Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



É natal, é natal.... falem-me do vosso natal

por Jorge Soares, em 08.12.08

Natal

 

Não sei se já disse aqui, mas sou um ateu convicto, deus não existe, ponto final. Ora se deus não existe, festejar o natal não deixa de ser algo bizarro. Uma vez em conversa com um amigo, ateu como eu, e quando lhe falei de lhe enviar um postal de natal, ele disse que não, que ele não festejava o natal, mas teria muito gosto em receber um cartão para festejar o dia dos inocentes, que para os latino-americanos é o dia 28 de Dezembro, sendo que é nesse dia que se festeja o dia das mentiras.

 

Para mim o natal costuma ser quase uma peregrinação, os meus pais estão em Oliveira de Azeméis e os meus sogros estão em Portalegre, todos os anos tenho uma viagem de 1000 Kms, ceia de natal num lado, almoço do dia 25 no outro. Mas não deixa de ser a festa da família, porque os 1000 Kms são mesmo para isso. É evidente que não festejo o nascimento de um menino numa manjedoura, nem vou à missa do galo, mas eu sou uma pessoa que gosta de tradições.

 

Quando a ceia de natal é em casa dos meus pais, começo a petiscar a meio da tarde e quando chega a hora da ceia o apetite já é muito pouco, mas não deixo de comer nem que seja um bocadinho de bacalhau cozido com as correspondentes batatas e muito azeite. 

 

Passei alguns anos na Venezuela em que não havia bacalhau, não havia divisas para importações. E por muito peru, carne assada, leitão,  que me apresentassem, o natal não me sabia a natal, ficava sempre algo por preencher. Sei que é uma parvoíce, mas há coisas que estão dentro de nós, coisas que fazem parte das nossas memórias e que dificilmente morrem.

 

Em casa da minha sogra não há bacalhau cozido na ceia de natal, há bacalhau assado no forno e isso é em minha honra, não deixa de ser natal e uma festa familiar...  

 

O natal começou por ser uma festa pagã que festejava o solstício de inverno, depois foi herdado pelos cristãos que festejam o nascimento do seu salvador, e do meu ponto de vista, voltou a ser uma festa pagã, em que se celebra uma árvore e um senhor de barbas e se trocam presentes.... mas, o mais importante, muito mais importante que o consumismo, é que é uma festa em que se juntam pessoas, há pessoas que viajam milhares de Kms só para estarem com quem amam.. e só por isso, é uma festa bonita.

 

E vocês?, como é o vosso natal, esqueçam o consumismo e a troca de prendas, falem-me do vosso natal, de aquilo que significa e  lhes deixa no coração.

 

Jorge

PS:Imagem retirada da internet

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:40

Venha o TGV!

por Jorge Soares, em 24.06.08

Comboio

 

Os Alfa pendulares são comboios rápidos, pelo que percebi, a velocidade pode chegar até perto dos 230 Kms por hora, e são relativamente confortáveis.  A distancia em quilómetros entre Lisboa e Porto é mais ou menos de 300 , fazendo contas de cabeça, 300 Kms a 200 por hora deveria dar mais ou menos 1 hora e meia....certo?, então alguém me quer explicar porque é que demorei mais de 3 horas?

 

Saímos de Lisboa a horas, ao lado iam 4 professores, pessoas divertidas e em amena cavaqueira, a conversa era divertida e passei grande parte da viagem a tentar disfarçar a vontade de rir... não é lá muito educado, mas é que eles eram mesmo divertidos. Chegados a um lugar chamado Albergaria dos 12, o comboio pára..e passado alguns minutos, começa a andar para trás.. ... uma avaria técnica...

 

Entretanto ligam-me do Porto, está a chover!.... ok, isto promete!

 

Lá atrás ouço alguém queixar-se, então o comboio avaria?..... assim  não chego a horas de ainda ir ao ginásio.

