neste país, já as touradas representam o que de mais arcaico e bárbaro existe em Portugal.

 

Haverá de certeza muitas instituições em Setúbal e no país menos hipócritas e puritanas que a Cáritas, instituições que pensem em primeiro lugar nas necessidades das pessoas que pretendem ajudar e só depois nos preconceitos e puritanismos de quem as dirige, esperemos que o exemplo destes bombeiros seja seguido pelas restantes corporações  do país e isso resulte em muito dinheiro para ajudar quem realmente precisa.

 

Bombeiros de Setúbal

 

 

Para quem estiver interessado em comprar o calendário, fica o link para a Página do Facebook dos bombeiros de Setúbal

 

Jorge Soares

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:10


Ó pra mim!

foto do autor



Queres falar comigo?

Mail: jfreitas.soares@gmail.com






Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D