 

Mais um bocado e lá voltamos ao sentido correcto de marcha... para espanto meu, o atrasado para o ginásio senta-se no lugar frente ao meu.. e mete conversa com a pessoa que estava lá ao lado..a conversa é sobre carros, segundos dos 0 aos 100 e cavalos de potência.... ignoro-os.

 

No vídeo do comboio passava "Na roça com os tachos" .... e não é que o homem decide embirrar com o programa?

 

-Não gosto nada daquele programa... o gajo nem sabe cozinhar, há alguém que lhe diz e ele faz.

... Ninguém lhe deu troco, ao lado os professores riam.... mas ele insistia.

 

-Vejam lá se aquilo é forma de cortar cebola?, vê-se logo que ele nunca cortou cebola na vida. E vejam lá se aquilo é forma de cortar tomate? aquilo só lá em Angola!

 

Como a senhora que ia ao meu lado lhe deu troco, ele lá foi continuando a desfazer no homem...confesso, eu gosto do programa, sei que é em São Tomé e Príncipe e acho que o homem cozinha bem..e eu também corto a cebola assim!

 

O gajo, com aquela pinta de galan de ginásio..já me estava a irritar...Entretanto, lá dizem que estamos com 30 minutos de atraso e lá volta ele à conversa contra a CP.. que não pode ser, que assim já não vai ao ginásio, ..e porque a filha está à espera em Coimbra à muito tempo e podia estar em casa.... mas o melhor estava para vir.

 

Lá voltou a cascar no cozinheiro.....

 

-Pois, ele não percebe nada daquilo, é como naquela telenovela da Sic....aquela nova.. imaginem que aquilo se passa no século.... no século....aquela que começou agora..aquilo é no século 30 ou 40..e no outro dia num dos carros estava a tocar o Pavaroti no radio!

 

Eu e o grupo dos professores tivemos que fazer um esforço enorme para não desatar às gargalhadas..e o homem lá seguiu... muito à frente.

 

Felizmente estávamos a chegar a Coimbra...e ele lá foi para o ginásio... do futuro!

 

Mas a ida ao Porto.... dá para mais Posts!

 

Jorge

PS:imagem retirada da Internet

PS2:Apesar da chuva.... foi super divertido, obrigado Linda!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:32

Mudanças!

por Jorge Soares, em 17.06.08

Viagem

 

Estou prestes a mudar de casa, estive agora a recordar, e se não me engano, se contar com os 3 quartos em que morei em Lisboa, esta vai ser a 13 casa donde vivi.... são muitas casas, muitas mudanças de casa, muitas mudanças de vida. Há pessoas que moraram toda a vida na mesma casa, ou no mesmo bairro, eu já vivi em dois paises, em 3 cidades, duas aldeias e pelo menos 13 casas. É dificil criar raizes, são muitas memórias, muitos sitios, muitos começar de novo.....

 

Talvez seja este constante mudar de sitio o que me faz aferrar-me às pessoas, às coisas, aos sentimentos, aos amigos, este ter saudades antes de sequer partir.

 

VIAGEM

Aparelhei o barco da ilusão
E reforcei a fé de marinheiro
Era longe o meu sonho, e traiçoeiro
O mar…

(Só nos é concedida esta vida
Que temos;
E é nela que é preciso
Procurar
O velho paraíso
Que perdemos.)

Prestes, larguei a vela
E disse adeus ao cais, à paz tolhida.
Desmedida,
A revolta imensidão
Transforma dia a dia a embarcação
Numa errante e alada sepultura...
Mas corto as ondas sem desanimar.
Em qualquer aventura
O que importa é o partir, não o chegar.
 

Miguel Torga

 

HUMANOS - QUERO É VIVER

 

 

Jorge

PS:A imagem não é retirada da internet, é mesmo minha!

PS2:O prometido é devido

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:32


Ó pra mim!

foto do autor



Queres falar comigo?

Mail: jfreitas.soares@gmail.com


Posts mais comentados





Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D